Hackers mundiais divulgam fraudes da urna eletrônica e democracia hackeada pelo PT #boato

Boato – Hackers dos Estados Unidos divulgam fraudes nas urnas eletrônicas brasileiras e afirmam que PT se elegeu por causa disso. 

A live do presidente Jair Bolsonaro, realizada no dia 27 de julho de 2021, que pretendia apontar falhas no processo eleitoral brasileiro, ainda está repercutindo na internet e fora dela, mesmo sem o presidente ter apresentado qualquer prova de fraude durante a transmissão.

Após a exibição do vídeo, diversos apoiadores do presidente saíram às ruas para exigir a implementação do voto impresso nas eleições de 2022. Por outro lado, as autoridades da Justiça eleitoral brasileira não gostaram nada da situação. Em nota conjunta, todos os ex-presidentes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desde 1988, o atual presidente da instituição, Luís Roberto Barroso, e os próximos presidentes do TSE assinaram um manifesto em apoio ao sistema eletrônico de votação.

Nos últimos dias, uma história antiga voltou a circular com força nas redes sociais. De acordo com ela, hackers dos Estados Unidos teriam divulgado as fraudes nas urnas eletrônicas brasileiras. Segundo o texto, que liga os hackers ao profissional de Tecnologia da Informação que trabalhou na campanha presidencial de Dilma Rousseff, o PT só chegou ao poder por causa da fraude. Ainda de acordo com a história, os hackers teriam explicado passo a passo como tudo ocorreu. Confira:

“*HACKERS MUNDIAIS DECIDEM DIVULGAR AS FRAUDES NAS ELEIÇÕES BRASILEIRAS.* PASSO A PASSO. PARA QUE NÃO FIQUE NENHUMA DÚVIDA. DETALHE: O PT SÓ CHEGOU AO PODER A PARTIR DO MOMENTO QUE IMPLANTARAM AS MALDITAS URNAS NO BRASIL. (EU NÃO TINHA PENSADO NISSO) ” … Lula, nesse evento, FiSL, foi apresentado para um dos maiores hackers do mundo, Richard Stallman. Marcelo Branco, o hacker Richard Stallman Lula e Sergio Amadeu. Esse provavelmente foi um dos primeiros contatos de Lula com os hackers, mas não sabemos, pois desde 2005 o TSE tinha contato com Stellman … ” Em 2006 Stallman falou das eleições presidenciais do Brasil em Málaga. Está no blog do Marcelo Branco. Acesse aqui. AGORA FEEEDDEEEEUUU. TUDO EXPOSTO:”.

Hackers mundiais decidem divulgar fraudes da urna eletrônica e democracia hackeada pelo PT?

A informação causou uma verdadeira revolta nas redes sociais, em especial, em grupos bolsonaristas no Facebook e incendiou ainda mais os ânimos na internet. Apesar disso, a história não passa de balela. A explicação fica por conta da falta de provas e por informações falsas que já foram desmentidas.

Não é preciso nem dizer que histórias falsas que colocam em xeque a confiabilidade do sistema eleitoral brasileiro estão pipocando na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas. A desinformação sobre o assunto tem sido tamanha que até rendeu um especial sobre o tema aqui.

Ao ler o texto indicado como fonte da história, descobrimos que a história não é bem assim. Ao contrário do que sugere a mensagem, a história não surgiu após uma “revelação de hackers”. Na realidade, o texto surgiu em uma publicação de um blog. Na oportunidade, a página fez três postagens sobre o assunto (diga-se de passagem: todas suspeitíssimas e sem nenhum lastro na realidade).

As publicações, na verdade, reúnem diversas postagens do blog pessoal do profissional de Tecnologia da Informação Marcelo Branco, que coordenou a campanha presidencial de Dilma Rousseff, em 2010. Além disso, as publicações também reúnem diversas informações com opiniões pessoais da pessoa que escreveu o texto.

Além disso, a história dos hackers e do trabalho realizado por meio do software livre Linux foi desmentida em 2014, aqui no Boatos.org. Na ocasião, a partir de informações de sites de tecnologia, explicamos que a migração do sistema Windows CE para o Linux não viola a segurança das urnas. O site TechTudo, inclusive, publicou um artigo explicando como funciona o sistema das urnas eletrônicas, que utilizam o software Linux. Na oportunidade, também destacamos que a história surgiu em páginas que publicaram outras acusações sem provas contra o PT.

Em 2014, o site Meio Bit publicou um texto desvendando todas as acusações falsas presentes na história. Já no título, a equipe do site classificou a história como teoria da conspiração “de alguém que assistiu muito Scooby Doo”.

Vale ressaltar que Kevin Mitnick, um dos hackers citados na história, foi preso em 1995, após ser investigado pelo FBI e pela NSA, e liberado em 2000, com a condição de se manter longe de computadores e celulares por três anos. Após o fim da sentença, ele começou a se dedicar à segurança digital contra os hackers. Hoje, ele trabalha para uma companhia que melhora a proteção de dados de outras empresas e critica os hackers da atualidade que, segundo ele, “deixaram de agir pela curiosidade e, hoje, só pensariam em dinheiro”. Depois de passar anos preso, perseguido pelas maiores instituições de segurança dos EUA e se reerguido, alguém acha que ele se arriscaria novamente no mundo do crime, sabendo que poderia ser identificado? Além disso, o próprio Mitnick afirmou que fazia tudo pela curiosidade de entender o funcionamento dos sistemas, não por dinheiro ou algo em troca (a eleição de alguém, por exemplo).

Vela apontar que, apesar da publicação, que foi feita em 2010, não existem provas de que houve algum tipo de fraude nas urnas eletrônicas. O próprio Tribunal Superior Eleitoral (TSE) relatou que as urnas eletrônicas nunca foram fraudadas. A instituição afirma que os equipamentos passam por testes públicos de segurança e também são auditáveis.

Em resumo: a história que diz que hackers estadunidenses teriam decidido divulgar fraudes nas urnas eletrônicas e como ajudaram o PT a ser eleito é falsa! A história é velha, começou a ser divulgada em 2010 e não tem nada a ver com o conteúdo do texto usado como fonte. Os hackers não divulgaram nada. Não existe nenhuma revelação por parte deles, apenas achismos em um texto de opinião. Se isso não bastasse, as informações utilizadas na publicação já foram desmentidas pelo Boatos.org e por sites de tecnologia, em 2014. Ou seja, a história não passa de balela.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso