Homens preparam churrasco com carne de cachorro na Argentina, mostra vídeo #boato

Boato – Vídeo mostra o momento em que homens preparam um churrasco com carne de cachorro na Argentina. Esse é o resultado do comunismo no país.

Quase todos os dias temos que desmentir uma fake news sobre histórias falsas de países latinos governados por governo de esquerda. A última das histórias aponta para algo bizarro de que teria ocorrido na Argentina.

No vídeo, que não iremos mostrar aqui, um homem filma de um carro um local chamado “Olla Popular”. Em um momento, eles mostram um animal sendo colocado na mesa e homens afiando uma faca.

Junto ao vídeo, há mensagens que apontavam que o animal seria um cachorro e que o “prato” servido na Argentina era “picanha de cachorro”. Há, ainda, críticas a Lula e à esquerda. Leia algumas das mensagens que circulam online:

Versão 1: NA ARGENTINA A REALIDADE NÃO É DE PICANHA, E SIM DE CACHORROS. Pense e repense, que tipo de vida você quer dar para os seus filhos ou netos?  Versão 2: IMPACTANTE HOJE NA ARGENTINA Vou confessar que me deu vontade de Chorar, já começou a caça aos Cachorro

Versão 3: NA ARGENTINA A REALIDADE NÃO É DE PICANHA, E SIM DE CACHORROS. SEPARA A PICANHA PRO LULARÁPIO AÍ AÇOUGUEIRO DE CACHORRO  Versão 4: Argentina é China. #lulenao Argentina já começou comer picanha de cachorro. É  aí brasileiro estão prontos para matar seus PET PARA TIRAR AS PICANHA.

Vídeo mostra homens preparando churrasco com carne de cachorro na Argentina?

O vídeo se espalhou muito nas redes sociais brasileiras e não demorou a chamar atenção, principalmente entre militantes de Bolsonaro. O que não foi percebido por todos é que a história que apontava para o “churrasco de cachorro” havia já sido desmentida na Argentina.

A mensagem já começa a nos deixar desconfiados. O texto que circula online tem características de fake news como o caráter vago, o tom alarmista, erros de português e a falta de qualquer fonte confiável que comprove a história.

Não bastasse isso, a pauta “coisa horrível em país esquerdista” é um clássico nas fake news na internet. Já desmentimos balelas sobre coisas na Colômbia e na própria Argentina recentemente.

Ao buscar pela história, vimos que o vídeo viralizou em junho na Argentina. As imagens foram gravadas no bairro de Quilmes, em Buenos Aires. Após o vídeo viralizar na internet, muita gente falou da carne de cachorro. Só que a informação estava errada.

Esta matéria do Clarin mostra que, na realidade, os envolvidos na história apontaram que o animal era um terneiro que fora tirada de uma vaca que fora abatida. Ou seja: o tamanho é menor porque estava em gestação. O site de checagem Chequeado também desmentiu a informação. Além de apontar que o animal era um terneiro.

As matérias, contudo, apontam também que o consumo de um animal nestas condições é ilegal (apesar de ele ser comercializado em bairros pobres e cidades do interior da Argentina).

Resumindo: é falsa a informação que aponta que um vídeo mostra pessoas preparando um almoço com carne de cachorro. O animal era um terneiro retirado do ventre e as próprias pessoas envolvidas desmentiram o fake.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3sexfTk
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet