Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Boletim de urna encontrado na rua em Curitiba (Paraná) prova fraude de votos não contabilizados para Bolsonaro nas eleições #boato

Boletim de urna encontrado na rua em Curitiba (Paraná) prova fraude de votos não contabilizados para Bolsonaro nas eleições #boato

Boletim de urna encontrado na rua em Curitiba (Paraná) prova fraude de votos não contabilizados para Bolsonaro nas eleições, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Boletim de urna encontrado nas ruas em Curitiba (PR) mostra que votos para Bolsonaro foram descartados em fraude nas urnas eletrônicas. 

O primeiro turno das eleições chegou ao fim, mas parece que está longe de acabar. Enquanto os candidatos à Presidência da República se preparam para disputar o segundo turno, alguns eleitores questionam o resultado das urnas e insistem na teoria de que houve fraude nas urnas eletrônicas.

Uma delas aponta que boletins de urnas foram descartados na rua e comprovam que votos não foram computados. Junto a um vídeo publicado no Kwai e que circula no Facebook, mensagens apontam que houve fraude na seção eleitoral de Curitiba (PR). O conteúdo aponta que encontrou os boletins, de apenas uma via, jogados na rua e que os votos das respectivas seções eleitorais não teriam sido computados. Leia mensagens que circulam com os vídeos:

Versão 1: BOLETIM de URNA encontrado JOGADO na RUA em CURITIBA. FRAUDE!!!! Versão 2: ALERTA MILITARES, ONTEM FORAM ACHADO NA RUA DE CURITIBA-PR OS COMPROVANTES DE VOTOS DE URNAS DO PRESIDENTE BOLSONARO Versão 3: BU – Boletim de Urna jogado na rua as 20 hs de domingo 2/10 em Curitiba (fraude) 

Boletim de urna encontrado na rua em Curitiba (Paraná) prova fraude de votos não contabilizados para Bolsonaro nas eleições?

Vídeo: é falso que Elon Musk colocou imagem do Lula ladrão no prédio

É óbvio que o vídeo serviu para alimentar as teorias de que o sistema eleitoral brasileiro não é confiável. Porém tão confiável quanto às urnas é a afirmação de que o alerta não procede.

As teorias envolvendo a segurança das urnas eletrônicas são mais antigas do que você imagina, e essa não é a primeira e, infelizmente, não será a última informação falsa que circula por aí sobre as urnas eletrônicas. Por aqui, no Boatos.org, já apareceram fake news sobre o algoritmo da urna, voto de rebanho e urnas apreendidas.

Antes de começar, vale lembrar que as urnas eletrônicas são utilizadas no Brasil desde 1996 sem nenhuma comprovação de fraude ou adulteração de resultado desde então. Na realidade, a votação eletrônica é uma forma de combater fraudes e evitar a manipulação das cédulas em papel.

Sobre o vídeo, até pode ser que o Boletim de Urna (BU) estivesse jogado na rua (o que não é possível de se comprovar, aliás), mas não é verdade que os votos não foram computados. Isso porque, apesar do boletim ser um mecanismo de transparência das eleições, ele não é responsável pela computação dos votos. Na verdade, os votos são computados a partir da leitura das mídias da urna eletrônica.

O serviço de checagem do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), Galha Confere, desmentiu a informação. O site explica que o BU é impresso ao final da votação pelos mesários de cada seção eleitoral. São impressas cinco vias obrigatórias, sendo possível imprimir outras cinco cópias adicionais. Uma das vias é afixada no local de votação e duas outras vias são enviadas à Justiça Eleitoral. As outras cópias são entregues aos fiscais dos partidos políticos, à imprensa e ao Ministério Público. Logo, caiu por terra a tese de que é “só uma via”.

A Galha também explica que a contagem dos votos não se dá a partir das vias impressas, mas sim a partir da leitura das mídias de resultado. Leia trechos da nota de esclarecimento:

Circulam na internet vídeos que mostram eleitoras e eleitores, supostamente em municípios paranaenses, com cópias de Boletim de Urna (BU). Eles alegam que os votos das respectivas seções eleitorais não teriam sido computados. O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) informa: isso é FALSO! […]

No total, a urna imprime cinco vias obrigatórias do Boletim de Urna, sendo possível imprimir outras cinco cópias adicionais. Nesse contexto, é grande o conjunto de pessoas que podem obter uma via do BU.

Uma das vias impressas é afixada imediatamente no local de votação, visível a todas as pessoas, para que o resultado da urna se torne público e definitivo imediatamente após o encerramento da votação.

Duas outras vias são enviadas à Justiça Eleitoral. Elas ficam disponíveis para conferência por qualquer pessoa na sede de todos os cartórios eleitorais. Outras cópias são entregues aos fiscais dos partidos políticos, à imprensa e ao Ministério Público. […]

É importante, por fim, destacar: a contagem dos votos não se dá a partir das vias impressas, mas sim a partir da leitura das mídias de resultado. A coincidência entre os votos constantes do boletim de urna e os votos contabilizados pode ser feita a partir do QR code nele contido.

Mas como é feita a contagem dos votos? O TRE de Santa Catarina responde a pergunta. De acordo com o órgão, a urna eletrônica possui dispositivos para o armazenamento de dados, o flash card, que é um cartão de memória que apresenta características de leitura e gravação, como se fosse uma espécie de HD. Além dos flash cards, são utilizadas outras mídias para gravação dos resultados da votação, como é o caso da Memória de Resultado (MR), criada especificamente para a Justiça Eleitoral.

Quer dizer, os boletins encontrados na rua em Curitiba não comprovam fraude de votos do presidente Jair Bolsonaro. O vídeo em questão não prova absolutamente nenhuma outra coisa além da falta de conhecimento sobre o sistema eleitoral brasileiro. Ou seja, não existem votos não computados e tampouco fraude nas eleições.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso