Flamengo vendeu o Mundial de Clubes para a Fifa e para o Liverpool #boato

Boato – Foi revelado o escândalo que todo mundo suspeitava. O Flamengo vendeu o Mundial de Clubes para a Fifa e para o Liverpool por R$ 300 milhões.

Na última grande partida do futebol brasileiro em 2019, o Flamengo foi derrotado pelo Liverpool por 1 a 0 (graças a um gol do brasileiro Roberto Firmino). Em meio à decepção de flamenguistas e zoações de torcedores adversários, surgiu aquela “velha história na internet”: a que aponta que o resultado do jogo foi forjado.

De acordo com diversos textos que começaram a circular na internet, o Flamengo “vendeu o título” do Mundial de Clubes. As versões são muitas e, dentro do mesmo texto, há diferentes compradores (por exemplo, o Liverpool, a Fifa, a UEFA etc), diferentes “denunciantes” (Bruno Henrique, Rodrigo Caio etc) e diferentes “moedas de troca” (Libertadores de 2020, um estádio e até a Flórida Cup). Leia uma das versões mais populares:

O ESCÂNDALO QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA! Talvez, isso explique a razão do jogador Bruno Henrique ter declarado a seguinte frase: “Se as pessoas soubessem o que aconteceu na final do Mundial de Clubes 2019, ficariam enojadas”.

Todos os torcedores do Flamengo ficaram chocados e tristes por não Serem campeões. O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por sites e páginas de todo o mundo e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmados os fatos. Fato comprovado: O Flamengo VENDEU o título do Mundial para a FIFA. Os jogadores foram avisados, às 13:00 do dia 20 de Dezembro, em uma reunião envolvendo o Gabriel, o Técnico Jesus e os Presidentes do Flamengo e da FIFA.

A aceitação veio através do pagamento total dos prêmios do mundial, mais um bônus de R$300.000.000,00 divididos para todos os jogadores e integrantes da comissão técnica, através da FIFA. Além disso, a promessa do tao sonhado estádio do Flamengo. Por gentileza passem esta mensagem para o maior número possível de pessoas, para que todos possam conhecer a sujeira que ronda o Mundial de Clubes.

Flamengo vendeu o Mundial de Clubes para a Fifa e para o Liverpool?

É claro que a história foi muito compartilhada por aí (esperamos que, na maioria dos casos, seja por causa de zoeira). Por via das dúvidas, estamos aqui para falar que a história que aponta que o Flamengo vendeu o Mundial de Clubes é mais um novo capítulo de um clássico que temos no Boatos.org.

Em 2019, a mesma mensagem viralizou em, no mínimo, em três oportunidades: na final da Copa do Brasil entre Internacional e Athletico, nas quartas de final da Libertadores entre Grêmio e Flamengo e na final da Libertadores entre Flamengo e River Plate.

Em outros anos, tivemos que desmentir a denúncia (que sempre começa com o “escândalo que todo mundo suspeitava) em eleições e Copas do Mundo. No vídeo abaixo, desmentimos o boato do Brasil e Alemanha na Copa de 2014.

Em todos os casos, a mensagem segue o mesmo roteiro, as fontes citadas não têm nada sobre assunto (aliás, o assunto não está em fonte confiável alguma) e não tem a mínima lógica. Afinal, não há preço que pague uma vitória como a do Mundial de Clubes.

Só para ter certeza de que não há nenhuma denúncia pairando sobre a final do Mundial de Clubes, fomos procurar por qualquer informação que possa sequer levantar suspeitas de manipulação de resultados. O Flamengo perdeu porque… perdeu.

Sendo assim, não há muito mais o que falar: a história que aponta que o Flamengo vendeu a final do Mundial de Clubes para o Liverpool, Fifa, UEFA ou para qualquer outro time ou entidade não procede.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2sBNWx4

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet