Conselho tutelar pede que pais parem de deixar filhos com conhecidos e dá lista de dicas de segurança #boato

Boato – Em dicas de segurança, Conselho Tutelar pede que pais parem de deixar filhos com conhecidos e alerta para o abuso de menores. 

A cada 24 horas, 320 crianças e adolescentes são vítimas de abuso sexual no Brasil, segundo um levantamento da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. Na maioria das vezes, a casa é a cena do crime e os agressores são familiares, amigos, vizinhos ou conhecidos.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2M3r9Bt

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Quando o assunto é violência, qualquer orientação é bem-vinda. Foi com base nessa máxima que um alerta sobre abuso infantil viralizou nas redes sociais. O texto, atribuído ao “Conselho Tutelar”, pede que pais parem de deixar seus filhos com conhecidos e dá uma série de dicas para evitar abusos. Leia trechos do alerta:

O CONSELHO TUTELAR ADVERTE!!!!! Pare de deixar seus filhos com o noivo que mal conhece, pare de deixar com o vizinho, pare de deixar  com pessoas também que você mal conhece, porque é de graça. Alerta também com os nossos conhecidos, olho vivo!! O abuso de menores, o estupro, o sequestro, o maltrato, etc, é real e é uma ferida que nunca vai sarar. As crianças *não* devem ir para a loja/escola sozinhos. As crianças *não* devem  ficam no carro sozinhas porque você vai descer rapidinho para fazer algo. As crianças *não* devem acostumar a andar com qualquer pessoa.

As crianças *não* devem sair para jogar sem supervisão. O irmão mais velho não deve cuidar dos seus irmãozinhos. Não é sua responsabilidade. As crianças *não devem estar em um ambiente onde se consuma álcool* (mesmo que esteja tranquilo) nunca. As crianças *não devem estar perto de pessoas instáveis* ou com maus costumes. As crianças *não devem dormir fora de casa,* você não conhece as pessoas… As crianças não devem conviver com todos os amigos do pai ou da mãe, não é necessário; *nem todos são boas pessoas.*…

Conselho tutelar pede que pais parem de deixar filhos com conhecidos e dá lista de dicas de segurança?

Sem dúvidas, na hora de proteger nossas crianças, todo cuidado é pouco. Mas o alerta, apesar de válido, não é do Conselho Tutelar. Se você ainda não entendeu o porquê, continue lendo.

O primeiro motivo que nos levou a desconfiar do alerta está nas características da mensagem. É vaga, alarmista, possui erros de português e pedidos de compartilhamento. O “sujeito” até cita uma fonte confiável, mas não disse qual conselho tutelar divulgou as informações.

Em 2015, o Brasil tinha 5.956 conselhos tutelares instalados em 5.559 municípios, segundo a Secretaria de Direitos Humanos (SDH). O Conselho Tutelar é um órgão autônomo e permanente, que está presente nos municípios brasileiros, e é responsável pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente. Logo, se um conselho divulgou as informações, o alerta deveria, no mínimo, informar sua localização.

Pois bem, ao procurarmos pelo alerta em outro conselho representativo, não encontramos nada. Ao buscar pela origem do texto, matamos a charada. Assim como em tantos outros alertas, o texto surgiu anônimo e depois da fama ganhou uma instituição para obter mais credibilidade. O primeiro registro que encontramos foi publicado em agosto de 2018 com autoria desconhecida.

Resumindo: apesar do texto ter lá sua validade e importância, as dicas não vieram de nenhum conselho tutelar. Logo, não deixa de ser #boato. Vale dizer que há outros casos parecidos com esse como o do terrorismo nas Olimpíadas, quadrilha internacional roubando crianças e do desafio da maternidade.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)