O melhor do Boatos.org em 2020, por Carol Lira

Na terceira parte da nossa retrospectiva, Carol Lira lista as cinco checagens mais impactantes no Boatos.org em 2020. Lista tem “chip da Covid”, “cura do câncer” e “doença de Putin”. 

Este foi um ano atípico, que será marcado e lembrado como o ano do coronavírus, mas nem só de coronavírus viveu o brasileiro em 2020. Disputas políticas, auxílio emergencial, queimadas, eleições e a guerra da vacina. Esses foram alguns dos fatos que geraram muita repercussão e, por esse motivo, também inúmeros boatos.

2020 exigiu de nós muita resiliência e ânimo, e não poupou nem os caçadores de boatos. Entre imagens e vídeos fora de contexto, curas “milagrosas” e informações falsas, que questionavam o desenvolvimento das vacinas, máscaras e o isolamento social, o que não faltou neste ano interminável foram boatos. Confira na lista os cinco boatos que mais me impactaram em 2020 e aproveite para reler as pérolas deste ano que quase não chega ao fim.

Confira a retrospectiva completa

Confira o “top 2” de Carol Lira em vídeo:

5) Receita de mandioca crua ralada cura todo tipo de câncer #boato

É claro que um dos clássicos do mundo dos boatos não poderia ficar de fora da nossa contagem, especialmente, por ser um tema perigoso. Nessa fake news, a receita era simples: mandioca crua cura o câncer. Segundo a publicação, a mandioca é capaz de curar qualquer tipo de câncer. A indicação era que o paciente consumisse o “suco” da mandioca todos os dias, de manhã e à noite. Assim como em todos os casos, que já apareceram nas páginas do Boatos.org, não existe um remédio milagroso capaz de curar o câncer.

Isso porque o câncer não é uma doença simples e existem diversos tipos que podem surgir em diferentes partes do corpo, mais ou menos agressivos. Cada organismo reage de maneira diferente e, por isso, recebe um tratamento específico. Além disso, o uso da mandioca crua (em alguns casos) pode ser tóxica, o que torna a receita um tanto perigosa. Para saber mais, clique no link.

4) Morcegos, serpentes e cachorros são comercializados em feira na China, mostram fotos #boato

A cidade de Wuhan, na China, entrou para a história em 2020 por ser conhecida como o primeiro epicentro do novo coronavírus. Em pouco tempo, os boatos que culpavam os hábitos alimentares dos chineses tomou conta das redes sociais. Nessa fake news, em específico, a história afirmava que os animais comercializados em uma feira a céu aberto na China eram responsáveis pela origem do coronavírus.

A história viralizou junto com imagens e vídeos de animais (morcegos, cobras, ratos e cachorros) sendo abatidos e também com base na hipótese (ainda não confirmada) de que o vírus teve origem em animais silvestres, como o morcego. Contudo, descobrimos que as imagens foram registradas bem antes do surgimento do vírus. Para saber mais, clique no link.

3) Choveu na Austrália hoje, incêndios foram apagados e bombeiros comemoraram #boato

O ano começou com incêndios florestais sem precedentes na Austrália. A notícia gerou muita repercussão e, por esse mesmo motivo, diversos boatos. Um deles apontava para um vídeo que descrevia uma situação rara na região: chuva. No vídeo, bombeiros celebravam a chegada da chuva que daria uma trégua na série de queimadas. As imagens fizeram sucesso e deixaram muita gente aliviada. Mas, diferente do que afirmava o texto, a chuva não era de “hoje” e o vídeo fazia parte de um episódio que aconteceu em 25 de novembro de 2019. Para saber mais, clique no link.

2) Vladimir Putin está com mal de Parkinson e vai deixar governo da Rússia #boato

No segundo lugar, uma notícia que sacudiu os bastidores da política na Rússia. O boato que repercutiu, inclusive, em sites de notícias afirmava que o Presidente da Rússia, Vladimir Putin, renunciaria à presidência da Rússia por problemas de saúde e sintomas de Parkinson. A publicação também afirmava que a namorada de Putin, Alina Kabaeva, e as duas filhas do chefe de Estado tentavam convencê-lo da decisão, que seria anunciada em janeiro de 2021. O boato fez muita gente se perguntar se seria esse o fim da presidência vitalícia de Putin. A resposta veio do porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, que negou a informação e garantiu que o líder russo está bem de saúde. Para saber mais, clique no link.

1) OMS e China vão criar passaporte de imunidade para Covid-19 com certificado digital na mão das pessoas #boato

As mentes brilhantes da internet sabem como ninguém transformar qualquer coisa em um grande boato. Nosso primeiríssimo lugar é a prova disso. Nas redes sociais, uma história que dizia que a OMS e a China criaram o passaporte de imunidade para Covid-19 com certificado digital na mão das pessoas deu o que falar. A publicação apontava que as pessoas só poderiam viajar se apresentassem imunidade contra o novo coronavírus e que o dispositivo implantado teria o histórico de vacinas do sujeito e que, no futuro, seria utilizado como cartão de débito e crédito e para identificação e controle das pessoas.

Porém, a própria OMS já havia descartado essa possibilidade. Na época, o órgão afirmou que não havia evidências de que as pessoas que se recuperaram da Covid-19 e tenham anticorpos estejam protegidas de uma segunda infecção. E tem mais: essa história de certificado digital e controle de pessoas já é velha no Boatos.org. Em resumo: um mix de teorias conspiratórias e informações descontextualizadas, que (quase) fizeram um grande estrago. Para saber mais, clique no link.