Menina com barriga gigante vai ganhar R$ 1 por foto repassada no WhatsApp #boato

Boato – Compartilhem a foto da menina com a barriga gigante. Ela vai ganhar R$ 1 por cada vez que a imagem for repassada. Quem pede isso é o irmão Antônio.

Nesta semana, o Boatos.org desmentiu uma história que falava que uma garota com escoliose iria ganhar R$ 1 por cada compartilhamento de foto no WhatsApp. Pois bem. A história volta a se repetir. A única coisa que muda é a criança da imagem.

Já há algumas semanas, uma foto de uma menina com a barriga gigante circula na internet. Ela é acompanhada de um áudio que seria do “irmão Antônio”. Ele pede que as pessoas compartilhem o vídeo da garota para que o WhatsApp pague R$ 1 por vez que a filmagem for repassada e que a menina consiga os R$ 18 mil para a cirurgia. Leia a transcrição do áudio.

Meus irmãos. É o irmão Antônio. Eu recebi essa mensagem. Essa coisa trágica aqui de uma criança que estava paralisada e ela precisa de R$ 18.000 para fazer a cirurgia. A criança se não fazer a cirurgia logo ela vai perder a vida. E é R$ 1 é R$ 1 de cada um de vocês que passaram essa mensagem para frente. Não é você que vai pagar não é o zap que vai pagar. O zap vai pagar R$ 1. Eu gostaria que todos vocês colaborassem, por favor, por caridade. Vamos passar para frente aí. Gente vamos ajudar essa criança a fazer essa cirurgia, se não ela vai desencarrar. Então, vamos ajudar ela.

Menina com barriga gigante vai ganhar R$ 1 por foto repassada no WhatsApp?

A tal imagem da menina está circulando com força no WhatsApp (afinal, o povo “adora” tentar ajudar). Mas será mesmo que essa história de menina com barriga gigante que vai ganhar R$ 1 é verdadeira? A resposta é não. Como as explicações são sempre as mesmas, vamos repetir o que falamos das vezes anteriores:

Esse tipo de boato que fala que redes sociais vão ajudar crianças doentes por número de compartilhamentos já foi desmentido diversas vezes. Mais do que isso, a versão “irmão Antônio” já foi utilizada em boatos como o que pedia para compartilhar a foto de uma criança com dois pênis e do bebê com rosto cortado.

O primeiro e mais óbvio está no fato de a mensagem seguir o enredo clássico de boatos online: cheio de informações vagas, alarmista, sem datas e fontes confiáveis e pedidos de compartilhamento. Além disso, a história é mais do que manjada e já foi desmentida diversas vezes pelo Boatos.org, inclusive, em vídeo. Confira:

Como você pode ver, as redes sociais não doam por compartilhamento (seria uma sandice pensar que alguém iria calcular a doação pela quantidade de exposição que a criança teve). E mais, no caso do WhatsApp, as mensagens são criptografadas e nem mesmo os administradores do aplicativo conseguiriam contabilizar quantas vezes a imagem foi compartilhada.

Mas não é só isso: a tese dos R$ 18 mil é de outra fake news com outra imagem. Na época, a história apontava que um bebê com cirrose de Fátima do Sul ganharia R$ 1 por foto compartilhada. Por sinal, os pais da criança comentaram o episódio e, como você deve imaginar, chegamos à conclusão que não passava de #boato.

Já deu para ver que a história é falsa, mas vamos falar da história da menina. Ela é a paraense Francisca Sandy Brandão da Cruz. Em 2016, ela publicou fotos e vídeos pedindo ajuda para se tratar de uma doença que causa o aumento do baço e do fígado. Uma “bela alma” pegou as fotos e juntou com o áudio falando do pagamento por compartilhamento.

Resumindo: a história que aponta que uma menina com barriga gigante vai ganhar R$ 1 por compartilhamento de foto no WhatsApp é falsa. O caso da menina é antigo e esse tipo de pagamento não existe. Balela.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)