São Vicente (SP) registra saques em supermercados por causa do novo coronavírus #boato

Boato – Imagens mostram moradores de São Vicente (SP) realizando saques em um supermercado por causa da pandemia da Covid-19 (novo coronavírus).

Quando o assunto coronavírus começou a ser discutido no Brasil, muita gente se deixou levar pelo pânico. Com isso, farmácias de todo país viram desaparecer de suas prateleiras o álcool em gel e as máscaras de proteção.

Hoje, o pânico continua e se estendeu aos supermercados. Por causa disso, muitos estabelecimentos já estão limitando o número de produtos comprados pelos clientes.

E, de acordo com uma publicação nas redes sociais, parece que as coisas pioraram, especialmente após o embate entre o presidente Bolsonaro e o governador Dória e pela pressão de Bolsonaro para que as pessoas voltem a trabalhar. Segundo as imagens que acompanham a publicação, um supermercado em São Vicente (SP) teria sido saqueado por causa da pandemia da Covid-19. Confira:

Versão 1: “Começou os saques em supermercado em são Vicente a culpa é do governo de São Paulo”. Versão 2: “Vejam isso. Misericórdia !!!! Ja começaram os saques em mercados. Resultado do “fecha fecha” do comércio. Em São Vicente SP Mercado Davó. Cenas tristes e lamentáveis”.

São Vicente (SP) registrou saques em supermercados por causa do novo coronavírus?

A publicação percorreu as redes sociais e causou medo em muita gente, que já esperava pelo pior. Mas será que essa história de que os supermercados de São Vicente (SP) foram saqueados por causa do coronavírus é real? A resposta é não!

Vamos aos fatos! Para começo de história, a publicação apresenta as principais características de fake news na internet. Ela é vaga (não informa a data que a situação ocorreu), alarmista, possui erros de português e não cita fontes confiáveis.

Além disso, ao longo dessa pandemia, diversos vídeos foram publicados fora de contexto e causaram confusão nas redes sociais. A equipe do Boatos.org já desmentiram diversos deles, como o que dizia que o infectologista Adib Jatene teria criticado o isolamento social para combater o coronavírus. Também o que apontava que o ex-presidente Lula estaria na Dinamarca, país livre do coronavírus, enquanto o Brasil sofre com a Covid-19 e, por fim, o que apontava que Drauzio Varella teria dito que iria continuar andando nas ruas durante a quarentena do coronavírus.

Resolvemos, então, buscar por mais informações sobre o vídeo em questão. Descobrimos que as imagens foram exibidas no Jornal da Tribuna, em 2013. Na época, o comércio de São Vicente (SP) fechou as portas mais cedo após boatos de uma onda de violência na Baixada Santista.

Vale ressaltar que também não encontramos registros de supostos saques durante o período de isolamento social e quarentena. Tanto é que o próprio Grupo Tribuna se posicionou a respeito da história que está rolando na internet. Em seu site, o grupo afirmou que repudia a atitude de internautas que viralizaram um vídeo antigo apenas para causar apreensão entre os moradores.

O Grupo Tribuna vem, por meio deste, esclarecer que o vídeo do G1 ‘Mercados e lojas foram saqueados em São Vicente’, que passou a circular nas redes sociais nas últimas horas, é referente a uma reportagem realizada em 2013 e nada tem a ver com a pandemia de coronavírus. Até o momento, não há o registro de ataques a estabelecimentos comerciais em toda a Baixada Santista. O Grupo Tribuna repudia com veemência o compartilhamento de fake news e pede para que as pessoas, neste momento, mantenham a calma e não compactuem com esse tipo de comportamento criminoso.

Além disso, a nota também reforça que a reportagem é antiga. Exemplo disso é que a repórter Paula Araújo, que aparece na matéria, já não faz parte do Grupo Tribuna há 5 anos. Atualmente, a jornalista trabalha na equipe da GloboNews.

Em resumo: a história que diz que supermercados foram saqueados em São Vicente (SP) por causa da pandemia de coronavírus é falsa! As imagens que circulam junto das publicação, na verdade, são antigas. Elas foram gravadas e exibidas em 2013, em outro contexto. Naquela oportunidade, o comércio de São Vicente (SP) havia fechado as portas mais cedo por conta de boatos de uma onda de violência na Baixada Santista. O próprio Grupo Tribuna, responsável pela reportagem, repudiou a atitude de compartilhar um vídeo antigo para causar apreensão. Ou seja, tudo não passa de balela. Não compartilhe! Se possível, fique em casa (escute a Ciência e não os achismos) e não esqueça de lavar as mãos! Até a próxima.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2MF7olM