STF da Argentina foi fechado à força pela população e Forças Armadas #boato

Boato – Vídeo mostra que “STF da Argentina” foi fechado à força e a pedradas pela população com o apoio das Forças Armadas. Os ministros sumiram e a polícia não pode com a população.

É incrível como tem gente que é suscetível a fake news. Falamos isso porque o nosso objeto de análise é um vídeo que já desmentimos há algum tempo. A única coisa que muda nele é a história que o “circunda”.

Um vídeo que mostra policiais sendo apedrejados na Argentina está sendo acompanhado de uma mensagem que aponta que o “STF do país” foi fechado pela população e que os “ministros sumiram”. O texto que legenda o vídeo (que não será exibido aqui) ainda faz uma incitação para que a população do Brasil faça o mesmo por aqui. Leia a mensagem que circula online:

Na Argentina ta tudo normal! STF da Argentina foi fechado a força, os ministros sumiram. Colocaram o amigo de Lula, Dória e STF na presidência e se arrependerem. A guarda e a polícia da Argentina não pode com a população Só que os argentinos não são frouxos e covardes como os Brasileiros

O Presidente, senadores e deputados da esquerda estão escondidos, não apareceram na Câmara, Senado nem no STF podem ser esquartejados a qualquer momento As forças Armadas estao do lado da população NÓS BRASILEIROS FAREMOS O MESMO A PARTIR DO DIA 7 DE SETEMBRO INDEPENDÊNCIA OU MORTE

STF da Argentina foi fechado à força pela população e Forças Armadas?

Temos um exemplo de “duplo boato” a ser apresentado. Falamos isso porque, além de o vídeo sequer ser recente, não é verdade que houve qualquer tipo de revolta para “fechar o STF da Argentina” e tampouco os ministros da corte do país sumiram.

A mensagem já nos deixa muito desconfiados na veracidade. Ela tem tantas características de boatos online que só engana quem quer ser enganado ou quem é “muito pouco inteligente”. O texto é vago, alarmista (ao extremo), tem erros de português e não cita qualquer fonte confiável que confirme a informação.

Para além disso, vídeos do tipo “o povo se revoltou” e atacou todo mundo não é novidade na internet. Já desmentimos vídeos falsos de revoltas populares (engraçado que elas são sempre de extrema-direita na descrição dos boatos) como se fosse de Cuba, Venezuela e Argentina.

Inclusive, esse vídeo que citamos no parágrafo anterior é o mesmo que está circulando com legendas sobre o STF da Argentina. Na ocasião, o boato apontava que era um “protesto contra o lockdown” e foi desmentido no Boatos.org. Relembre o que escrevemos:

Não há qualquer notícia em fonte confiável que fale do tal ataque a policiais argentinos. Sem notícias, resolvemos buscar pelo vídeo em questão. Ao fazer uma buscar reversa achamos uma mesma versão dele datada de 2018. O vídeo foi filmado durante um protesto em 2017 contra a reforma da Previdência na Argentina.

De acordo com essa matéria do Infobae, o vídeo foi gravado em 18 de dezembro de 2017 na Praça do Congresso (em Buenos Aires). Na ocasião, um policial acabou ferido com mais gravidade pelos manifestantes contrários a reforma.

Vale lembrar que Alberto Fernández não era o presidente da Argentina na época (o presidente era Maurício Macri, de direita) e que não existia pandemia tampouco infecções em massa por coronavírus no mundo.

Já deu para ver que o vídeo nada tem a ver com “fechamento do STF” na Argentina. E como você já deve imaginar, não há nenhuma informação real sobre isso. Para começar, a suprema corte da Argentina sequer se chama “STF”. O nome é Corte Suprema de Justicia de la Nación Argentina. E ao buscarmos informações em fontes confiáveis, nada vimos sobre “fechamento”. Ao contrário, informações dão conta que o funcionamento no local é normal.

Resumindo: é falso que o “povo” fechou o STF da Argentina. O vídeo nada tem a ver com a descrição dele e a “notícia” nada mais é do que um fake para incitar revoltados sem cérebro contra o Supremo Tribunal Federal do Brasil.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet