Vacinados não poderão viajar de avião #boato

Boato – Pessoas que foram vacinadas serão proibidas de viajar de avião. Isso ocorrerá por causa do risco de coágulos durante voos por causa das vacinas de mRNA.

Para quem tem memória curta, precisamos relembrar algumas coisas. Houve um tempo na pandemia em que muitas pessoas (inclusive ligadas ao governo brasileiro) condenaram a vacinação. A tese de algumas dessas pessoas era de que a vacina poderia causar efeitos colaterais graves e que seria melhor “pegar a Covid-19” e depois tomar remédios (que acabaram se mostrando não-eficazes).

O tempo está nos mostrando que essas pessoas estavam erradas. Ao vacinar em massa, países como os Estados Unidos, Israel e Reino Unido já começam a ver os efeitos diante o número de casos e, principalmente, mortes. Mesmo assim, ainda existem negacionistas que insistem que a “pior escolha” é se vacinar.

Neste sentido, está circulando na internet um texto (traduzido automaticamente de outros idiomas) que aponta que as pessoas que se vacinaram não poderão mais viajar de avião. O motivo seriam os coágulos formados por, de acordo com as mensagens, “vacinas experimentais mRNA”. Confira trechos do texto:

E agora? Isso é só o começo dos problemas. Vacinados serão proibidos de voar. Aquele ditado que o apressado come cru, cai bem agora! Aguardando os próximos capítulos. Vacinas! Você tomou a vacina? Então nã há mais voos para você! Vacinação! Má sorte para os vacinados. Você tomou a vacina? – Então você não poderá mais voar. As companhias aéreas vem trabalhando muito com os governos e a equipe internacional de coronadição. para promover o passe de vacinação com o slogan ‘no jab, no fly’. E funcionou, porque os ansiosos, crédulos e virtuosos cidadãos foram rápidos em se permitirem ser usados ​​como cobaias, “apenas para poder voar nas férias”.

No momento, as companhias aéreas estão alertando aos clientes vacinados, sobre o alto risco de coágulos sanguíneos por meio do mRNA experimental. Há anos, que as pessoas com risco aumentado de coágulos sanguíneos, só podem voar sob supervisão estrita. Recomenda-se que essas pessoas não voem tanto quanto possível, pois esta é uma situação de risco de vida. A partir de uma determinada altitude de vôo, há um risco aumentado de complicações, derrame, trombose ou ataque cardíaco, se você for sensível a isso. Agora temos informações que confirmam que qualquer pessoa que receber a vacina (não importa a marca), tem problemas de entupimento e sangramento, como uma das principais reações da vacina.

Todas essas reações são semelhantes às restrições existentes nesta área. As companhias aéreas estão agora discutindo sua responsabilidade e o que fazer com os vacinados, já que não podem voar porque é um risco para a saúde. Essas discussões estão apenas começando, mas parece que nem todos os que foram vacinados podem voar. Os não vacinados, por outro lado, podem embarcar em paz. As companhias aéreas sentem-se bastante incomodadas com esta nova condição. Com isso, seu mercado de voos de negócios e lazer está encolhendo consideravelmente.

Essa grande perda (após o desastre que bloqueio causou), foi causada por outra pessoa. Essa pessoa também é responsável pela violação dos direitos humanos, a violação do Código de Nuremberg e a destruição da economia. Se as companhias aéreas querem sobreviver, devem processar aqueles que as impuseram. Isso significa nomear indivíduos e organizações e torná-los responsáveis ​​pelos enormes danos que suas ações causaram e ainda estão por causar.

Vacinados serão proibidos de viajar de avião?

É incrível como existem pessoas com dificuldades de admitir que estão erradas. Pior do que isso, elas insistem em compartilhar informações falsas para tentar justificar o seu posicionamento. E o fato é que não é verdade que companhias aéreas vão proibir voos para vacinados.

Como falamos lá no início do texto, a mensagem em português surgiu de artigos em outro idiomas. Ao buscar pela fonte da informação, descobrimos que se trata de um site (que não iremos colocar o link aqui) ligado ao movimento antivacinas. Outras informações falsas (como a de que o sangue de vacinados não seria aceito em doações) saíram de lá.

Ao buscar pelo assunto em fontes confiáveis, logo encontramos um desmentido. Na Austrália, a história foi desmentida pelo site da rede ABC. Na matéria, companhias aéreas australianas classificaram a mensagem como fake news. Vale apontar que, ao buscar qualquer recomendação contrária a viagens para vacinados, nada encontramos em fontes confiáveis ou oficiais.

O que há é o contrário disso: existem movimentos para a criação de um passaporte de vacinação em países da União Europeia. Com isso, quem estiver vacinado não precisará se submeter a testes de Covid-19 antes de viajar. Ou seja: no futuro, se vacinar diminuirá a burocracia para viagens e não o contrário.

Resumindo: a história que aponta que vacinados não poderão viajar de avião é falsa. A mensagem não passa de mais uma fake news “enlatada” que surgiu em sites antivacinas que, infelizmente, têm mais compromisso com a sua ideologia do que com a verdade.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3aIzl5T
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3w3sv3d
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3wa3LY1

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet