Assessor do PT que ganhou na Mega-Sena comprou carro de luxo antes de resultado do sorteio #boato

Boato – Caiu a casa da Mega-Sena! Descobriram que Miquéias Mendonça, assessor do PT que ganhou na loteria, comprou um carro de luxo antes do resultado de sorteio.

O resultado do sorteio do concurso 2189 da Mega-Sena foi um dos mais surpreendentes de toda história. A surpresa não veio por causa da sequência de números e sim por causa dos ganhadores: um grupo de assessores de deputados do PT na Câmara de Deputados. É claro que uma informação como essa daria pano para manga em termos de fake news.

A primeira que vamos desmentir agora aponta que foi descoberto um indício de fraude na Mega-Sena. De acordo com uma mensagem no WhatsApp que aponta para um site “daqueles”, um assessor do PT que estava entre os 49 contemplados já havia comprado um carro de luxo antes mesmo do resultado. A prova disso seria uma foto de Miquéias Mendonça (que seria o nome do sujeito) a bordo do bólido.

É claro que a história já gerou diversas teorias da conspiração sobre fraudes na Mega-Sena (que já desmentimos em algumas oportunidades, como você pode ver aqui ou no vídeo abaixo). Leia a mensagem no WhatsApp que “chama para a matéria” e partes do texto que circula online:

Confira também: Desmentimos a balela da “Casa Caiu na Mega”

Mensagem no WhatsApp: A CASA CAIU!!! FRAUDE NA MEGA-SENA Assessor do PT que ganhou na Mega-Sena comprou carro de luxo antes do sorteio milionário Um dos assessores do PT que ganhou no bolão da Mega-Sena desta semana, comprou um carro de luxo de R$650 mil 3 dias antes do sorteio do prêmio.

O mais curioso, é que o salário dele como assessor do partido é de apenas R$3.000, valor absurdamente incompatível com o preço do carro que comprou. *A Polícia Federal precisa agir imediatamente! Leia a matéria completa no link COMPARTILHE

Texto no site: A CASA CAIU: Assessor do PT que ganhou na Mega-Sena comprou carro de luxo antes do resultado do sorteio De acordo com informações do jornal Gazeta Brasil, um dos 49 assessores do PT que ganharam o prêmio de R$120 milhões da Mega-Sena, comprou um carro de luxo no valor de R$650 mil, 3 dias antes do resultado do sorteio milionário.

Miquéias Mendonça, de 50 anos, é assessor do partido desde 2013, e seu salário atualmente é de R$3.500 mensais, que é absurdamente incompatível com o valor do carro que comprou no início da semana. Essa pode ser a ponta solta que a Polícia Federal precisa para começar a investigar o caso e possivelmente descobrir uma fraude milionária nas Loterias Caixa. […]

Assessor do PT que ganhou na Mega-Sena comprou carro de luxo antes de sorteio?

Muita gente já compartilhou a história com o “crime nas ideias”. Para essas pessoas, temos uma informação: a acusação contra o assessor do PT (ou seu Miquéias, se preferir) é falsa. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Na realidade, nem precisamos explicar muito. Três fatores já nos fizeram ficar muitos desconfiados da veracidade da informação. O primeiro deles está no próprio texto. Além de ter características de boatos online (ser alarmista, com erros de português e pedido de compartilhamento), a “redação” segue a mesma linha dos boatos “caiu a casa da Mega-Sena”. Ou seja: é um boato velho reescrito.

O segundo está no nome do sujeito. Ao buscarmos por Miquéias Mendonça na lista de funcionários da Câmara, nada encontramos. Há poucas referências de pessoas com esse nome como, por exemplo, uma reportagem da Band News que nada tem a ver com política.

O terceiro está na imagem. A foto do homem no carro conversível não tem nada a ver com Câmara dos Deputados ou mesmo com Mega-Sena. Ela é referente a reportagens sobre golpes dados por um empresário em Mato Grosso. Reportagem, por sinal, de abril deste ano.

Já desconfiados, chegamos ao “detalhe final” que entrega a farsa: a fonte da informação. O texto surgiu em um site que publica diversas notícias falsas (algumas delas como de a que a “esquerda e o centrão queriam derrubar a MP de Bolsonaro que previa pensão a pessoas com microcefalia” desmentidas aqui). Vale dizer que, ao buscar por fontes confiáveis, nada encontramos. Também nada achamos sobre a “Gazeta Brasil”.

Resumindo: a história que aponta que um assessor do PT comprou um carro de luxo antes do resultado da Mega-Sena é falsa. As imagens, os nomes citados e todo o resto são fruto de uma invenção de um site de fake news.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)