Arthur Lira resolveu retirar quatro carros e seguranças de Rodrigo Maia #boato

Boato – Arthur Lira manda retirar quatro carros e seguranças de Rodrigo Maia e dá ultimato de 46 horas para ele deixar Residência Oficial.

As coisas andam pegando fogo quando o assunto é o Congresso brasileiro. Nas últimas semanas, senadores e deputados elegeram os novos representantes da Casa. No Senado, Rodrigo Pacheco tomou posse. Enquanto, na Câmara dos Deputados, foi a vez de Arthur Lira.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2Z5PgE0

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Lista no Telegram
https://bit.ly/2VSlZwK

Siga-nos no TikTok (e ganhe bônus no APP)

http://bit.ly/38hcBcy

E se as eleições deram o que falar a transição dos cargos também não parece ter sido muito amigável. Segundo histórias que estão sendo compartilhadas na internet, o novo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, teria dado um “ultimato” ao ex-presidente da Casa, Rodrigo Maia.

De acordo com as publicações, Lira teria retirado os 4 carros e seguranças de Maia. Além disso, ainda segundo a história, Lira também teria dado 48 horas para Maia deixar a Residência Oficial. “Lira retira os 4 carros e seguranças de Maia e dá 48 horas para ele deixar a Residência Oficial! De Lirando estou!”, diz a mensagem que circula online.

Arthur Lira resolveu retirar quatro carros e seguranças de Rodrigo Maia?

A informação fez sucesso nas redes sociais, em especial, no Facebook e no WhatsApp. Mas apesar da grande repercussão, a história não passa de balela.

Basta olhar para as publicações para perceber que elas apresentam as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, bastante alarmista e a falta de fontes confiáveis.

Além disso, o tema “fim da mamata” chegou a gerar diversas histórias falsas na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu algumas delas, como a que dizia que Rodrigo Maia teria defendido a própria aposentadoria aos 56 anos e recebendo R$25 mil. Também a que indicava que Luiz Fux, do STF, teria decretado o fim do auxílio para anistiados na Ditadura e, por fim, a que apontava que a Petrobras teria cancelado o patrocínio da Fórmula 1 na Globo por ordem de Bolsonaro.

Resolvemos, então, buscar por mais informações sobre o assunto e descobrimos que, ao contrário do que apontam as primeiras mensagens (que começaram a circular no dia 2 de fevereiro), a suposta discussão entre Rodrigo Maia e Arthur Lira não foi noticiada em nenhuma fonte confiável.

Se isso não fosse o suficiente, um documento emitido pela própria Câmara dos Deputados indica que Arthur Lira é “ocupante” da Residência Oficial desde o dia 1 de fevereiro de 2021, data em que o deputado venceu as eleições da Casa. Não sabemos ao certo quantos carros o presidente da Câmara dispunha, mas uma reportagem de 2015 indica que o representante da Casa teria direito a apenas um automóvel.

Apesar disso, Arthur Lira não precisaria ordenar que Maia deixasse de usar o veículos oficial. De acordo com a lei nº 1.081/1950, existem prerrogativas de uso de carros oficiais para que deputados cumpram funções que se destinem ao serviço público. Além disso, o presidente da Câmara também tem regalias como um carro de luxo. Entretanto, tudo isso deixa de ser um direito quando a pessoa, em questão, deixa a Câmara.

Em relação à segurança, funciona da mesma forma. Todos os deputados possuem seguranças. No caso do presidente da Câmara, esse número aumenta (por causa da maior exposição). A partir do momento que o deputado deixa de ocupar o cargo de presidente, automaticamente, perde o direito de ter um número maior de seguranças.

Em resumo: a história que diz que Arthur Lira teria retirado 4 carros e seguranças de Rodrigo Maia e também dado um ultimato para Maia deixar a Residência Oficial é falsa! Arthur Lira não precisou fazer nada disso, uma vez que toda e qualquer regalia adquirida como presidente da Câmara termina junto com o fim do mandato. Além disso, Maia continuará tendo seguranças, já que o benefício é concedido a todos os deputados. Se isso não bastasse, Arthur Lira ocupa a Residência Oficial desde o dia 1 de fevereiro de 2021, dia de sua eleição como presidente da Câmara. Ou seja, a história não passa de balela.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2m2887O
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK