Alexandre de Moraes participa de rituais de magia negra com crianças #boato

Boato – Em vídeo, homem afirma que ministro Alexandre de Moraes está envolvido em rituais de magia negra com sacrifícios de crianças

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e atual presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, se tornou um verdadeiro alvo de disseminadores de fake news. Além de receber constantes ameaças, o ministro Alexandre de Moraes tem sido vítima de diversas histórias falsas, que se intensificaram nas eleições de 2022.

Mas mesmo com o fim do período eleitoral, a desinformação em torno do nome de Alexandre de Moraes segue. Exemplo disso é a história de hoje. De acordo com uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais, o ministro  Alexandre de Moraes estaria participando de rituais de magia negra com crianças.

Confira também: É falso que Lulinha foi preso no Paraguai! Confira o desmentido em vídeo:

Clique e siga o Boatos.org no YouTube

O vídeo que acompanha a publicação afirma que Moraes também teria participado de sacrifícios de crianças nos rituais e que todas as informações já teriam sido levadas a todos os Tribunais de Justiça, aos procuradores da República, deputados, senadores e ao STF. O homem que aparece nas imagens ainda aponta que Bolsonaro deveria punir os crimes de genocídio que estaria sendo cometidos por Alexandre de Moraes e outras pessoas. Ele ainda afirma que o STF teria liberado o sacrifício de animais em rituais religiosos para acobertar Alexandre de Moraes. Confira:

Versão 1: “Denuncia gravíssima. Alexandre de Moraes faz ritual de magia negra com crianças. Assistam”. Versão 2: “O PREFEITO EMANUEL PINHEIRO MT E ALEXANDRE DE MORAES PARTICIPAM DE RITUAIS DE MAGIA NEGRA E COM RAPTO E SACRIFÍCIO DE CRIANÇAS.GRAVÍSSIMO!!!!”. Versão 3: “O bandido Alexandre de Moraes,ele não tem amor por ninguém ele usa crianças para magia negra,como po de e dizer”.

Alexandre de Moraes participa de rituais de magia negra com crianças?

A informação causou um enorme burburinho nas redes sociais, em especial, no Twitter e no Facebook, e deixou muitas pessoas revoltadas. Entretanto, a história não é real. A explicação fica por conta da falta de provas.

Ao se deparar com a mensagem, logo de cara ficamos desconfiados. Isso porque ela apresenta as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, extremamente alarmista, a falta de provas e a ausência de notícias sobre o assunto em veículos de comunicação confiáveis.

Além disso, histórias com acusações falsas, especialmente, contra o ministro Alexandre de Moraes se tornaram constantes na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que o Ministério Público Militar do STM teria pedido a prisão de Alexandre de Moraes. Também a que indicava que Alexandre de Moraes teve pedido de habeas corpus negado pelo STM e, por fim, a que apontava que Alexandre de Moraes teria fugido para os EUA, por causa da ocupação de militares em Brasília.

Uma acusação tão grave como essa precisa de provas. Que crianças são essas? Quando isso aconteceu? Quais são as outras pessoas envolvidas no esquema? Esse tipo de acusação necessita de investigações sérias e complexas. Porém, não existe nada além do vídeo. Se isso não bastasse, o termo “magia negra” é racista, atribuindo ao negro sentidos de algo pejorativo e ilegal.

Ao procurar por mais informações, descobrimos que os vídeos são antigos. Em uma das gravações, o homem que aparece nas imagens afirma que teria gravado o vídeo com as acusações em 2019. Ele também afirma que o prefeito Emanuel Pinheiro, de Cuiabá (MT), estaria participando dos mesmos rituais.

No início de 2021, a Justiça determinou que os vídeos apresentavam informações falsas, sem provas e solicitaram a exclusão das imagens das redes sociais. O pedido foi acatado, após o prefeito Emanuel Pinheiro, de Cuiabá (MT), entrar na Justiça. Por fim, a juíza ainda determinou uma multa diária, caso a ordem não fosse cumprida.

Em resumo: a história que diz que Alexandre de Moraes participa de rituais de magia negra com sacrifícios de crianças é falsa! O vídeo usado como prova são apenas acusações e afirmações. O vídeo não apresenta elementos ou provas daquilo que está sendo dito. Se isso não bastasse, os vídeos são antigos e, em 2021, a Justiça condenou o homem que publicou as imagens. Ele foi obrigado a retirar os vídeos de todas as plataformas, sob pena de multa diária. De acordo com a juíza que analisou o caso, os vídeos apresentam informações delicadas e sem provas. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2oQa6tD
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso