Hackers fazem ligação do seu próprio número de celular para clonar o seu telefone #boato

Boato – Hackers estão fazendo ligações do seu próprio número de celular para clonar o seu telefone. Em 10 segundos, eles conseguem baixar todos os dados do seu aparelho. Cuidado!

Para os golpistas, não há limites para a criatividade quando a ideia é pensar em novas formas de enganar as suas vítimas. E, de acordo com um texto que circula online, uma das “estratégias” dos criminosos que estão pegando muita gente no conto do Vigário é a fraude de telefonia móvel.

Recentemente, de acordo com uma publicação que começou a circular nas redes sociais, o alerta é de que hackers estariam fazendo ligações do próprio número de celular das suas vítimas para clonar os seus telefones e roubar dados, como contas, senhas e contatos.

Eles, supostamente, conseguem baixar todas as informações do aparelho em apenas 10 segundos de ligação. Por isso, a publicação alerta para que todos tenham cuidado e não atendam às ligações que forem do próprio número. Confira o texto original da publicação que está rodando online:

Pessoal novo golpe perigoso: Recebi alguns telefonemas hoje do meu próprio número, isso mesmo, meu celular ligando para o meu celular. Acabei de ligar para a vivo e a atendente disse que é o novo golpe: fraudadores clonam seu número e ligam para vc, na curiosidade vc acaba atendendo, e em questão de menos de 10 segundos eles conseguem baixar dados importantes do seu celular, como contas, senhas, e contatos.

É muito importante não atender o seu próprio número, e , se isso acontecer, desligue o aparelho e entre em contato com a operadora. Se vc atender eles passam a vigiar tudo o que vc faz, rastreando seus passos, e depois usam isso contra vc, clonando documentos, entrando em contas bancárias e fazendo pedidos de resgate ( sequestro eletrônico) Parece que é a nova moda, portanto, não atendam. Abs *Repassando*

Hackers fazem ligação do seu próprio número de celular para clonar o seu telefone?

Sem dúvidas, cada alerta de novo golpe deixou as pessoas assustadas com a possibilidade de criminosos roubarem os seus dados ou rastrearem os seus passos na internet. Mas será mesmo que os hackers estão fazendo ligações do próprio celular das vítimas para clonar os seus telefones? A resposta é não! E, apesar de parecer algo muito possível, nós temos alguns fatos que provam que essa história não passa de um boato.

Em primeiro lugar, a mensagem da publicação que está espalhando o alerta carrega o pacote completo de características das fake news: é vaga (não fala quando, onde ou com quem aconteceu o tal golpe), alarmista (tem o intuito de assustar os internautas), possui vários erros de português, tem pedido de compartilhamento e não cita fontes confiáveis que possam dar credibilidade ao que está sendo dito.

Em segundo lugar, não é de hoje que surgem nas redes sociais boatos sobre “grandes golpes” em celulares. Aqui mesmo no Boatos.org, nós já desmentimos alguns deles, tais como aquele caso que falava que ligações com códigos 375, 371 e 381 estão roubando dados de celular; do alerta para não baixar o WhatsApp Plus e não atender ao número de celular (84) 91316949; e outro bem parecida que pedia para não atender ligações do número (11) 3770-4110.

Além disso, fomos buscar pelo suposto alerta da Vivo sobre o golpe ou notícias em fontes confiáveis falando que celulares que recebem ligações do próprio número são clonados e nada encontramos. O mais próximo disso que conseguimos achar foi a falha em sistemas de telefones que resultou na clonagem de contas dos usuários do Telegram.

De acordo com as investigações da Polícia Federal, os hackers teriam aproveitado uma vulnerabilidade do serviço de mensagens para invadir a conta de autoridades, incluindo o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e o presidente da República, Jair Bolsonaro. O golpe foi possível porque as operadoras davam acesso direto à caixa postal quando a pessoa ligava para ela mesma. Era só colocar a senha do serviço e acessar todas as mensagens no aplicativo.

No entanto, depois do episódio, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) decidiu criar mecanismos para proibir ligações para o próprio número de celular e evitar esse tipo de golpe. Desde julho deste ano,foi determinado que as operadoras de telefonia corrigissem a “falha” na rede que permitiu a invasão dos celulares. Portanto, não é mais possível fazer ligações para o próprio número de telefone.

Fora essa brecha que os criminosos usavam a caixa postal para acessar o Telegram, não encontramos outra que poderia justificar o suposto golpe do nosso caso de hoje, muito menos relatada pela Vivo.

Além disso, nem toda ligação do próprio número, agora bloqueada, significava uma tentativa de hackeamento. Na maioria dos casos, se tratava de telemarketing ou um “erro de rede”, às vezes, proposital, que funcionava como um padrão entre operadoras, muito utilizado também em outros países.

Inclusive, existe uma explicação bem técnica para isso. Acontece que o número que aparece no celular quando recebe uma chamada tem origem na central onde a chamada foi iniciada. Ele vai passando de central em central, até chegar ao seu celular. Se o número que está te ligando constar na sua agenda, o nome da pessoa aparece. Simples assim!

O problema é que sempre houve casos em que esse processo não funcionava corretamente. Quando havia um problema na identificação do número de quem está ligando, a central que administra o seu número de celular podia optar por mostrar o seu próprio número. É o que acontecia tempos atrás também em viagens ao exterior, por exemplo.

As chamadas recebidas sempre mostravam o próprio número de quem as atendia, por causa das limitações na troca de informações das centrais das operadoras do Brasil com as operadoras de outros países. Hoje em dia, isso é mais difícil acontecer.

Por fim, após o alerta do suposto golpe, não encontramos nenhum caso de pessoas que tenham tido o celular “clonado” após receber ligação do próprio número. De fato, o caso da invasão de contas do Telegram foi o mais próximo de toda essa história de golpe.

Resumindo: O alerta de que hackers estariam fazendo ligações do próprio número de celular das suas vítimas para clonar os seus telefones não é verdadeiro. Além de ligações do próprio número estarem bloqueadas pela Anatel, nem sempre esse tipo de chamada significava uma invasão de dados. Às vezes, era um erro de rede ou até mesmo telemarketing.

Atualizado em 14 de fevereiro de 2020: depois que a história voltou a circular na internet, entramos em contato com a Anatel para verificar a veracidade da informação. De acordo com a Agência Nacional da Telecomunicações, ainda não temos notícias de mecanismos que permitam uma ligação roubar dados de telefones. Leia nota: 

Há um mecanismo denominado spoofing que viabiliza uma pessoa (origem) discar para outra (destino) mascarando o número de origem com outro número sob sua escolha. No caso citado na demanda em tela, o hacker está mascarando o número de origem com o mesmo número do destino.

Esse mecanismo pode ser utilizado por criminosos para golpes/fraudes. Até o presente momento, não se tem notícia que uma simples conexão telefônica viabilize ao originador acessar os dados pessoais do usuário. Contudo, é possível que os golpistas, através de engenharia social, enganem o receptor da ligação de alguma forma para que, por exemplo, informe ou digite voluntariamente/enganado suas informações pessoais.

A Agência tem conhecimento do assunto e está adotando as providências possíveis ao setor de telecomunicações. Dentre as ações, cita-se a campanha #ConexãoSegura https://www.anatel.gov.br/consumidor/component/content/article/109-manchetes/960-conexaosegura-confira-dicas-para-proteger-dados-pessoais que destaca a importância do cuidado com senhas.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2sBNWx4
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)