Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Chefão do tráfico da Maré organizou invasão do Palácio do Planalto em 8 de janeiro #boato

Chefão do tráfico da Maré organizou invasão do Palácio do Planalto em 8 de janeiro #boato

Chefão do tráfico da Maré organizou invasão do Palácio do Planalto em 8 de janeiro, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – O chefão do tráfico da Maré que foi morto pela polícia foi a pessoa do CPX que organizou a invasão do Palácio do Planalto no dia 8 de janeiro e era amigo de Janja e Lula.

A quantidade de fake news sobre as manifestações de cunho golpista do dia 8 de janeiro está chegando a um nível tão grande que estamos vendo boatos sendo reciclados para voltar a circular. O caso de hoje é um desses.

De acordo com mensagens que estão circulando na internet, descobriu-se que o “chefe do tráfico do Complexo da Maré” foi o verdadeiro organizador da invasão no Palácio do Planalto.

A conclusão se deu com uma série de imagens: 1) A do próprio suposto traficante do Complexo da Maré. 2) A de um homem sentado na cadeira de Alexandre de Moraes. 3) A de um homem junto com Alexandre de Moraes. 4) A de um homem em um vídeo com Janja. 5) A de um homem que foi morto e estava sendo carregado pela polícia.

Vídeo: é falso que decreto permite confisco de doações para colocar "selo do PT"

Esta sequência gerou a narrativa de que o “traficante” era amigo de poderosos (Alexandre de Moraes, Janja e Lula), organizou a invasão e agora foi morto com uma “queima de arquivo”. Leia algumas das mensagens que estão circulando online:

Versão 1: Aí está o chefão do tráfico da maré. Mataram ele hoje. Participou da invasão do palácio. Ele e a cambada toda… Versão 2: Mataram o chefão do tráfico da Maré, hoje pela manhã.  Ele foi um dos que comandaram a invasão do dia “8”. QUEIMA DE ARQUIVO…. o bicho tá pegando pra eles, e eles,  estão se livrando !!! Será verdade????

Versão 3: Aí está o chefão do tráfico da Maré. Mataram ele hoje…Participou da invasão do palácio. Ele e a cambada toda… Queima de arquivo já começou … Quem anda com bandido é isso aí, vão todos para debaixo da terra…. antecipadamente…Todos ….

Chefão do tráfico da Maré organizou invasão do Palácio do Planalto em 8 de janeiro?

A narrativa está posta e o que não faltou foi gente comprando o enredo. Antes que partam com esta historinha na CPMI do 8 de janeiro, temos que falar uma coisa: a história em questão é falsa. Não tem nada de chefão da Maré e a tal organização por trás dos atos.

Ao fazer o “briefing básico” da checagem (ler a mensagem com atenção, pensar na relação tema + histórico de fake news e fazer uma busca básica), já começamos a matar a charada. Assim como uma fake news clássica, a mensagem tem características como o caráter vago, o tom alarmista, os erros de português e a falta de citação de fontes confiáveis que comprovem a informação.

Além disso, não é de hoje que a tese (falsa) de que a culpa dos ataques em 8 de janeiro se deu por meio de infiltrados é embasada com informações falsas. Não vamos listar alguns fakes de exemplos porque eles serão importantes de ser mencionados mais para frente.

Ao buscar pelo assunto, descobrimos, de cara, um furo. O traficante da foto que foi morto pela polícia não é do Complexo da Maré. Na realidade, o traficante PQD era um dos chefes do tráfico da Cidade de Deus e foi morto em confronto com a polícia no Rio de Janeiro em 17 de abril.

A partir daí temos um ponto relevante: a montagem em questão trata de três homens diferentes. Conforme já apontamos nestas duas checagens (aqui e aqui), PDQ não é nem o homem que se sentou na cadeira de Alexandre de Moraes tampouco é o homem que apareceu com autoridades.

O homem que apareceu com Alexandre de Moraes, Lula e Janja é Raull Santiago, membro da ONG Voz das Comunidades. Ele não tem qualquer relação com o homem que participou dos protestos de cunho golpista. Esta pessoa se chama Fábio Alexandre de Oliveira, um mecânico do interior de São Paulo que já foi preso por conta dos atos.

Vale apontar que, além de a narrativa criada não ter o mínimo nexo com as imagens, não há qualquer prova de que as ações de vandalismo tenham sido realizadas por infiltrados. Pelo contrário, as investigações apontam que foram mesmo bolsonaristas os responsáveis.

Resumindo: é falso que o traficante do Complexo da Maré é o responsável pelos ataques de 8 de janeiro a mando de Lula, Janja e Alexandre de Moraes. O traficante não é da Maré, não participou dos atos de vandalismo e tampouco foi fotografado/filmado com autoridades.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm