Pneu que não fura é vendido no Japão e decreta o fim dos borracheiros #boato

Boato – No Japão, vídeo mostra teste de pneu de carro com tecnologia anti-furo. É o fim dos borracheiros no mundo todo.

Uma grande dor de cabeça para muitos motoristas é a durabilidade das peças e dos acessórios para o carro. O alto valor de muitos desses itens acaba redobrando o cuidado.

Porém, nem sempre apenas o cuidado do motorista é suficiente. O pneu é um bom exemplo. As condições de ruas e estradas (muitas vezes ruins) acabam representando um risco à saúde dos pneus, levando, muitas vezes, a furos ou rasgos.

Mas, de acordo com um vídeo que está sendo compartilhado nas redes sociais, esse problema já possui uma solução. Segundo as publicações, o Japão teria desenvolvido uma tecnologia anti-furo. Nas imagens, é possível ver um carro passando por cima de diversos pregos. Quando o percurso acaba, um homem retira o pneu e mostra que ele permanece intacto devido a uma cobertura interna maleável. Confira:

ADEUS BORRACHEIRO. Outra profissão acabando, olha o fim dos borracheiros sendo anunciado. Pneu no Japão já é vendido com esta tecnologia, sem custo adicional.

Pneu que não fura é vendido no Japão e decreteu o fim dos borracheiros?

A informação deixou muitos motoristas animados com a suposta novidade, especialmente pela economia. Mas será que essa história de que o Japão teria desenvolvido uma tecnologia anti-furo e, com isso, decretado o fim dos borracheiros é real? A resposta é não!

Vamos aos detalhes! Uma rápida leitura nas publicações já deixa dúvidas. Isso porque as mensagens seguem aquele velho roteiro de fake news na internet: possuem caráter vago e alarmista e não citam fontes confiáveis.

Além disso, diversas histórias sobre tecnologias desenvolvidas no Japão já foram desmentidas pela equipe do Boatos.org, como a que dizia que um parque 7D teria sido inaugurado no Japão. Também o caso que apontava que o país seria o primeiro a testar fogos de artifício com design e, por fim, o caso que dizia que o Japão teria proibido o forno micro-ondas após constatar que as ondas radioativas fazem mal à saúde.

Resolvemos, então, buscar por mais informações sobre o assunto e descobrimos que, de fato, existem alguns modelos de pneus que são vendidos como à prova de furos. Há, inclusive, modelos bem futuristas, como um pneu da Michelin e da General Motors que ainda está em fase de testes e promete não ter ar em seu interior e, por isso, não pode ser furado.

Uma das explicações para o pneu à prova de furos está na autovedação interna, onde o pneu possui uma camada de vedação que impede a perda de ar e pressão. Esse tipo de pneu seria capaz de vedar furos de até 4 milímetros. O chamado selante é aplicado no pneu e veda os furos (encaminhando as partículas do produto ao local afetado).

E é exatamente o selante que nos ajuda a entender melhor a verdade por trás do vídeo. Ao procurar pelas imagens, descobrimos que o tal pneu no Japão não é um item à prova de furos, mas sim uma demonstração de como funciona o selante. Encontramos até canais que vendem o produto utilizando o vídeo como demonstração.

Vale ressaltar que, como mostramos anteriormente, o selante não é uma solução definitiva, mas sim um método paliativo para não precisar trocar o pneu, especialmente por causa do balanceamento (devido à distribuição irregular do produto).

Além disso, também não encontramos nenhuma referência da “tecnologia anti-furo do Japão” na internet. Prova disso é que o modelo de pneu sem ar da Michelin e da General Motors está sendo anunciado como uma grande novidade no país. Caso o Japão realmente já tivesse dominado essa tecnologia, com certeza ela não seria uma surpresa por lá.

Em resumo: a história que diz que o Japão desenvolveu uma tecnologia anti-furo para pneus de carro e decretou o fim dos borracheiros é falsa! O vídeo usado na publicação, na verdade, mostra a aplicação de um selante que preenche os furos. Ele é usado de forma paliativa e não definitiva, porque pode prejudicar o balanceamento dos carros. Ou seja, apenas #boato. Não compartilhe!

P.S.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/30ro2Jf
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)