Argentina não existe mais porque virou a China comunista #boato

Boato – Graças ao presidente Alberto Fernández e a pandemia da covid-19, a Argentina não existe mais e virou a China comunista.

Argentina, China, comunismo e Bolsonaro. Pela segunda vez, nós, do Boatos.org, estamos tendo que vir aqui para desmentir um texto com esses tópicos. Desde quando Alberto Fernández se elegeu presidente do país vizinho ao Brasil, o que não tem faltado na internet são mensagens falsas falando que o comunismo foi implantado por lá e que “tudo quebrou”.

Na última versão da mensagem (que é acompanhada de textos que apontam que o país quebrou, que o governo comprou tudo e que só Bolsonaro poderia salvar o Brasil disso), é dito que a Argentina não existe mais e foi comprada pela China comunista. Leia a mensagem que está circulando online:

Confira o desmentido em vídeo:

Muito triste! A ARGENTINA Não existe mais!! Agora é China, o COMUNISMO chinês conseguiu o que tanto sonhara! Mas o sonho de consumo da maldita China é o Brasil, o nosso BRASIL brasileiro… Argentina já era, quebraram quase todas as Empresas, o governo vai ser dono de tudo, conseguiram implantar o Comunismo com apoio da China. A China já instalou uma base militar chinesa, aqui na Argentina, e nem a Polícia Argentina pode entrar. Alegação de ser território chinês e que pagaram pelo terreno vendido. ALERTA AOS BRASILEIROS!

Atentem todos, principalmente os que dizem decepcionados com o Bolsonaro. Uma médica argentina que fez residência em oftalmologia no Brasil, que pouco se manifestava nas brigas envolvendo a esquerda e a direita, hoje, postou essa mensagem no grupo de que fazemos parte. Por favor, leiam com atenção. É importante pra todos! “Oi, meus amigos, hoje, acordei com a intenção de contar pra vocês um pouco da situação que nós, argentinos, estamos vivenciando no nosso país, e trago esta mensagem como ALERTA!! Para aqueles que acharem não ser interessante, apenas delete. […]

O coronavírus está bem controlado, o que era de se esperar, já que estamos todos encerrados em casa, apenas para postergar o pico que virá quando terminar a quarentena. Então, brasileiros, espelhem-se na Argentina e avaliem bem o que querem para o Brasil, tanto no campo da Saúde como no da Economia! Espero que tenham melhor sorte que nós… Não se deixem levar pelo canto da sereia.

APÓS LER ACIMA, QUEM VOCÊS QUEREM NO LUGAR DO PRESIDENTE BOLSONARO? TEMEM OU NÃO, O COMUNISMO SER INSTALADO NO BRASIL? UNAM-SE POVO BRASILEIRO, UNAM-SE! Não entreguem seu país a quem só quer a corrupção, o poder, a riqueza para si e para os CHINESES COMUNISTAS. Não há um outro político no Brasil mais patriota do que Bolsonaro; esqueçam defeitos e foquem nas virtudes dele, que com certeza são maiores que seus defeitos. Que Deus nos ajude…

Argentina não existe mais porque virou a China comunista?

A mensagem se espalhou muito em grupos bolsonaristas por aí. Mas será mesmo que é real a informação que aponta que a Argentina “não existe mais” e virou “China comunista”. Assim como no outro caso, estamos aqui para falar que a resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

O texto em questão (que tem características de boatos online como ser vaga, alarmista, com erros de português, pedido de compartilhamento e falta de citação de fontes confiáveis) é muito parecido com outro já desmentido aqui. Assim como nos outro caso, trata-se de um amontoado de informações sem provas e que não sobrevivem a uma busca na internet.

Vamos raciocinar: se a Argentina tivesse “acabado” ou “virado uma China”, isso seria pauta para tudo que é veículo de mídia. Mas, ao buscar em fontes confiáveis sobre o assunto, sabe o que achamos? Só o nosso desmentido anterior. Como o que falamos outrora vale para hoje, relembre o que foi dito.

Para fazer a checagem, pontuamos as informações contidas na mensagem. 1) Argentina faliu. 2) Implantou o comunismo com a ajuda da China. 3) Todas as empresas do país faliram e estatizaram. 4) Cristina Kirchner foi absolvida de processos. Vamos começar com as “teses econômicas”.

É fato que a Argentina vai passar por um solavanco financeiro pesado, principalmente por causa da pandemia da Covid-19 e medidas de isolamento (frisa-se importantes para controlar a doença). Porém, os números não significam que o país faliu ou “está muito pior do que o Brasil”. Na realidade, a previsão de queda do PIB no país para 2020 é de 5,2% enquanto a previsão do Brasil é de uma queda de 5%.

Também não é fato que “todas empresas do país” faliram e foram estatizadas. É difícil mensurar o impacto do coronavírus nas empresas (com certeza não será pequeno), mas vamos convir que falar em “todas empresas faliram” é algo tão pesado que, se fosse real, teria embasamento em fontes confiáveis. Porém, nada encontramos. Aliás, o único caso de pedido de expropriação que temos conhecimento é da Vicentín.

Falando das “teses políticas”. Como é de se imaginar, é falso que o “comunismo foi implantado na Argentina”. A tese é derrubada só pela ausência da informação em fontes confiáveis e por sabermos que a palavra “comunismo” tem sido utilizada como estratégia retórica para quem não é muito simpática ao regime. Por fim, checamos e vimos que Cristina Kirchner continua sendo ré nos processos que responde na Justiça.

Resumindo: a história que aponta que a Argentina não existe mais porque “virou China” é falsa. Trata-se de uma nova versão de um boato que já desmentimos aqui no nosso site. Aguardemos até a nova versão da história chegar.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2Faip9f
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Confira também: 11 fake news sobre a China que circularam na web em 2020

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet