Argentina vendeu o jogo da Copa para a Arábia Saudita e Fifa #boato

Boato – Foi divulgado o escândalo que todo mundo suspeitava. A Argentina e Messi venderam o jogo de estreia da Copa do Mundo para a Arábia Saudita e para a Fifa.

Parece que, timidamente, a Copa do Mundo está começando a tomar conta das pautas de fake news. Depois de dois boatos sobre o mundial relacionados às eleições, finalmente estamos diante de um boato raiz.

Depois da derrota surpreendente da Argentina para a Arábia Saudita, um velho texto voltou a circular em uma versão nova na Internet. De acordo com o texto, Messi teria denunciado que a Argentina e ele venderam o jogo de estreia da Copa para a Arábia Saudita e para a Fifa.

O texto aponta, ainda, que veículos internacionais deram a notícia e que a Adidas, PSG e Barcelona estariam envolvidos. Leia a mensagem que viralizou online:

DIVULGADO O ESCÂNDALO QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA ! Talvez, isso explique a razão do jogador Messi ter declarado a seguinte frase: ‘Se as pessoas soubessem o que aconteceu ficariam enojadas!’. Todos os torcedores da Argentina ficaram chocados e tristes pela derrota na partida. Não deveriam! O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de toda a Argentina e alguns estrangeiros, mais especificamente ‘Wall Street Journal of America’ e o ‘Gazzeta dello Sport’ e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos.

Fato comprovado: A Argentina VENDEU a partida para a Arábia Saudita em troca de Petróleo . Os jogadores foram avisados, às 07:00 do dia 22 de Novembro (dia da partida), em uma reunião envolvendo o Sr. Gianni Infantino (na única vez que o presidente da FIFA compareceu a uma preleção da Copa do Mundo), o empresário Jalim Habbei (presidente de uma das patrocinadoras da competição), a secretária Érica Ganeira, o Sr. Mohamed da Silva (presidente atual da Confederação Árabe de Futebol e cidadão brasileiro) , o Sr. Cuca Belludo (representante da FIFA) e o Sr. Ronald Rhovald, representante da patrocinadora Adidas. Os jogadores reserva permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel.

A princípio muito contrariados, os jogadores se recusaram ceder o resultado. A aceitação veio através do pagamento total dos prêmios: US$700.000,00 para cada jogador, mais um bônus de US$400.000,00 para toda a comissão técnica, através de uma das empresas envolvidas. Repassem essa informação para mostrarmos ao mundo a nojeira que ronda o mundo do futebol

Argentina vendeu o jogo da Copa para a Arábia Saudita e Fifa?

O que não faltou foi brasileiro compartilhando a história por aí. Porém, não é verdade que Messi fez a denúncia ou mesmo que a acusação sobre o “escândalo” é real.

Na realidade, o texto que circula por aí é uma nova versão do “escândalo que todo mundo suspeitava”. O texto com uma teoria da conspiração falsa sobre “venda de resultados” viralizou pela primeira vez lá em 1998. Na época, o Brasil perdeu para a França no dia em que Ronaldo teve uma convulsão. Se você prestar atenção, vai perceber que todo o enredo é montado em cima do que ocorreu na final de 1998.

A história falsa fez tanto sucesso que foi emulada em outras situações. A mais popular esportivamente, foi da Copa de 2014 e dos 7 a 1 para a Alemanha. Fora do esporte, a história também viralizou em situações políticas como em 2014 e 2022. Detalhe: o nome dos personagens são dos times envolvidos + trocadilhos + nomes do fake original.

Só por desencargo, fomos buscar por qualquer declaração de Messi que aponta para fraude ou venda de jogo (o que é impensável) e, como era de se imaginar, nada encontramos.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que Messi e a Argentina venderam a partida contra a Arábia Saudita para a Fifa. O texto que está circulando por aí é um boato clássico que insiste em viralizar online.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2oQa6tD
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet