Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Fast-Checking > Fake news: general Benjamin Arrola declarou que Exército de 24 horas para TSE explicar fraude nas urnas

Fake news: general Benjamin Arrola declarou que Exército de 24 horas para TSE explicar fraude nas urnas

Boato – General Benjamin Arrola resolveu agir. Ele deu prazo para o STF explicar ao Exército sobre fraude nas eleições em 72 horas. 

Texto da fake news

URGENTE: o General Benjamin Arrola das Forças Armadas declarou que o Exército deu 24 horas para que o TSE explique o que houve nas urnas no domingo. Segundo ele, as forças armadas já estão apostos para a tomada do poder caso não haja nenhuma explicação coerente.

Veredicto

Informação falsa. Não existe determinação desta natureza no Exército e o nome não passa de um trocadilho que serviu para figuras famosas virarem piada na internet.

Motivo

O Boatos.org já desmentiu informações falsas como essas de trocadilhos de nomes de figuras bombásticas e de “prazos do Exército ao STF”. Nem é competência das Forças Armadas “determinar prazo” (isso é coisa da Justiça) nem há nenhuma ação deste tipo.

Links de referência

Vídeo: é falso que Alexandre de Moraes disse que quer corroer a democracia

Desmentido do Boatos.org sobre Jallim Habbei dos Emirados Árabes Unidos.

Desmentido do Boatos.org sobre prazo do Exército ao STF.

PS: A categoria Fast-Checking é uma nova experiência de checagem rápida do Boatos.org para conseguirmos responder a todas demandas que recebemos. Se a experiência for bem sucedida, ampliaremos o número de desmentimos no site.