Putin imita Bolsonaro e resolve comer na rua, mostra vídeo #boato

Boato – Bolsonaro lançou “Bolsomania” ao comer na rua e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, copiou ideia com seus ministros. Vídeo é a prova da ação.

Com as redes sociais, principalmente com o Tik Tok e o Instagram, muitos jovens têm lançado tendências que, rapidamente, se espalham para o restante da internet e até ultrapassam os limites do digital.

E de acordo com os fãs do presidente Jair Bolsonaro, ele teria lançado moda durante sua participação na Assembleia Geral da ONU, em 2021. Na oportunidade, Bolsonaro teve que comer fora de um restaurante, em Nova York (EUA), porque não se vacinou contra a Covid-19. O comércio da cidade exige o comprovante de vacinação para as pessoas frequentarem locais fechados, como restaurantes.

A partir daí, uma história inusitada começou a circular nas redes sociais. Segundo as publicações, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, teria copiado a ideia de Bolsonaro. De acordo com a história, um vídeo mostraria Putin comendo um lanche com seus ministros, na rua, imitando o que Bolsonaro fez em Nova York (EUA). Confira:

Versão 1: “BOLSOMANIA: Presidente da Rússia Vladimir Putin imita Bolsonaro e lancha na rua junto com seus ministros — essa onda pega!!”. Versão 2: “O nosso Presidente lançou moda entre os Presidentes na ONU. Agora todo mundo quer comer em pé na rua. Até o Putin initou jairbolsonaro kkkk”. Versão 3: “Putin seguindo o Mito! O cara está mostrando aos líderes do mundo que ser PRESIDENTE não é ser um deus grego de uma mitologia imaginária intocável. Mas sim uma pessoa comum,que chegou ao cargo pelo povo. jairbolsonaro mostrou isso ao mundo dos REIS”.

Putin imita Bolsonaro e resolve comer na rua, mostra vídeo?

A informação foi amplamente compartilhada nas redes sociais, especialmente, no Twitter e no YouTube e fez sucesso entre os seguidores de Bolsonaro. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da origem do vídeo e da falta de contexto em torno do ato de comer na rua proporcionado por Bolsonaro.

Basta olhar para a publicação para perceber que ela apresenta as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, alarmista e a falta de fontes confiáveis. Além disso, não é de hoje que histórias falsas com supostos feitos de Bolsonaro circulam na internet.

A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras dessas histórias, como a que dizia que Bolsonaro teria asfaltado a rodovia SP-321. Também a que indicava que Bolsonaro teria derrubado a República e provado a fraude nas urnas eletrônicas e, por fim, a que apontava que Bolsonaro teria enviado tratores para agricultores na Bahia, mas Rui Costa não entregou.

Para começarmos a explicação, é importante ressaltar que a história de hoje tenta subverter a importância do ato de um político comer na rua, isto é, junto ao povo. Esse tipo de ação não é novidade no mundo da política. Em São Paulo (SP), por exemplo, é bastante comum ver candidatos à Prefeitura ou ao Estado comerem pastel na Feira, durante as eleições. Ou seja, Bolsonaro não inventou isso.

Além disso, o que realmente chama a atenção é o motivo pelo qual Bolsonaro teve que comer na rua (ou no “puxadinho” improvisado). O presidente do Brasil não optou por comer naquele lugar, mas sim foi obrigado. O motivo? Bolsonaro não se vacinou contra a Covid-19. Em Nova York (EUA), todos os estabelecimentos comerciais fechados exigem o comprovante de vacinação para as pessoas poderem frequentar esses locais. Na rua, qualquer um pode comer ou permanecer sem máscara. Mas se você não se vacinar, simplesmente não pode frequentar os lugares.

Já em relação ao vídeo do presidente da Rússia, Vladimir Putin, ele não tem nada a ver com Bolsonaro. Primeiro, porque apesar de ser contra a vacinação obrigatória, Putin se vacinou contra a Covid-19 e incentivou os russos a fazerem o mesmo, dizendo que eles devem escutar os especialistas e não os rumores. Dessa forma, Putin poderia comer onde bem entendesse.

Segundo, porque o vídeo não é recente. Na realidade, as imagens foram gravadas em 2017, durante o MAKS 2017 Air Show, uma feira tecnológica aeroespacial realizada anualmente na Rússia. Na oportunidade, Putin saiu da feira com sua comitiva para comprar sorvete para os oficiais. Em 2019, Putin foi ao mesmo local comprar um sorvete para o presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, durante o mesmo evento.

Em resumo: a história que diz que Putin resolveu imitar o presidente Jair Bolsonaro e comeu fora do restaurante é falsa! O vídeo nada tem a ver com uma imitação. As imagens, na realidade, são de 2017 e, na ocasião, Putin saiu para comprar um sorvete para sua comitiva. Ao contrário de Bolsonaro, Putin se vacinou contra a Covid-19 e incentivou que os russos também se vacinassem. Dessa forma, Putin poderia comer onde bem entendesse, em Nova York (EUA). Por fim, é importante ressaltar que Bolsonaro não lançou moda nenhuma. Ele foi impedido de comer no restaurante, porque não se vacinou (e a cidade de Nova York exige o comprovante de vacinação). Além disso, muitos políticos já comeram junto ao povo, nas ruas, durante suas campanhas. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso