Jayme Monjardim, diretor da Globo, chama Haddad de canalha #boato

Boato – O diretor da Globo Jayme Monjardim chamou o candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT) de canalha após veiculação de propaganda contra Bolsonaro.

Um dos tipos de boatos mais recorrentes nestas eleições é o das falsas declarações atribuídas a famosos. Agora pouco falamos de uma “aspa falsa” atribuída ao narrador Galvão Bueno. Agora, outro global é a figura central da história: o diretor Jayme Monjardim.

Um vídeo atribuído a ele começou a circular na internet. De acordo com a mensagem que acompanha a filmagem, Jayme Monjardim teria tecido pesadas críticas ao candidato Fernando Haddad (PT) após veiculação de propaganda eleitoral em que uma criança atira no próprio pai (e que pode ser vista aqui). Leia a mensagem que circula online, assista ao vídeo e leia a transcrição:

Versão 1: Escutem o que diz Jayme Monjardim, diretor da Globo,que entende e faz sucesso no Meio Publicitário e Televisivo. Versão 2: DIRETOR DA GLOBO JAYME MONJARDIM. Versão 3: Jayme Monjardim chama o Haddad de CANALHA após vídeo de um filho atirando no pai.

Transcrição: O Haddad é um canalha. O Haddad não é um poste. O Haddad é uma caçamba de lixo. Eu hoje vi um filme do Haddad em que um menino, um filho, dá um tiro no pai e que ele fala é “melhor Jair” se acostumando. Diz que aquilo é filme em defesa da vida.

Isso é o seguinte. Eu sou profissional de marketing. Eu a vida inteira disputei mercado. Fiz campanhas publicitárias para as marcas que defendi como profissional. Briguei no mercado. Fiz vídeo contra a concorrência. Minha concorrência fez vídeos contra mim. Fiz vídeos. Fiz campanhas políticas. E sempre, sempre. Mesmo em campanhas políticas, quando o nível abaixa muito, há uma ética. […]

Um profissional de marketing que participou disso tem que ser banido do marketing e o Haddad tem que ser banido da vida pública. Isso é impublicável. Você colocar uma criança dando um tiro no pai é impublicável. Os horários eletorais, eles são perfeitamente, em horários que são assistidos por crianças. Isso é uma falta de respeito com as crianças, com os pais, com as famílias, com os brasileiros. É isso que é o PT.

Jayme Monjardim, diretor da Globo, chamou Haddad de canalha?

O tal vídeo circulou muito na internet e foi compartilhado como de uma “pessoa” que entende e faz sucesso no meio publicitário. Só tem um detalhe: a pessoa da imagem não é o diretor da Globo Jayme Monjardim. Vamos aos fatos.

A solução para essa história foi até que simples. Ao bater o olho no vídeo identificamos a pessoa que fez a gravação. Trata-se do publicitário Ival Dias da Gama. No seu próprio Facebook (que tem um número considerável de seguidores), ele denuncia o falso crédito. “DE NOVO PESSOAS MAL INTENCIONADAS ATRIBUEM UM VÍDEO MEU A UMA OUTRA PESSOA . Não sou obrigado a falar meu nome já que público meus vídeos em minha página “, diz.

Você viu que ele falou “de novo”? Foi justamente por isso que já sabíamos quem era a pessoa. Não é a primeira vez que pegam um vídeo do publicitário e atribuem a outra pessoa. Em agosto, um vídeo dele criticando a entrevista da Globo News com Bolsonaro foi atribuído ao “diretor da Veja” Augusto Blat.

Só para ter certeza, fomos procurar pela filmagem original. Ela foi publicada no dia 17 de outubro na própria página de Ival. Até o momento, a postagem tinha 65 mil compartilhamentos (provavelmente, uma das pessoas que compartilhou começou a atribuir a filmagem a Monjardim).

Só para terminar, fomos buscar por qualquer referência sobre o vídeo nos perfis de Jayme Monjardim no Twitter, Facebook e Instagram. Como era de se imaginar, não achamos nenhuma referência, crítica ou elogio ao “marketing de Haddad” (também vamos nos abster de opinião).

Resumindo: a história que aponta que o diretor Jayme Monjardim gravou um vídeo detonando o candidato Fernando Haddad é falsa. A pessoa que gravou o vídeo é um publicitário que já foi vítima de uma “confusão” em outro vídeo na internet. Balela.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)