Esmeralda de duas toneladas e meia que ia para a França é encontrada na Amazônia #boato

Boato – A Polícia Federal encontrou uma esmeralda de duas toneladas e meia. Ela estava sendo levada para a França.

Nos últimos tempos, uma prática já conhecida no mundo das fake news têm se tornado frequente: a modificação de histórias falsas para que elas voltem a circular. Hoje, vamos falar de mais uma delas.

Na semana passada, o Boatos.org desmentiu uma história que apontava que um diamante de duas toneladas havia sido encontrado na Amazônia. Não demorou muito para o diamante “virar” uma esmeralda.

Isso mesmo! Agora, mensagens acompanhadas de um vídeo apontam que uma esmeralda de duas toneladas e meia havia sido encontrada e estava sendo levada para a França. Leia a mensagem que circula online:

Versão 1: ACABEI DE VER AQUI. ACHARAM UMA ESMERALDA DE 2 TONELADAS NA AMAZONIA. PF QUE APRENDEU ESTAVA INDO PARA FRANÇA. Versão 2: Polícia Federal DESCOBRE Esmeralda com 2 toneladas e meia se preparando para viajar para frança

Esmeralda de duas toneladas e meia que ia para a França foi encontrada na Amazônia?

Novamente, muitas pessoas ficaram espantadas com a história e com as imagens do que seria a esmeralda que “iria para a França”. E por causa disso que estamos aqui para falar que a história não procede. Como parte da explicação da história do diamante vale para hoje, relembre o que foi dito.

As mensagens, por si só, já nos causam suspeitas. Isso porque elas têm algumas das principais características de boatos online: são vagas (sequer dizem o nome das ONGs, cidade onde teria ocorrido a operação etc), alarmistas, com erros de português, pedido de compartilhamento e não citam fontes confiáveis.

As suspeitas são reforçadas quando buscamos quaisquer notícias sobre uma operação da Polícia Federal contra ONGs na Amazônia ou sobre a tal pedra preciosa de duas toneladas e meia. Como era de se imaginar, nada encontramos. […]

Já deu para ver que a tese é absurda. Mas como tem muita gente que vai achar que não é suficiente, resolvemos buscar pela origem do vídeo. Com algumas buscas, descobrimos que antes de ser classificada como “diamante da Amazônia”, a pedra circulou na internet como um cristal rutilado gigante encontrado em um garimpo.

Encontrar pedras de quartzo gigantes (que precisam ser lapidadas) não é algo tão incomum. Uma busca no Google nos mostra que são encontradas em diversos lugares (só não achamos nenhum registro da Amazônia).

Resumindo: a história que aponta que uma esmeralda de duas toneladas e meia foi encontrada na Amazônia é falsa. A pedra não é uma esmeralda (nem um diamante) e não há qualquer operação da PF sobre o assunto.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)