Unimed vai ser vendida para a China em um grande plano comunista #boato

Boato – Depois da Globo e a da Band, chegou a vez da Unimed ser vendida para a China. Chineses comunistas continuam plano de comprar o Brasil.

Em 2020, na “primeira fase da pandemia”, um dos tipos de boatos mais recorrentes que circulavam na internet apontavam que o coronavírus seria um grande plano de dominação da China. No meio deste quadro, desmentimos diversas informações falsas sobre a China estar “dominando o Brasil” e comprando diversas empresas.

Esse tipo de boato esfriou (muito provavelmente porque a China deixou de ser o “inimigo preferido” de quem espalha fake news) em 2021, mas nos últimos dias tivemos, por assim dizer, um “lampejo” deste tipo de fake news.

Começou a circular na internet uma mensagem que apontava que a Unimed estaria sendo vendida para a China. A prova disso seria um vídeo de um homem anunciando o rumor da venda da Unimed em Mato Grosso. Apesar de o vídeo (que não será exibido aqui) falar apenas da regional de Cuiabá, mensagens destacavam que a compra se espalharia para todo Brasil. Confira uma das mensagens que circula online:

DEPOIS DA REDE GLOBO E DA BAND CHEGOU A VEZ DA UNIMED VENDER A ALMA PARA O DIABO… A UNIMED começa o processo de entrega dos seus patrimônios para os chineses. Ela vai dizer que não é nada disso, que é um negócio isolado, porém o plano do comunismo é ganhar aos poucos as riquezas do Brasil …

Unimed vai ser vendida para a China em um grande plano comunista?

Só por citar o nome da China e “matar a saudade” daqueles que adoram “denunciar um plano comunista”, a mensagem circulou com muita força em redes sociais. Porém, não é verdade que a Unimed vai ser vendida para a China. A informação é falsa em âmbito nacional e em âmbito regional.

A mensagem que fala sobre a Unimed nacional, além de ter características de boatos como ser alarmista, com erros de grafia e falta de citação confiáveis, reverbera outros dois boatos que já foram desmentidos por aqui: 1) De que a China comprou a Globo. 2) De que a China comprou a Band. Além de desmentir em texto, a história foi desmentida em vídeo. Confira:

Ao procurar por qualquer informação sobre “venda da Unimed” nacional para a China, nada encontramos a respeito do assunto. O mesmo não pode ser dito em relação ao boato da venda da Unimed de Mato Grosso ou da Unimed Cuiabá.

Quando a história começou a se espalhar regionalmente, ela foi desmentida pela cooperativa de plano de saúde. Ao site Repórter MT, a empresa esclareceu que não há qualquer informação relativa a venda da empresa para grupos chineses. Veja trecho do que foi escrito pela assessoria de imprensa da empresa:

A UNIMED CUIABÁ COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO esclarece que é inverídica a informação de que estaria sendo adquirida por um grupo chinês, conforme noticiado ontem por alguns veículos online. […] A Unimed Cuiabá acrescenta ainda que é pautada pela ética, transparência e se opõe veementemente a notícias falsas.

Resumindo: a história que aponta que a Unimed vai ser vendida para a China é falsa. A história foi desmentida em âmbito regional e, em âmbito nacional, nada há sobre informação qualquer transação envolvendo a empresa, chineses e um “plano de dominação comunista”.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3w3sv3d
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet