Boneco “bebê” terapêutico para pedófilos está sendo vendido e tem aumento de vendas #boato

Boato – Sucesso de vendas, boneco “bebê” é usado como tratamento terapêutico para pedófilos e pode ser customizado em site de vendas online.

Ao contrário do que muita gente pensa, os brinquedos surgiram no contexto das guerras. As miniaturas de soldados, cavalos e canhões eram usados como peças em tabuleiros de guerra para a formulação de estratégias e movimentações.

Foi só depois que os brinquedos foram impostos às crianças e elas começaram a usar as peças como forma de brincadeira e diversão. Hoje, os brinquedos também têm sido utilizados para o aprendizado e para estimular os sentidos e ajudar no controle dos sintomas de alguns transtornos.

E de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, uma empresa estaria vendendo um brinquedo para fins polêmicos. Segundo a publicação, o brinquedo seria um boneco bebê terapêutico, direcionado a pedófilos. Ainda segundo a história, os compradores poderiam escolher todas as características do boneco, que estaria bombando em vendas. Confira:

Versão 1: “Não acredito que bonecos possam tratar PEDÓFILOS! O lugar deles é na CADEIA, de preferência o resto da vida!”. Versão 2: “Crescem as vendas do ‘bebê terapêutico’ para pedóf**los. Segundo o fabricante o boneco foi criado como uma espécie de terapia para pedóf**los. O comprador pode escolher traços características do biotipo do bebê, como a cor da sua pele e dos olhos, presença ou ausência de cabelos”.

Boneco “bebê” terapêutico para pedófilos está sendo vendido e tem aumento de vendas?

A informação deixou muitas pessoas revoltadas nas redes sociais, em especial, no Facebook. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da origem da história e pela falta de provas.

Ao olhar a publicação, logo de cara ficamos desconfiados. A história apresenta as principais características de fake news, como o caráter vago, extremamente alarmista e a falta de fontes confiáveis.

Além disso, histórias falsas envolvendo pedófilos ou pedofilia são antigas na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que Felipe Neto e o STF queriam implementar “age fluid” para justificar pedofilia. Também a que indicava que a ONU queria legalizar a pedofilia e fazer com que o abuso sexual deixasse de ser crime e, por fim, a que apontava que pedófilos teriam pedido para serem aceitos na comunidade LGBT, durante uma marcha.

Apesar de muita gente encarar a pedofilia como um crime, na realidade, a condição é uma doença classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), desde os anos 1960. No Código Penal brasileiro, a ação enquadrada como crime é o abuso sexual de menores de 14 anos e o consumo e distribuição de pornografia infantil. É importante ressaltar que a maior parte dos molestadores de crianças e adolescentes não possuem o transtorno pedofílico.

A pedofilia é considerada uma parafilia, isto é, um comportamento sexual que foge da normalidade. Apesar de não ter cura, a pedofilia tem tratamento. O acompanhamento médico pode evitar que as pessoas portadoras da condição se tornem criminosas ou voltem a cometer crimes contra crianças e adolescentes. O tratamento consiste em uma abordagem interdisciplinar, com acompanhamento de um médico, de psicólogos, assistentes sociais e da família. O objetivo é mudar o foco das fantasias persistentes e duradouras do portador da condição.

Como é possível ver, o procedimento não envolve dar bonecas “bebês” para pessoas com transtorno pedofílico. Resolvemos, então, procurar pela descrição do suposto produto na internet. Após uma busca no Google, não encontramos nada sobre a tal boneca.

Por outro lado, descobrimos que a mesma história já circulou nos Estados. De acordo com o site de fact-checking Snopes, o burburinho começou após um vendedor da Amazon anunciar bonecas sexuais com características de crianças. A Amazon removeu o anúncio após 3 minutos.

Além das fotos do anúncio não lembrarem em nada as fotos utilizadas na história de hoje, o produto não está à venda. Uma vez que não existe um produto desses sendo comercializado e que bonecos “bebês” não são indicados para o tratamento da pedofilia, podemos dizer que não há um aumento de vendas de bonecos “bebês” terapêuticos.

Em resumo: a história que diz que boneco “bebê” terapêutico para pedófilos está sendo vendido na internet e tem aumento de vendas é falsa! A pedofilia é uma doença e tem tratamento. Apesar disso, o tratamento não envolve o uso de bonecos “bebês”, mas sim um acompanhamento interdisciplinar que busca mudar o foco das fantasias do portador do distúrbio. Ao procurar pelo anúncio do suposto boneco “bebê” na internet, nada encontramos. Descobrimos que um vendedor da Amazon chegou a anunciar algo do tipo em sua página, mas o anúncio foi excluído dentro de 3 minutos pela empresa. Se não existe anúncio, indicação médica ou venda, também não existe aumento de bonecos vendidos. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3HIppbu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso