British Airways faliu, vai fechar e funcionários gravaram vídeo de despedida #boato

Boato – Companhia aérea British Airways encerrou atividades e funcionários gravaram vídeo de despedida para clientes.

A pandemia da Covid-19 se tornou a gota d’água para muitos estabelecimentos no Brasil. A crise da doença balançou a economia mundial e atingiu em cheio as micro e pequenas empresas de diversos setores no país.

A dificuldade no acesso ao crédito de amparo aos estabelecimentos, a baixa rotatividade e o número de vendas reduzidas ou inexistente fizeram com que muitos micro ou pequenos empreendedores decidissem encerrar suas atividades.

Mas de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, parece que nem as grandes empresas suportaram a crise aprofundada pela pandemia. De acordo com uma publicação que anda circulando por aí, a companhia aérea British Airways teria encerrado suas atividades após quase um século de trabalho. A prova seria um vídeo feito pela própria empresa para agradecer os funcionários e informar o encerramento das atividades. Confira:

“British Airways dizendo adeus ao mundo. Inacreditável para uma das companhias aéreas com maior lucro nos últimos 70 anos. Triste, mas é verdade”.

British Airways faliu, vai fechar e funcionários gravaram vídeo de despedida?

As imagens viralizaram nas redes sociais e pegaram muita gente de surpresa, especialmente, os clientes da companhia aérea britânica. Mas será que essa história de que a British Airways faliu e que funcionários teriam feito um vídeo agradecendo e se despedindo é real? Não!

Vamos aos fatos! Para começo de história, a publicação segue aquele velho roteiro de fake news na internet. Ela é vaga (não informa datas ou nomes), bastante alarmista, possui erros de português e não cita fontes confiáveis.

Além disso, a internet está recheada de histórias falsas com base em vídeos retirados de contexto. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que a enfermeira Sandra Guerra teria sido demitida após publicar um vídeo mostrando UTIs vazias na Bahia. Também a que indicava que a polícia da Turquia estaria batendo em pessoas nas ruas para garantir o isolamento social e, por fim, a que apontava que uma manifestação contra o comunismo teria sido registrada na Argentina em plena pandemia.

Ao buscar por mais informações sobre o suposto encerramento das atividades da British Airways, não encontramos nada. O que seria, no mínimo, muito estranho, uma vez que a companhia aérea é uma das maiores do mundo e, com certeza, a informação traria inúmeros impactos. Porém, ainda sim, nada encontramos sobre o assunto.

Resolvemos, então, apelar para o inglês, onde toda a história surgiu. A partir daí, descobrimos diversos desmentidos sobre o assunto na Índia. O site Boom Live destacou que o vídeo, na verdade, é uma montagem feita por funcionários da empresa. Segundo o site, os funcionários alegam que a companhia aérea iria demitir toda sua equipe no dia 15 de junho.

Já segundo o site The Logical Indian, o vídeo foi publicado, originalmente, em um canal do YouTube da tripulação de cabine da British Airways, no dia 13 de junho de 2020. Ainda de acordo com o site, a companhia aérea está envolvida em uma grande discussão e foi acusada de usar a pandemia como desculpa para diminuir sua equipe de trabalho.

O site Factly ressaltou que a British Airways pretendia fazer uma “grande reestruturação” que afetaria cerca de 12 mil profissionais. Ainda de acordo com o site, no dia 27 de junho, a British Airways anunciou a demissão de 350 pilotos e colocou outros 300 na “piscina”, para uma possível recontratação quando necessário.

Apesar de toda a confusão, o fato é que a British Airways não fechou as portas. Em seu canal no YouTube, há diversos vídeos atuais que mostram que a companhia aérea segue operando. O mesmo acontece em seu site. Na página, é possível comprar passagens e remarcar viagens.

Em resumo: a história que diz que a companhia aérea British Airways faliu e que funcionários teriam gravado um vídeo se despedindo é falsa! O vídeo foi feito pela tripulação de cabine da British Airways e publicado no dia 13 de junho de 2020. Na descrição, os funcionários afirmavam que a British Airways iria demitir todos os seus funcionários no dia 15 de junho e estaria usando a pandemia como desculpa para reduzir sua força de trabalho. O fato é que a British Airways demitiu 350 pilotos e colocou outros 300 na “piscina”, para uma futura recontratação, no dia 27 de junho de 2020. Como é possível ver em seu site oficial e em seu canal no YouTube, a British Airways segue, talvez nem tão firme e nem tão forte, mas segue aberta. Ou seja, tudo não passa de balela. Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2Xmskzm
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)