Doação de cinco filhotes de cães que ficaram órfãos em Teresópolis #boato

Boato – Depois que a dona, moradora de Teresópolis morreu, cinco filhos de cães com pedigree ficaram órfãos e está disponíveis para adoção. Para falar sobre a doação, entre em contato com a Luana.

Já falamos muitas vezes aqui no Boatos.org sobre casos relacionados a falsas doações de cachorros, normalmente de raça. Na grande maioria das vezes, a história não tinha sequer lastro na realidade (as fotos eram retiradas da internet e o número pego aleatoriamente). Não é o caso (como você verão mais à frente) da história de hoje.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/39Tje3u

Confira o nosso Instagram:

Instagram

De acordo com uma mensagem que viralizou por aí, cinco cães “com pedigree” ficaram órfãos em Teresópolis (RJ) depois que a dona deles morreu. No anúncio de doação, havia o número do telefone da “Luana” e a informação de que eles têm carteirinha de vacinação pedigree e são castrados. Leia:

Olá, amigos! Estou divulgando esse pedido de adoção para essas fofuras que acabaram de ficar órfãs. A dona, daqui de Teresópolis, faleceu no início de janeiro deste ano (2020). Cada um tem carteirinha de vacinação, pedigree e são castrados. Quem está tomando conta é o porteiro e precisa tirá-los do local com urgência. Se houver interesse, favor entrar em contato com Luana [telefone]. Obrigado!

Doação de cinco filhotes de cães que ficaram órfãos em Teresópolis?

Muita gente saiu compartilhando a história por aí (afinal, os cachorros são mesmo umas fofurinhas). Mas será mesmo que a informação que aponta que os tais filhotes de cães estão disponíveis para a doação por meio da Luana é real? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Ao nos deparar com a mensagem, ficamos desconfiados. Um dos fatores para isso foi o histórico desse tipo de balela. Só para citar alguns casos desmentidos aqui, teve a história dos 14 filhotes de shih-tzu, dos cães das raças bull terrier e husky siberiano, dos 300 cachorros resgatados, dos cães do canil de golden retriever e outros.

Com todo esse histórico, fizemos duas coisas. A primeira foi procurar saber quais contatos estavam descritos na mensagem. Ao contrário da maioria das vezes (em que diversos números diferentes são espalhados por aí), vimos apenas o contato da Luana. A segunda foi ligar para a Luana, que nos explicou o que aconteceu.

A pessoa que teve o contato divulgado na mensagem apontou que não era a responsável pela doação, mas que divulgou em um grupo local no WhatsApp na última segunda-feira (06). A partir daí, o telefone dela começou a tocar e a receber muitas mensagens. Mesmo com a adoção dos animais que, de acordo com ela, foi realizada na terça-feira (07), ela continuou recebendo a mensagem. “Meu número não parou de tocar. Se vocês puderem divulgar isso, eu agradeço”, disse.

Atendendo a pedidos, estamos aqui para esclarecer a história: de fato, os cães da imagem estavam sendo doados. Mas a adoção já foi feita e a própria pessoa que teve o número divulgado nos pediu para apontar que a história é, agora, um boato.

P.S.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/39Tje3u

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)