Bolsonaro está na frente de Lula (com 41%) em pesquisa, mas CNN tenta esconder #boato

Boato – Pesquisa de intenção de voto mostra Bolsonaro com 41% e Lula com 31%, mas CNN coloca Lula em primeiro lugar.

Com a proximidade das eleições presidenciais de 2022, no Brasil, os ânimos andam exaltados nas redes sociais. Especialmente, quando o assunto é pesquisa de intenção de voto. Ao que tudo indica, teremos um pleito novamente polarizado.

Mas um detalhe tem chamado a atenção de muita gente: a aparição do nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em primeiro lugar na intenção de votos. Entretanto, uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais indica que existe algo de errado nessas pesquisas.

De acordo com uma publicação, na realidade, o presidente Jair Bolsonaro teria registrado 41% de intenção de votos na última pesquisa eleitoral. Ainda segundo a história, Bolsonaro estaria à frente de Lula. Porém, de acordo com a publicação, a emissora CNN estaria tentando esconder a informação, colocando Lula em primeiro lugar na pesquisa de intenção de voto . Confira:

Versão 1: “Mais uma enganação dessa emissora partidarizada, tentando colocar o molusco em pesquisa com 31%, na frente do Presidente com 41%”. Versão 2: “CNN exibe pesquisa com Lula em primeiro com 31% e Bolsonaro em 2º com 41% e internautas não perdoam: ‘Até ontem 41 era maior que 31’”.

Bolsonaro está na frente de Lula (com 41%) em pesquisa, mas CNN tenta esconder?

A informação viralizou rapidamente nas redes sociais, em especial, no Facebook e no Twitter e deixou muitos seguidores de Bolsonaro revoltados. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta de uma interpretação equivocada de dados reais.

Não é preciso nem lembrar que em ano de eleição, as fake news sobre o pleito eleitoral pipocam na internet, especialmente sobre o favoritismo de determinados candidatos. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que uma pesquisa mostraria Bolsonaro em 1º lugar na intenção de votos, a 10 pontos de Lula. Também a que indicava que uma pesquisa do Paraná Pesquisas de hoje mostraria que Bolsonaro vence as eleições em todos os estados e, por fim, a que apontava que uma pesquisa do Datafolha mostraria que índice de aprovação do governo Bolsonaro teria batido recorde.

Ao procurar por mais informações, descobrimos que a história de hoje é uma interpretação equivocada de uma pesquisa de intenção de votos real. No dia 7 de abril de 2022, a emissora CNN divulgou os resultados da pesquisa de intenção de votos Quaest/Genial. De acordo com a pesquisa, realizada com 2 mil entrevistados, Lula é o favorito ao pleito de 2022, com 44%. Bolsonaro aparece logo atrás, com 29% das intenções de voto. Sérgio Moro aparece com 6% e Ciro Gomes com 5%.

Na ocasião, a emissora CNN resolveu fazer um recorte da pesquisa e mapear as intenções de voto de acordo com cada região do país. O resultado final foi bastante parecido com a pesquisa feita pela Quaest/Genial. Segundo o levantamento realizado pela CNN, Bolsonaro só vence nas regiões Norte e Sul.

E como é possível observar na lista que aparece ao lado do gráfico, os nomes dos candidatos foram dispostos de acordo com o resultado final da pesquisa Quaest/Genial. Por isso, o nome de Lula aparece sempre em primeiro, por mais que ele não tenha a maior intenção de voto naquela região (é porque Lula aparece em primeiro lugar na intenção de votos da pesquisa Quaest/Genial). O mesmo pode ser observado no caso do candidato João Doria. Ele aparece em 5º lugar no resultado final da pesquisa Quaest/Genial, mas em algumas oportunidades o nome do candidato está no meio da lista, mesmo que ele não tenha nenhuma intenção de voto (0%).

Por fim, isso derruba toda a tese da história de hoje. Bolsonaro não está na frente de Lula com 41% de intenções de votos. Esse número diz respeito a um recorte regional e, se somarmos todos os recortes, Lula segue na frente. Já a ordem dos nomes dos candidatos segue a lista que se originou a partir do resultado final da pesquisa Quaest/Genial. Como é possível ver, em alguns momentos, João Doria aparece com 0% de intenções de votos, mas seu nome está no meio da lista.

Em resumo: a história que diz que Bolsonaro está com 41% de intenções de voto, à frente de Lula e que a CNN quer esconder o resultado é falsa! A história surgiu a partir de uma distorção de um dado real. No início de abril, a CNN divulgou o resultado da pesquisa Quaest/Genial, que indicava Lula como favorito para as eleições. A CNN então resolveu fazer um recorte regional da pesquisa, mapeando as intenções de votos de acordo com cada região do Brasil. Para isso, manteve o nome dos candidatos na ordem do resultado final da pesquisa Quaest/Genial (Lula, Bolsonaro, Moro, Ciro, Doria etc). Como é possível ver, Bolsonaro só vence nas regiões Norte e Sul. Somando tudo, Lula segue à frente. E esse é o motivo pelo qual a ordem do nome dos candidatos não muda (mesmo que o índice de intenção de votos varie). Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso