Pepita de ouro de 4121 gramas é “girafa” encontrada por ONG na Amazônia #boato

Boato – Foto mostra “girafa” encontrada na Amazônia por ONG. Trata-se de uma pepita gigante de ouro de 4121 gramas que foi apreendida pela Polícia Federal.

Desde o ano passado que a questão da proteção da Amazônia tem entrado no debate internacional. Enquanto há muita gente preocupada com a perda de áreas de floresta na região, há quem defenda que a “preocupação” do exterior e de ONGs não passa de interesse na extração de recursos minerais do nosso solo. No meio desse cenário uma foto está viralizando.

Junto com a descrição “Foto rara da Girafa da Amazônia. A PF salvou ela. Um dos animais que preocupam muito as ongs que lá atuam”, uma foto de uma pepita de ouro de 4121 gramas está circulando com força na internet. Dá uma olhada na imagem que está circulando online:

Atenção: Cuidado com fotos que mostram “riquezas da Amazônia” que foram pegas por ONGs

Pepita de ouro de 4121 gramas é “girafa” encontrada por ONG na Amazônia?

O que não faltaram foram compartilhamentos relacionados à tal mensagem da “girafa dourada da Amazônia”. Só há um detalhe: a pepita gigante de ouro não foi encontrada por ONGs na Amazônia e muito menos apreendida pela Polícia Federal.

A mensagem, por si só, já causa desconfianças. Ela tem características de boatos online como ser vaga, alarmista e não cita nenhuma fonte confiável que ligue a imagem a uma apreensão por parte da Polícia Federal na Amazônia.

É fato que a Polícia Federal deflagrou nos últimos dias uma operação para inibir a venda de diamantes extraídos de uma terra indígena. Porém, além de não existir nenhuma prova de que a extração foi promovida por ONGs internacionais (os suspeitos são madeireiros e extrativistas ilegais), a imagem em questão não tem nada a ver com a operação.

Ao buscar pela origem da imagem, chegamos ao veredicto. Na realidade, a “girafa” (que não é girafa) também não é da Amazônia. A pepita de ouro de 4,121 Kg foi encontrada na Austrália em 2016 e é avaliada em US$ 190 mil. A pedra foi batizada de “Friday’s Joy”.

É importante citar que essa não é a primeira que notícias falsas relacionadas a imagens de riquezas “cobiçadas” por estrangeiros circulam por aí. Já desmentimos fake news relacionadas a pedras preciosas, barras de ouro, pérolas e esmeraldas. 

Resumindo: a história que aponta que uma pepita de ouro de mais de 4 quilos foi retirada por uma ONGs internacional e apreendida pela Polícia Federal na Amazônia é falsa. A “girafa” em questão não é brasileira, é australiana.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2H2c3Iu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet