Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Barroso sugere confisco de investimentos da classe média ao STF e PT #boato

Barroso sugere confisco de investimentos da classe média ao STF e PT #boato

Barroso sugere confisco de investimentos da classe média ao STF e PT, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – Vídeo mostra o ministro Luís Roberto Barroso sugerindo para o PT e para o STF o confisco de investimentos da classe média.

Volta e meia (ou volta e sempre), ministros do STF são alvos de fake news na internet. E a última das histórias aponta para algo que teria ocorrido com o ministro do STF Luís Roberto Barroso.

Uma mensagem acompanhada de um vídeo apontava que Barroso havia sugerido que o PT e o STF realizam o confisco de investimentos em renda fixa da classe média brasileira. Leia algumas das mensagens que estão circulando online:

Versão 1: Uma “Expropriação” no atacado está sendo gestada no STF,  é o pedido do PT pelo cancelamento da Privatização da Eletrobras. Segundo o Barroso significa que todos investimentos contratos na Bolsa e investimentos agora corre o risco de  CONFISCO  via STF Bolivariano !

Vídeo: é falso que Lula foi flagrado beijando Suzanne von Richtofhen

Versão 2: Barroso falando em confisco dos investimentos da classe média Versão 3: Bora correr pra sacar seus investimentos, o Barroso quer pra ele Versão 4: BARROSO QUER SOCIALIZAR SEUS INVESTIMENTOS

Barroso sugere confisco de investimentos da classe média ao STF e PT?

O vídeo se espalhou na internet como a “prova” de que Luís Roberto Barroso está pedindo o confisco de investimentos da classe média brasileira. Porém, o que há é uma interpretação errada em cima de um vídeo do ministro do STF.

Não é de hoje que fake news sobre Barroso circulam na internet. Só para citar alguns exemplos, desmentimos que Barroso teria declarado apoio a Bolsonaro nas eleições, que ele teria dito que Bolsonaro só ganharia se “passassem em cima do cadáver dele” e, ainda, que ele havia “decretado” o fim da propriedade privada.

Como o histórico já nos deixou desconfiados, fomos buscar pela fala do ministro. Chegamos a esta publicação do site Conjur que tem a fala de Barroso por completo. Leia:

Imagine a alta classe média brasileira, que investe em renda fixa, em fundos de ações, em fundos de multimercado e em câmbio, se de repente viesse uma regra que dissesse: todas as suas aplicações terão uma rentabilidade pré-determinada abaixo da poupança porque o país está precisando fazer investimentos sociais importantes. O que aconteceria se hoje se editasse essa norma dizendo isso? O mundo ia cair

Quando ele disse isso, estava comparando se ocorresse com os rendimentos da classe média o mesmo que ocorre com o que foi sugerido para o FGTS: o fundo render menos do que a poupança e ficar “preso” para financiar políticas de governo. Em nenhum momento, ele falou sobre confiscar.

Vale apontar que, ao buscar por qualquer sugestão do ministro do STF para que investimentos da classe média sejam “confiscados” pelo governo, nada encontramos em fontes confiáveis. Ou seja: a tese brotou “do nada”.

Resumindo: é falso que o ministro do STF Luís Roberto Barroso sugeriu que o PT e o STF confisquem a renda fixa da classe média. Além de o julgamento que gerou a fala não tratar deste tema, o que ele fez foi uma metáfora para justificar que o FGTS, de acordo com ele, deve render, no mínimo, o que a poupança rende.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm