Bruno Covas acaba (em 2021) de liberar cloroquina para tratamento da Covid-19 #boato

Boato – O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, acabou (em 2021) de liberar a cloroquina para tratamento da Covid-19. Em vídeo, ele explica que o medicamento pode ser usado com prescrição médica e consentimento dos pacientes e familiares.

A vacinação contra a Covid-19 já começou aqui no Brasil e em outros países do mundo, mas quando o assunto é a cloroquina, medicamento que teve seu uso como alvo de discussões (inclusive, políticas) logo no início da pandemia, a internet não para. E é sobre isso que muitos internautas vêm debatendo nas redes sociais nos últimos dias depois uma publicação que começou circular online.

De acordo com uma postagem no Facebook, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, teria acabado de liberar (isso em 2021) a cloroquina para tratamento da Covid-19. Em vídeo que está sendo compartilhado, gravado no que parece ser uma coletiva de imprensa, Covas aparece explicando que a Secretaria Municipal de Saúde teria concordado que o remédio poderia ser usado, mesmo sem comprovação científica sobre sua eficácia, desde que sob prescrição médica e com consentimento dos pacientes ou familiares destes.

Mais que isso, o prefeito fala que também teria liberado a compra de mais cápsulas de cloroquina, já que, até então, eles teriam em estoque cerca de 6 mil cápsulas, compreendendo que, como cada paciente precisa de 6, os hospitais teriam capacidade de tratar mil pacientes. Confira, a seguir, as versões do texto original das publicações que estão compartilhando o vídeo:

Versão 1: Por que esperou morreu tanta gente a política é uma coisa maligna e assassina poucos sãos o que realmente se incomoda com pobre e com sofrimento Quantos paulistanos nesse mais de meio ano que Covas levou para disponibilizar o medicamento? APÓS 2.106 ÓBITOS, A CAPITAL PAULISTA INCLUI CLOROQUINA EM TRATAMENTO DA COVID-19 Por que não fez isso antes, Bruno Covas? #BolsonaroEstavaCerto Versão 2: Depois de MATAR muita gente, essa corja libera o uso da HIDROXICLOROQUINA. São uns CRIMINOSOS Versão 3: BRUNO COVAS LIBERA CLOROQUINA NO TRATAMENTO DA GRIPE AGORA PODE

Bruno Covas acabou (em 2021) de liberar cloroquina para tratamento da Covid-19?

A publicação com o vídeo da fala de Bruno Covas viralizou rapidamente nas redes sociais. No entanto, a história por trás dele não procede.

E desconfiamos disso, a princípio, por conta de alguns indícios presentes na mensagem da publicação, que são muito semelhantes aos de fake news: é vaga (não diz quando e onde Covas teria feito o tal anúncio), alarmista (tem o intuito de gerar debates políticos entre os internautas), possui erros de português e, o mais importante, não cita fontes confiáveis de notícias que possam confirmar o que está sendo dito.

Em segundo lugar, desde o começo da pandemia, há todo um histórico de boatos sobre a cloroquina e, no meio deles, aqueles no estilo “fulano que liberou a cloroquina”, que, inclusive, nós já desmentimos aos montes aqui no Boatos.org. É o caso daquele que dizia que o governador e o secretário de saúde da Bahia teriam liberado o uso da cloroquina após mais de 100 mil mortes por Covid-19; outro sobre uma tal Dra. Stella Emanuel teria falado a verdade ao dizer que a hidroxicloroquina é a cura para a Covid-19 e que as máscaras fazem mal; e até aquele dia que dizia que Biden e o American Journal Of Medicine teriam recomendado o uso da cloroquina.

E assim como nestes casos, no nosso boato de hoje, estão espalhando um vídeo antigo como se fosse atual para retirá-lo do seu contexto. A filmagem, na verdade, é de abril de 2020. Na época, o governo de SP ainda tinha alguma esperança sobre a eficácia da cloroquina no tratamento contra a Covid-19.

No entanto, como sabemos hoje, a informação de que a cloroquina não cura a doença veio à tona depois. E a Prefeitura de São Paulo, apesar não proibir, não endossa o uso, como é explicado em detalhes neste manual técnico da Secretaria Municipal de Saúde, de junho de 2020.

Por fim, vale lembrar que, com recomendação de alguns governos ou não, o uso da cloroquina não tem nenhuma comprovação científica em relação à cura da Covid-19. Inclusive, nós explicamos toda a trajetória de fake news que surgiram durante a pandemia sobre a suposta cura do medicamento na nossa seção “A Semana em Fakes”, que traz um histórico dos desmentidos sobre o assunto do primeiro boato até o mais recente.

Resumindo: A publicação que dá conta de que Bruno Covas teria liberado (em 2021) o uso da cloroquina no tratamento contra a Covid-19 é falsa. O vídeo que está sendo compartilhado com a fala do prefeito é antigo, de abril de 2020, quando ainda se acreditava na eficácia do medicamento contra a doença. Além disso, o anúncio de Covas sequer poderia ser recente, já que ele está licenciado do cargo atualmente para nova etapa de tratamento do câncer.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2m2887O
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK