Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Brasil > Mulher desmaia na rua e é salva por mendigo após ter sido roubada #boato

Mulher desmaia na rua e é salva por mendigo após ter sido roubada #boato

Mulher desmaia na rua e é salva por mendigo após ter sido roubada, diz boato (Foto: Reprodução/TikTok)

Boato – Mulher passa mal e desmaia na calçada, é assalta por um homem e uma mulher e mendigo foi o único a ajudar.

  Introdução

Já faz algum tempo que a falta de empatia tem causado espanto ao redor do mundo. Coisas simples, como ajudar o próximo em situações de vulnerabilidade (ao passar mal, por exemplo) ou estender a mão quando alguém precisa.

Infelizmente, presenciamos muitas situações tristes por falta de empatia. Momentos, por exemplo, onde pessoas acabam morrendo por falta de socorro. E de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, uma situação dessas quase teria ocorrido no Brasil.

Vídeo: É falso que vacina da gripe tenha "vírus do câncer"

Segundo a história, uma mulher teria sido flagrada por uma câmera de segurança passando mal e desmaiando na calçada. Ainda segundo as imagens, uma mulher e um homem teriam parado para ajudar, mas acabaram roubando a mulher que estava desmaiada no chão. De acordo com as imagens, um mendigo foi o único que parou e ajudou a mulher que estava desmaiada. Confira:

“Olha o que essas câmeras de segurança flagraram, pessoal. Vocês estão vendo essa mulher aí na rua caída? Gente, olha o que aconteceu. Essa câmera de segurança fica localizada no centro da cidade e a gente começa a perceber que ela tá vindo lá de trás, não dá pra perceber exatamente se ela tá bêbada, se ela tá drogada, se está passando simplesmente mal, mas olha o que vai acontecer, gente. Ó, ela vem cambaleando, a gente não consegue ver exatamente de onde ela veio, né?  Porque não tinha outra câmera ali, mas olha isso, gente. Ela vem vindo, se escorando, ela se escorou ali naquele carro. Olha isso. E aí, ó, a gente percebe que ela tá bem mal, mas, né, infelizmente a gente não consegue saber o porquê. Ó, aqui, ó, olha o que acontece aqui ó. A gente percebe que ela tá até vomitando, ó. E aí, ela continua ali passando muito mal. Olha isso. Ó, passou uma moça, nem percebeu nada. Tem um moço lá atrás também que também não ajudou, não perguntou nada. Ela passou por ele. Olha agora, gente, olha agora. Agora ela passa mal mesmo, parece que ela vai ficar bem. Ó, olha aí, ó. E aí, ela realmente desmaia ali. Olha o que aconteceu, gente. Ela ficou ali desmaiada um tempão.

Ó, passa carro, pessoal não para, ninguém, tá? Aí, vem uma senhora, essa senhora aí, ó. Ela apareceu e olha o que ela vai fazer, gente. Eu fiquei impressionada com essas câmeras, porque eu jamais imaginaria uma coisa dessa. Ó, essa senhora para ali. A gente, né, percebe que ela vai ajudar a moça. Ela tenta levantar a moça dali, ó. Ela tá meio desacordada, parece que ela tá passando mal. Ainda pede ali ajuda, a gente consegue perceber que ela pede ajuda, mas ó, a senhora não consegue pegar a moça. Olha o que vai acontecer agora, gente. Olha isso, ó, olha isso, gente. Olha o que que ela faz. Ela pega o relógio da moça que tá caída, coloca ali no bolso. Ó, aí passou uma outra moça ali atrás. Olha isso, tá passando uma outra moça ali atrás, nem tchum, não percebe nada, não ajuda em nada, ó. Ela começa a arrancar, gente. E a moça tá percebendo, ela não tá completamente desmaiada, tá vendo? Passou um rapaz agora de moto, observou, mas também não parou. Ó, ela tirou os dois brincos da moça, gente, e o relógio. Aí, olha o que vai acontecer agora. Ela percebe, ela tentou tirar o óculos da moça, mas aí deixou ali, parece. Ela olha pra trás e continua ali seguindo, atravessa como se nada tivesse acontecido e deixa a moça ali caída, gente. Olha isso. A moça continua ali caída. Olha o que vai acontecer, gente. Esse vídeo é muito impressionante, porque assim, a gente vê como que a humanidade tá, né? A pessoa tá ali caída, né? Ao invés de alguém ir lá socorrer, perguntar se ela tá precisando de ajuda, simplesmente passaram, tentaram ajudar e roubaram.

