Toneladas de peixes foram pescadas em Porto de Galinhas em 2020 e pescadores deram de graça para a população #boato

Boato – Toneladas de peixes foram pescadas em Porto de Galinhas em 2020 e os pescadores deram de graça para a população. Eles acreditam que o Senhor que enviou a grande quantidade para alimentar o seu povo.

A pandemia do novo coronavírus não rendeu assunto na internet somente em termos de saúde e política. As benfeitorias (verdadeiras ou não) em meio aos caos, sejam estas de artistas, empresas ou anônimos, também foram motivo de inúmeros compartilhamentos nas redes sociais.

Neste sentido, começou a circular recentemente no Facebook um vídeo que mostra toneladas de peixes que foram pescadas em Porto de Galinhas (PE), em 2020, e que os pescadores supostamente deram de graça para a população. A boa ação teria sido motivada pelo fato deles terem entendido que foi Deus quem enviou a grande quantidade de pescados para alimentar o seu povo, principalmente neste momento de crise no país e no mundo todo.

“Coisa de Deus […] Vejam aí a riqueza”, disse um dos pescadores que filmava tudo. Confira, a seguir, o vídeo que está sendo compartilhado pelos internautas com esse “milagre bíblico” e o texto original da publicação:

Esses peixes foram pescados em Porto de Galinhas e os pescadores não venderam mas deram para a população pois entenderam que era o Senhor que tinha enviado esta grande quantidade de peixes para alimentar o povo!

Toneladas de peixes foram pescadas em Porto de Galinhas em 2020 e pescadores deram de graça para a população?

Obviamente, o vídeo com a benfeitoria dos pescadores potiguares viralizou rapidamente, o que não é difícil imaginar em tempos de crise como a que estamos vivendo atualmente. Mas será mesmo que as toneladas de peixes que foram pescadas em Porto de Galinhas (PE) em 2020 foram dadas de graça para a população pelos pescadores? A resposta é não! E o porquê você confere a seguir.

Para começar, a mensagem da publicação que está compartilhando o vídeo possui todas as características de fake news: é vaga (não diz onde a grande pescaria teria ocorrido e quando foi doada à população), alarmista (tem o intuito de causar emoção nos internautas, especialmente por estarem mais abalados durante a pandemia), possui erros de português e não cita fontes confiáveis que possam confirmar o que está sendo dito.

Em segundo lugar, não é de hoje que desmentimos aqui no Boatos.org notícias de falsas boas ações em meio à pandemia de coronavírus. Algumas delas você deve se lembrar bem, como o caso que dizia que Cristiano Ronaldo iria transformar hotel em hospital para tratar pacientes com coronavírus; o de que o Assaí Atacadista estaria dando álcool em gel e cestas básicas durante a pandemia; ou, ainda, do que afirmava que os direitos autorais da famosa música Volare, de uma banda italiana dos anos 70, seriam repassados para o hospital de Bergamo (Itália).

Além disso, ao buscarmos pela história da tal doação das toneladas de peixes, nada encontramos, o que contraria a lógica do momento atual, em que a economia está abalada pelo coronavírus e vemos a todo o tempo notícias sobre doações de empresas e artistas à luta contra a pandemia.

E foi aí que, ao procuramos pela imagem, descobrimos que não se trata de um vídeo de Porto de Galinhas (PE) e tampouco é recente. A grande pescaria aconteceu, na verdade, na praia de Galinhos (RN), em 20 de junho de 2019.

Foram pescadas 9 toneladas de peixes da espécie corvina (ou cururuca) em um só dia, o que deixou os pescadores bastante surpresos e felizes. “O máximo que eu já tinha pegado eram seis toneladas. Normalmente, a gente consegue três, quatro”, comemorou o pescador Francisco Taveira Maciel, de 39 anos, que trabalha há 20 anos no setor.

Vale ressaltar também que os peixes não foram doados à população, como afirma o boato. Depois do dia 20 de junho daquele ano, os peixes foram levados para Caiçara do Norte, onde foram pesados e vendidos normalmente pelos pescadores.

Resumindo: A publicação que dá conta de que toneladas de peixes foram pescadas em Porto de Galinhas (PE) e que os pescadores deram para a população não é verdadeira. A pescaria farta realmente aconteceu, mas na praia de Galinhos (RN) e em junho de 2019. Depois, os peixes foram pesados e vendidos.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2oQa6tD