Bolsonaro cobra dívida da Globo em mais de R$ 1 bilhão de impostos #boato

Boato – O presidente Jair Bolsonaro resolveu autorizar a cobrança da dívida da Rede Globo. O valor está em mais de R$ 1 bilhão e é referente a impostos sonegados.

Um dos grandes problemas do combate às fake news está no fato de que muitos boatos se modificam para voltar a viralizar. Além de a modificação prejudicar a busca por desmentidos, ela ajuda a criar um “fato (ou boato) novo” em algo já batido. A única (e chata) solução para isso é voltar a tratar do assunto em um segundo (ou terceiro ou quarto) desmentido.

No caso de hoje, circula na internet a informação que aponta que o presidente Jair Bolsonaro resolveu cobrar uma dívida da Rede Globo. De acordo com a mensagem, que está em um blog hospedado na plataforma WordPress, o valor da dívida estava em mais de R$ 1 bilhão. Leia a mensagem que circula online:

Bolsonaro autoriza Execução da dívida da Globo de mais de R$ 1 Bilhão de impostos sonegados A emissora tem 30 dias para efetuar o pagamento sob pena de ter os bens penhorados para o pagamento da dívida e perder a licença de transmissão podendo até sair do Ar. O ato será publicado no Diário Oficial da União nesta quinta-feira. [link]

Bolsonaro cobrou dívida da Globo em mais de R$ 1 bilhão de impostos?

O que não faltou foi gente compartilhando a “notícia” na internet. Mas será mesmo que a informação que aponta que Bolsonaro resolveu cobrar uma dívida de R$ 1 bilhão da Globo é real? Não, não é. Calma aí que a gente explica tudo.

O principal motivo que derruba essa informação é que já desmentimos uma história muito parecida com essa. Na ocasião, em janeiro de 2019, a informação falsa surgiu em um site que só publica fake news e falava em um valor “mais modesto”: R$ 358 milhões. Leia o que escrevemos na época:

De fato, houve um processo administrativo na Receita Federal que envolvia a compra de direitos de transmissão da Copa do Mundo de 2002 pela Globo. Porém, a própria Globo e a Receita Federal apontaram que os débitos referentes à dívida foram pagos (com a ajuda do Refis) e que não há dívida referente a essa transação.

Ao contrário do que aponta a mensagem, Bolsonaro não autorizou execução de dívida alguma. Uma busca rápida no Diário Oficial do dia 08/01/2019 [refeita em 16/04/2016] já nos faz chegar à verdade. Não há nada sobre cobrança de dívida.

Para botar uma pá de cal na história, resolvemos buscar pela origem da história. Além de não ter sido publicada em nenhuma fonte confiável, ela surgiu em um site que só publica fake news. Dentre as pérolas de lá, está a história que aponta que uma faca de nióbio cortou um prego de aço. Ou seja, não dá para confiar no site que publicou.

Vale dizer que, na versão atual, o texto também não consta em nenhuma fonte confiável e foi desmentido por sites de fact-checking como o Aos Fatos que, no desmentido, ressaltou que “não cabe ao presidente determinar a execução das cobranças da Receita Federal”.

Resumindo: a história que aponta que Bolsonaro resolveu cobrar uma dívida da Globo em mais de R$ 1 bilhão é falsa. Mais do que isso: é uma versão modificada (e superfaturada) de um boato que já desmentimos por aqui.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)