Ó, agora esse rapaz. Esse rapaz aí é, tá com cara de que vai ajudar ela. Ele tenta chamar ela, ela tá meio que desacordada, não sei, dá impressão que ela tá drogada, né? Pelo o que eu entendi aqui, ou ela se alcoolizou, não dá pra entender direito. Ó, olha que que ele vai fazer, gente. Olha isso. Até esse momento, eu ainda imaginei que, de repente, ele fosse ver o documento dela pra ver o nome dela, mas olha o que que ele vai fazer, gente. Ele abre a carteira, né? Pensei, vai ver o documento pra ver quem que é essa mulher. Ó, pega o dinheiro que tá dentro da carteira dela, coloca a carteira de volta e olha isso, gente. Ela ainda pede, ó, tá vendo? Ela ainda tenta segurar, mas ela tá completamente sem forças e ele sai. Olha isso, gente. Dá uma corridinha ali, atravessa e, provavelmente, deve ter ido pro outro lado pra não dar nenhuma pista. Ó, lá, ó, ele passa lá por trás, ó, disfarçando. Gente, é muito impressionante, porque a moça tá ali, né? Aparentemente, ele deve ter o que, uns 30 anos de idade? Tá com roupa normal, a gente vê que… Ó, olha, olha, gente. Agora chegou um mendigo. Ah, olha o que que ele vai fazer, gente. É muito impressionante, porque não dá mais pra confiar em ninguém. Sabe, as pessoas, elas perderam completamente o amor pelo próximo. Olha isso, gente.

Ó, ele começa ali. Ela, ela pede ajuda, porque ela só não tá conseguindo levantar. Ó, ólha o que ele vai fazer. Ó, ele levanta ela, gente. Olha isso. Ele levanta ela ali. Ela pede pra ele soltar ela, porque ela tá completamente sem forças. Mas olha isso, gente. Ela consegue sentar ali. Ó, olha isso. Ele coloca a digital dela no celular, gente. Mas olha que impressionante, pessoal. Esse rapaz aí foi a única pessoa que realmente tentou  ajudar essa moça. Ele pediu pra ela colocar a digital, porque, né, é um mendigo, aparentemente. E ele ligou pra ambulância do celular dela, gente. Ele ficou aí todo momento com ela, ligou pra ambulância, deu ajuda, foi a única pessoa que realmente não quis roubar essa moça. Você vê que ela tá ali ainda desmaiada, ele tá segurando ela, mas ele consegue chamar por ajuda, gente. Olha isso. Aí, ele coloca ela ali encostadinha. Então, assim, gente, deixe seu comentário, compartilhe esse vídeo pra que haja mais pessoas dessas no mundo”.

  Análise

A história circulou bastante em aplicativos e plataformas de vídeo, como no Instagram, no Tik Tok e no Facebook. As imagens também começaram a ser compartilhadas, sem referência, no WhatsApp.

Não é de hoje que supostas imagens de câmeras de vigilância flagram situações absurdas. A equipe do Boatos.org já desmentiu diversas delas (aqui, aqui e aqui).

Com isso, algumas perguntas surgiram, como: o caso da mulher que desmaiou e foi roubada é real? Quem gravou o vídeo? E por que desmentimos a história de mulher que desmaiou e foi roubada?

Checagem

O caso da mulher que desmaiou e foi roubada é real?

Não é. Alguns elementos que aparecem no vídeo nos deixaram com uma pulga atrás da orelha. Por exemplo, o mendigo com roupa nova e a própria câmera de vigilância, que começa a contar somente a partir do início da gravação.

Ao pesquisar um pouco mais, descobrimos que o vídeo faz parte de um canal especializado em “novelinhas”, isto é, situações simuladas que são gravadas como se fossem flagras de câmeras de vigilância. Esse tipo de conteúdo é muito famoso na América Latina e existem diversos canais no YouTube que compartilham esse tipo de vídeo.

Qual é o canal que fez o vídeo?

O canal responsável pelo vídeo é o Vida Cotidiana. Na própria biografia do canal, a página já alerta que produz vídeos de simulação de situações que costumam ocorrer na vida real.

Por que desmentimos a história da mulher que desmaiou e foi roubada?

Quem acompanha o canal, sabe que o vídeo foi encenado e não se trata de uma situação real (até porque, os atores são sempre os mesmos). Porém, o vídeo acabou sendo replicado, compartilhado e retirado de contexto. Sem nenhuma referência da origem do vídeo, muitas pessoas começaram a acreditar na história e a compartilhar as imagens como se fossem reais. Portanto, a checagem se fez necessária.

Conclusão

Fake news 👎❌

A história que diz que uma mulher desmaiou na calçada, foi assaltada por pessoas e depois salva por um mendigo é falsa! As imagens que estão circulando não foram flagradas por uma câmera de vigilância. Na realidade, o vídeo foi gravado e encenado pelo canal Vida Cotidiana. Eles costumam fazer encenações de situações que ocorrem na vida real. Além disso, o próprio vídeo entrega a encenação, como as roupas novas do mendigo e o fato da contagem da câmera de vigilância só ter começado no início da gravação.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm