Vacinados devem ser isolados de não-vacinados sob risco de os infectar #boato

Boato – Os vacinados contra a Covid-19 devem ser isolados porque são perigosos. São uma ameaça para não-vacinados porque podem os infectar.

Vamos ser sinceros. O movimento antivacina, que configurou uma grande ameaça às campanhas de imunização, está completamente enfraquecido (graças ao trabalho de veículos de mídia como o Boatos.org e pelo resultado prático da imunização). Tanto que as teses apresentadas por pessoas que negam a eficácia das vacinas estão, por assim dizer, cada vez mais malucas.

A última que está circulando por aí aponta para uma sugestão: que as pessoas vacinadas (que seriam “muito perigosas”) seriam isoladas das pessoas não-vacinadas (que estariam sofrendo um grande risco por causa de quem se vacinou.

O motivo, que está em um texto publicado em um site negacionista em inglês, seria que os vacinados estariam transmitindo uma mutação “mais forte” da Covid-19. A mensagem que circula em redes sociais é “VACINADOS DEVEM SER ISOLADOS E AFASTADOS DOS NÃO VACINADOS SOB RISCO DE INFECTA-LOS”.

Vacinados devem ser isolados de não-vacinados sob risco de os infectar?

Não são poucos os erros da mensagem em questão. Além do mais óbvio (o caráter sanitário), há também erros em relação a conceitos do que deveríamos fazer como sociedade. Vamos começar com o “segundo tipo de erro”.

Como “completamente vacinado”, posso dizer que não seria má ideia isolar pessoas vacinadas de não-vacinadas em algumas ocasiões. Neste sentido, a solução seria algo que é, inclusive, abominado por quem defende esta tese maluca: o passaporte da vacina. A partir do momento em que eventos fossem abertos apenas para quem está vacinado, quem não se vacinou “estaria seguro” em casa (quem sabe até lendo teorias da conspiração por aí).

O “único problema” do texto é apontar que o “motivo da separação” seria “vacinados serem um perigo para não-vacinados”. Na realidade, quem está ameaçando o combate à Covid-19 é justamente as pessoas que não querem se vacinar. Um exemplo disso é a situação da Alemanha.

O país está enfrentando o que se chama de uma quarta onda de infecções de Covid-19. Na quarta-feira (10 de novembro de 2021), o país chegou a ter mais de 50 mil infecções. Porém, há dois dados que mostram que as vacinas não são “parte do problema” (pelo contrário).

O primeiro é no número de mortes. Enquanto o país passa pela maior média móvel de casos desde o início da pandemia (cerca de 35 mil infecções novas por dia), a média de mortes diárias é de cerca de 150 (letalidade de 0,42%). Em 9 de janeiro deste ano (período em que não havia vacinação em massa), o país teve média de 22 mil casos e 850 mortes (letalidade de 3,86%). Ou seja, as vacinas fazem o que foi proposto: reduzem casos graves e mortes.

O segundo está em matérias como essa da BBC. Os casos graves da doença têm ocorrido com pessoas que não se vacinaram (ou seja, em pessoas que acreditam neste discurso sem pé nem cabeça). Ou seja: ao contrário do que sugere a notícia falsa, o problema não está em quem não se vacinou.

Vale apontar que esta tese que aponta que vacinados “são uma bomba de infecções” é falsa (na realidade, quem se vacinou tem, inclusive, menos chance de transmitir a Covid-19) e já teve uma versão falsa muito parecida desmentida pelo Boatos.org.

Resumindo: seria ótimo que não-vacinados resolvessem se isolar das pessoas vacinadas (o que na prática não ocorre), mas o motivo apresentado pela mensagem é falso. Vacinados não “são bombas de infecção” e nem a ameaça à sociedade. Não podemos falar o mesmo de quem não quer se vacinar contra a Covid-19.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet