Aldo Rebelo detona ex-presidentes, diz que PT já vendeu a Petrobras, defende privatização e pede voto para Bolsonaro #boato

Boato – Em áudio, Aldo Rebelo diz que Lula vendeu a Petrobras para fundos internacionais e pede apoio para Bolsonaro. 

A proximidade das eleições de 2022 está cada vez mais aumentando os ânimos. Não só dos futuros candidatos, mas também de suas bases e de seus apoiadores. As farpas na internet já começaram e muitos internautas já estão assistindo tudo de camarote.

E apesar do grande número de candidatos pela disputa da Presidência, o que se tem observado é o desenho de uma nova polarização entre os candidatos Jair Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva, que devem ser o centro da atenção dos eleitores, segundo as pesquisas de intenção de voto.

E de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, Aldo Rebelo, que tinha boa relação com o PT, teria detonado os ex-presidentes do Brasil e pedido apoio para Bolsonaro. Ainda segundo a história, os governos do PT roubaram a Petrobras, que foi vendida por Lula para fundos bilionários.

De acordo com o áudio que circula com a publicação, Rebelo ainda teria defendido a privatização para acabar com o monopólio do governo dentro da Petrobras, criando concorrência para equilibrar o preço do combustível. Por fim, segundo a história, Aldo Rebelo ainda teria pedido votos para Bolsonaro.

“A verdade vindo a tona em áudio \ denuncia de Aldo Rebelo (ex petista) que entrega os ex-presidentes. Bolsonaro, mais uma vez tem razão!!!”, diz mensagem que acompanha o áudio. Confira a transcrição dele:

“A imprensa safada e as pessoas querem vender uma ignorância absurda, absurda. Ora Bolsonaro, nem ninguém, nem nenhum presidente da República pode ser de esquerda, de direita, pode ser de qualquer coisa, tem a possibilidade de controlar os preços da Petrobras por um simples motivo: acordos zilionários foram feitos por Michel Temer na Justiça Americana. Na Justiça Americana. Não é nada de brasileira, fuleira, escrota do Brasil, não. Foi na Justiça Americana. Sabe por quê? Porque os governos do PT saquearam, roubaram a Petrobras aos bilhões e os acionistas da Petrobras, porque a Petrobras já foi vendida, e foi vendida pelo PT, foi vendida por Lula. Hoje a Petrobras, aí o governo só tem, do total das ações, 37%. O restante já tá na mão dos fundos bilionários. Fundos, inclusive, internacionais. Então quando quando o PT do seu Lula saqueou a Petrobras, esses Fundos entraram com ações zilionárias na Justiça Americana e Michel Temer foi obrigado a fazer um acordo e dentro do acordo foi manter a política de preços da Petrobras, manter a política de preços da Petrobras. Essa é a realidade. 

A única solução que tem é pegar os 37%, dentro dos quais 50,5% das ações com direito a voto, e fatiar Petrobras, acabar com o monopólio. A gente não pode ficar refém de uma empresa. Tem que fatiar a Petrobras em 10, 15, 8, 5, 6 sei lá quantas empresas para que haja concorrência. Lembrando o Brasil hoje importa combustíveis. 30% do diesel é importado porque, porque a gente não tem capacidade de refino no Brasil. Então se o petróleo, barril do petróleo tá caro lá fora, quem danado vai comprar para ter prejuízo, comprar lá mais caro e vender aqui mais barato. Por isso que os preços, os preços, tão estão subindo. Não tem como mudar política de preço. Além do que eu já disse do caso da Justiça, tem o lado do mercado, senão vai acontecer o que? Desabastecimento. Agora vocês sabem porque o Brasil importa combustíveis. É só olhar os jornais que tinham coragem de dizer a verdade no passado e hoje escondem debaixo do tapete. 

Cadê a refinaria de Abreu e Lima que Lula e o falecido Hugo Chávez fizeram, assinarão acordo, para construir a refinaria em Pernambuco? Cadê a refinaria de Abreu e Lima? Cadê a refinaria do Comperj no Rio de Janeiro. Complexo Petroquímico, alvo de corrupção e sujeira de toda a parte que não ficou pronto, que não tá refinando o combustível do Brasil e além do mais, o PT sujo da Dilma do Lula, compraram uma p… sucateada lá nos Estados Unidos aquela refinaria de Passadena. Quem que não se lembra disso? Será que o povo perdeu a memória? Será que as pessoas esqueceram a roubalheira desse povo no Brasil? Será que é isso que vocês querem de volta para o presidente o Brasil? essa canalha essa canalha de volta a presidir o Brasil? Tenham vergonha na cara e o jornalista que defende essa canalha vai ter que a joelhar no milho não pode não tem moral nem de chegar na frente dos próprios filhos e dizer que é honrado. Olha esse país vai viver, esse ano, um momento decisivo, momento decisivo. Essa eleição desse ano vai mostrar qual é o caráter do povo brasileiro”.

Aldo Rebelo detona ex-presidentes, diz que PT já vendeu a Petrobras, defende privatização e pede voto para Bolsonaro?

A informação viralizou nas redes sociais, em especial, no WhatsApp e serviu de conteúdo para grupos bolsonaristas (mesmo com Aldo Rebelo não sendo admirador do presidente). Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da falta de fontes confiáveis, da voz diferente e dos erros nas informações apresentadas no áudio.

Logo ao ver a mensagem, ficamos desconfiados. O texto apresenta as principais características de fake news, como o caráter vago, extremamente alarmista e a falta de fontes confiáveis. Além disso, o áudio não foi repercutido em nenhum veículo de comunicação confiável.

Se isso não bastasse, o histórico de áudios falsos atribuídos a personalidades brasileiras não é novidade por aqui. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que Miguel Falabella teria gravado um áudio sobre o dia da posse após vitória do PT sobre Bolsonaro. Também a que indicava que um áudio de Lula mandando matar Palocci teria vazado na internet e, por fim, a que apontava que Renan Calheiros teria gravado um áudio afirmando que Mourão e STF teriam armado um golpe contra Bolsonaro.

Recentemente filiado pelo PDT, Aldo Rebelo agora é aliado político de Ciro Gomes nas eleições de 2022. E apesar de ter mantido uma boa relação com o PT por anos, o partido foi alvo de críticas por parte de Aldo Rebelo ao Brasil Paralelo. Com isso, o político acabou sendo criticado por diversos petistas que não gostaram nada das declarações.

Entretanto, nenhuma das falas de Aldo Rebelo se parece com o áudio usado na publicação de hoje. Se isso não fosse o suficiente, o áudio apresenta informações equivocadas e que não fazem o estilo de Aldo Rebelo.

O primeiro detalhe está nos ataques à imprensa, onde o homem afirma que os veículos de comunicação estariam tentando esconder todas as informações citadas no áudio. Isso não é do feitio de Aldo Rebelo, uma vez que o político é colunista em órgãos de imprensa.

O segundo detalhe é o uso de termos chulos, que destoam completamente do que ele fala (e como ele se comporta em público). Já o terceiro detalhe do áudio que acompanha a história de hoje é a fala de caráter bolsonarista e antipetista. Apesar de ter lançado críticas ao PT recentemente, Aldo Rebelo sempre prezou pela boa relação (ele já foi ministro em 4 ministérios dos governos Lula e Dilma).

O quarto detalhe é uma informação errada de que o PT teria vendido a Petrobras. Isso não ocorreu. A Petrobras segue sendo uma empresa de capital aberto, sendo o Governo do Brasil o acionista majoritário. O quinto detalhe é outro erro de informação. O “restante” da Petrobras não é de fundos internacionais. A composição de acionistas é de conhecimento público e pode ser consultada no próprio site da empresa.

Já o sexto detalhe é a defesa da privatização. O discurso é totalmente contrário do que Aldo Rebelo vem afirmando atualmente. Em uma entrevista no dia 13 de maio de 2022, o político afirmou que “privatizar a Petrobras é uma insensatez”.

Não bastasse tudo isso, ainda temos outro detalhe bastante importante: a voz do homem que aparece no áudio. Apesar da voz e do sotaque serem similares, eles não são iguais. E para completar a situação, o próprio Aldo Rebelo fez questão de desmentir a história em suas redes sociais.

Há um áudio apócrifo circulando e a mim atribuído sobre a Petrobras, com expressões que não uso e conteúdo que não defendo. A minha conclusão é que os autores do áudio fake estão muito preocupados com o impacto dos preços dos combustíveis no preço dos alimentos e nas eleições.

Em resumo: a história que diz que Aldo Rebelo gravou um áudio criticando os ex-presidentes, afirmando que o PT vendeu a Petrobras para fundos internacionais e pedindo votos para Bolsonaro é falsa! Além da voz e do sotaque do homem que aparece no áudio não serem iguais às de Aldo Rebelo, o áudio ainda apresenta informações falsas, como a composição da Petrobras e a afirmação de que a empresa teria sido vendida pelo PT. Além disso, as outras afirmações não fazem o estilo de Aldo Rebelo (como falas bolsonaristas e antipetistas e a linguagem chula). Por fim, o próprio Aldo Rebelo acabou desmentindo a informação em suas redes sociais. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso