Mulher do Rio de Janeiro que teve vídeo vazado na web tirou a própria vida #boato

Boato – Mulher do Rio de Janeiro que teve um vídeo vazado na internet tirou a própria vida após a repercussão do caso em redes sociais.

Desde 2018, o Código Penal do Brasil tem um artigo que prevê como crime a divulgação de imagens de cunho íntimo sem autorização na internet. Mesmo assim, ainda é possível encontrar na internet casos absurdos de imagens (em sua grande maioria, de mulheres) publicadas sem a anuência de quem a protagonizava.

Um dos últimos casos aconteceu no Rio de Janeiro, nos últimos dias. Não vamos entrar em detalhes sobre o caso (até porque não é nosso foco). A questão que vamos tratar é em relação a uma suposta repercussão do caso: de acordo com um site “daqueles”, a mulher que estaria no vídeo teria tirado a própria vida.

De acordo com o texto, que foi replicado por outros sites, a mulher não teria aguentado ofensas e piadas em redes sociais. A “notícia” é acompanhada de uma foto da mulher e de um edifício. Leia trechos do texto que circula online:

Mulher que aparece em vídeo vazado nas redes sociais tira a própria vida Segundo informações extra-oficiais colhidas na internet, a mulher que aparece em um vídeo com seu namorado tirou sua própria vida na tarde dessa quarta-feira (22) após o vídeo ter vazado.

A mulher sofreu com várias piadas e ofensas nas redes sociais após a repercussão do vídeo. Moradora da baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, [nome] tinha 29 anos e era bastante querida na região. Nas redes sociais, vários amigos prestaram condolências a família e lamentaram o ocorrido.

O delegado que investiga o caso alertou para que as pessoas não divulguem esse tipo de conteúdo na internet. “É importante que caso você receba esse tipo de conteúdo nas redes sociais, não passe pra frente, e se possível, denuncie quem estiver compartilhando. Pode ser engraçado pra você, que compartilha, mas pra quem sofre com uma situação dessas, pode ser a pior coisa que pode acontecer em suas vidas. Sejam conscientes.” Disse o delegado.

Mulher do Rio de Janeiro que teve vídeo vazado na web tira a própria vida?

A tal história se espalhou com muita força na internet e fez com que muitas pessoas ficassem chocadas. Mas será mesmo que a tal mulher do Rio de Janeiro não aguentou o vazamento do vídeo e tirou a própria vida? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

De cara, a mensagem nos chamou atenção. Além de ela ter algumas das principais características de boatos online (alarmista, com erros de português e sem citar fontes confiáveis), ela vem de um site que pertence a uma rede que sempre divulga fake news deste naipe (com mau-gosto imenso).

Desta rede, sempre saem notícias falsas sobre “direitos humanos que pedem prisão a quem reagiu a assalto”, “morte de quem desafiou Jesus” e outras histórias para lá de bizarras. Só isso já poderia fazer a gente encerrar o caso. Porém, resolvemos pesquisar mais um pouco.

Ao procurar pelas imagens utilizadas na notícia falsa chegamos a mais detalhes que denunciam a farsa. A foto do prédio que está sendo utilizada na fake news é, na realidade, de um caso do ano passado ocorrido na cidade de São José do Rio Preto. Na ocasião, uma senhora de 59 anos morreu após se desequilibrar enquanto limpava uma janela.

Ao procurar pela imagem da mulher que foi utilizada na matéria chegamos a diversos perfis criados com o suposto nome da carioca que teve o vídeo vazado. Em nenhum dos perfis há qualquer informação sobre a morte dela.

Resumindo: a história que aponta que a mulher do Rio de Janeiro que teve o vídeo vazado na internet morreu é falsa. A história surgiu em um site que só publica fake news e a imagem do prédio em questão nada tem a ver com a história. Em relação ao vazamento do vídeo, que se identifiquem os responsáveis e que a Justiça cuide disso penal e civilmente.

P.S.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/30ro2Jf

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)