Vladimir Putin está com mal de Parkinson e vai deixar governo da Rússia #boato

Boato – Presidente da Rússia, Vladimir Putin, renunciará à presidência da Rússia por problemas de saúde e sintomas de Parkinson.

Quando Vladimir Putin chegou ao cargo de primeiro escalão no país ninguém imaginava que ele permaneceria tanto tempo no poder. O presidente russo, que em dezembro de 2019, completou duas décadas na presidência da Rússia, está prestes a passar o bastão, pelo menos é o que indica uma publicação que circula nas redes sociais.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2Z5PgE0

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Lista no Telegram
https://bit.ly/2VSlZwK

A informação que viralizou online afirma que o presidente russo está com mal de Parkinson e, por isso, deixará o governo em breve. A mensagem aponta ainda que a namorada de Putin, Alina Kabaeva, e as duas filhas do chefe de Estado tentam convencê-lo e que a decisão do presidente pode ser anunciada em janeiro. Leia o que dizem algumas versões:

Versão 1: POLÍTICA RÚSSIA – Putin está sofrendo do Mal de Parkinson e pode deixar presidência da Rússia a pedido de namorada ginasta e atriz, revela site – Agora Notícias Brasil. Versão 2: Expectante num mundo melhor…Trump erradicado e Putin pondera renunciar por ter Parkinson! Afinal há Deus! Versão 3: URGENTE: Vladimir Putin ‘deixará o cargo de presidente russo em meio a temores de ter a doença de #Parkinson ‘ – Daily Mail.

Versão 4: Motivos de saúde poderão afastar Putin da presidência no próximo ano Vladimir Putin poderá anunciar a decisão em janeiro. Especula-se que possa sofrer da doença de Parkinson. Vladimir Putin estará a ponderar renunciar à presidência da Rússia no próximo ano, por motivos de saúde. A informação foi avançada esta quinta-feira por fontes que alegam que o líder russo sofre da doença de Parkinson e não se sentirá já em plenas condições para continuar a assumir o cargo. O especialista em política de Moscovo, Valery Solovei, contou ao The Sun que a namorada de Putin, Alina Kabaeva, e as duas filhas do chefe de Estado estão a tentar convencê-lo a renunciar. “A família tem uma grande influência nele. Ele pretende tornar pública a sua decisão em janeiro”, revelou a mesma fonte. Solovei sugeriu, ainda, que Putin sofre de Parkinson, uma suspeita que surgiu depois de este ter apresentado sintomas da doença. O NY Post recorda que numa aparição pública recente o chefe de Estado russo tinha as pernas, bem como as mãos, a tremer constantemente. Esta especulação surge numa altura em que os legisladores russos estão a ponderar aprovar uma legislação proposta pelo presidente que concederia aos ex-presidentes imunidade vitalícia contra processos criminais.

Vladimir Putin está com mal de Parkinson e vai deixar governo da Rússia?

A notícia pegou muita gente de surpresa e alguns até comemoraram o fim da “presidência vitalícia” de Putin. Mas o que quem comemorou não sabe é que a informação não procede. Isso porque o próprio governo da Rússia desmentiu a informação.

Ao bater o olho na mensagem, já ficamos com a pulga atrás da orelha. Afinal, o presidente russo já é figurinha carimbada nas páginas do Boatos.org. Aqui ele já protagonizou histórias envolvendo vacina russa, ideologia de gênero, guerra e até um pombo russo.

Dito isso, vamos ao boato, começando por onde a informação surgiu. Pois bem, a informação surgiu a partir de uma revelação feita por um cientista político. Quando a suposta revelação veio à público, diversos veículos dos Estados Unidos e do Reino Unido divulgaram a informação sem checar. Depois da notícia ganhar destaque, diversos tabloides sugeriram que o presidente renunciaria no ano seguinte.

A partir daí, não demorou muito para a notícia ser replicada em sites de notícias de diversos países e viralizar nas redes sociais. Porém, quando a história viralizou, o próprio governo russo se pronunciou sobre o assunto. O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, negou a informação e garantiu que o líder russo está bem de saúde, ao ser questionado pelos repórteres em sua coletiva diária. “Isso é completamente sem sentido. O presidente está bem… ele tem uma saúde excelente”, afirmou o porta-voz.

Segundo o site de notícias Aljazeera, o porta-voz Dmitry Peskov negou que o presidente russo esteja planejando renunciar. De acordo com o Reuters, o  Kremlin considerou como falsa a reportagem do jornal britânico, que sugeriu que Vladimir Putin teria mal de Parkinson e estava prestes a renunciar o cargo no início do próximo ano. Inclusive, o caso chegou a ser comentado por países como a Índia, conforme indica este site.

Resumindo: Vladimir Putin não está com mal de Parkinson e tampouco deixará o governo da Rússia (pelo menos não por esse motivo). Ou seja, a história não passa de #boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2QvB43t
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK