Governo da Venezuela distribui estilingue no lugar de armas para policiais #boato

Boato – Agora, a polícia da Venezuela vai ter que usar estilingue no lugar de armas. Determinação foi do governo e tudo foi feito em cerimônia promovida pelo comunismo.

E seguem as histórias falsas sobre países da América Latina comandados por governo de esquerda. Nos últimos dias, falamos de fake news relacionadas à Colômbia, ao Chile e à Argentina. Hoje é a vez, novamente, da Venezuela.

De acordo com mensagens que estão circulando online, o governo de Nicolás Maduro na Venezuela resolveu tomar uma atitude drástica: tomar as armas de todos os policiais do país e distribuir estilingues no lugar. Toda a ação foi filmada e o vídeo foi acompanhado de mensagens em redes sociais. Leia e veja:

Versão 1: Governo da Venezuela distribui estilingue para os policiais em lugar de armas que beleza…..e viva o comunismo. Versão 2: Parece mentira, mas é verdade. Governo da Venezuela distribuiu estilingue para os policiais em lugar de armas que beleza…..e viva o comunismo. Versão 3: Estilingue passa a ser usado como armamento na Venezuela

Governo da Venezuela distribuiu estilingue no lugar de armas para policiais?

Não demorou para as mensagens, em pleno 2022, circularem com todas as forças em redes sociais. Só que nem o vídeo é novo tampouco é verdade que o caso ocorreu na Venezuela ou é alvo de ação de Maduro ou de um “governo comunista”.

Além da questão dos boatos recentes sobre países da América Latina (que denota uma campanha de desinformação sobre o assunto), as mensagens, que têm características de fake news como o caráter vago, o tom alarmista, os erros de português e a falta de citação de fontes confiáveis, já nos deixam desconfiados.

Para piorar, quase não encontramos nada em fontes confiáveis sobre a tal distribuição. Falamos quase porque encontramos uma notícia falando sobre a “ação da Venezuela” no canal do YouTube de um telejornal no Paraná. Neste caso, o telejornal errou.

Na realidade, o vídeo, de 2018, é da cidade de Alvarado no estado de Veracruz. Na realidade, a “substituição” se deu após os policiais da cidade realizarem um teste de aptidão para o uso de armas de fogo. Dos 130 policiais, apenas 30 passaram no teste.

A partir deste resultado, então prefeito da cidade fez uma “cerimônia” de distribuição de estilingues para os policiais inaptos a utilizar armas de fogo. A ação virou notícia no México, em tabloides britânicos e chegou (da forma correta) ao Brasil.

De acordo com este site, as armas foram devolvidas cerca de oito meses depois, quando os policiais finalmente passaram no teste de aptidão para uso de armas de fogo.

É importante citar que não há qualquer registro de que a ação tenha sido repetida a nível nacional ou mesmo em outros países como, por exemplo, a Venezuela. Ou seja: a versão Venezuela foi inventada em redes sociais e alguns incautos caíram nela.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que policiais da Venezuela deixaram de usar armas de fogo para utilizar, no lugar, estilingues. A história não passa de mais um boato sobre países comandados por governos de esquerda que circula por aí.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet