Teste de anticorpos feito por engenheiro após se vacinar prova que Coronavac não imuniza #boato

Boato – Teste sorológico de anticorpos feito por engenheiro comprova que a vacina Coronavac não gerou imunidade contra a Covid-19 após duas doses. 

A vacinação contra a Covid-19 no Brasil segue andando a passos lentos. No total, mais de 18% da população brasileira já recebeu a primeira dose da vacina contra a doença. Entretanto, apenas metade desse número, pouco mais de 9% dos brasileiros, receberam as duas doses do imunizante.

Em meio à situação, diversas fake news sobre as vacinas seguem pipocando nas redes sociais e causando confusão. E de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, a vacina Coronavac não estaria gerando imunidade em todas as pessoas. Segundo um áudio que está sendo compartilhado, um homem e uma mulher teriam tomado duas doses da vacina Coronavac.

De acordo com o homem, após 35 dias depois de tomar as doses, ele e a esposa fizeram um teste sorológico para identificar se o imunizante teria gerado imunidade. Entretanto, o teste teria dado negativo. Ele ainda afirma que, com o resultado, não deixará de seguir todas as medidas de proteção contra a Covid-19. Confira:

“PESSOAL ESTE SENHOR ENGENHEIRO E SUA  ESPOSA TOMARAM AS 2 DOSES DA VACINA CORONAVAC, E APÓS 35 DIAS FIZERAM EXAMES NO LABORATÓRIO FLEURY. PARA SABER SE TINHAM ADQUIRIDO IMUNIDADE CONTRA O VÍRUS. AO FINAL DO ÁUDIO ELE FALA O NOME DELE E DA  ESPOSA. OUÇAM COM ATENÇÃO A MENSAGEM…”.

Teste feito por engenheiro após se vacinar prova que Coronavac não imuniza?

A informação caiu como uma bomba nas redes sociais, em especial, no WhatsApp e se tornou um prato cheio para os negacionistas de plantão. Apesar disso, a história não passa de balela. A explicação fica por conta da interpretação equivocada do teste e pelo simples fato dele não ser específico para esse fim.

Desde 2020, histórias falsas sobre as vacinas contra a Covid-19 têm inundado a internet, especialmente sobre a Coronavac. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que um relatório teria apontado que a vacina Coronavac não conseguiria controlar a pandemia no Brasil. Também a que indicava que o município de Serrana (SP) teria aumentado o número de mortes por causa da aplicação em massa da Coronavac e, por fim, a que apontava que a eficácia global da Coronavac estaria abaixo da recomendada pela Anvisa.

Resolvemos, então, buscar por mais informações sobre o assunto e descobrimos que o relato até pode ser real. Porém, isso não significa que o resultado negativo do teste sorológico de anticorpos comprove que a vacina não tenha imunizado as duas pessoas.

Isso ocorre porque o teste sorológico de anticorpos não é o exame mais adequado para esse fim. De acordo com a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIM), não se sabe qual é o nível de anticorpos necessários para prevenir a Covid-19. Dessa forma, um resultado positivo não significa, necessariamente, que a pessoa esteja protegida. Já um resultado negativo pode apenas significar uma baixa sensibilidade do exame (o famoso falso negativo).

Se isso não bastasse, as vacinas contra a Covid-19 têm como alvo a produção de anticorpos contra a proteína S (de spike). Enquanto isso, grande parte dos exames sorológicos de farmácia foram desenvolvidos apenas para identificar a proteína N (do nucleocapsídeo). Vale ressaltar que essa informação nem sempre consta no laudo do resultado final, levando a interpretações equivocadas por parte dos pacientes.

De acordo com o médico Carlos Eduardo dos Santos Ferreira, presidente da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML), existem testes sorológicos que conseguem identificar se o organismo está produzindo anticorpos contra a proteína S. Entretanto, ele destaca que esse tipo de exame só pode ser feito mediante uma solicitação médica e não está disponível por planos de saúde e muito menos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Se isso não fosse suficiente, os testes sorológicos de anticorpos realizados em farmácias e laboratórios medem apenas uma parte da resposta imunológica do organismo. A ação imunológica gerada pela aplicação da vacina é muito mais complexa. Seria como observar uma imagem através de uma peneira: você conseguiria ver alguns pontos, mas diversos outros estariam tapados.

Além disso, muitos estudos mostram que a vacina Coronavac tem apresentado uma eficácia maior no mundo real do que nos estudos apresentados durante a pré-aprovação do imunizante. De acordo com uma pesquisa realizada na Indonésia, a vacina Coronavac conseguiu reduzir em 98% o risco de mortes, 96% o risco de hospitalizações e 94% o risco de desenvolvimento de casos leves.

Por fim, apesar da interpretação feita do áudio estar equivocada, o conselho deixado pelo homem que gravou é válido. Mesmo quando uma pessoa se vacina, ela deve continuar seguindo todas as medidas de proteção contra a Covid-19 até que a doença esteja controlada. Isso porque, apesar de uma parcela estar vacinada, a maior parte da população segue sem ter acesso ao imunizante. E, como sabemos, pessoas vacinadas podem transmitir a doença.

Em resumo: a história que diz que teste sorológico feito por casal comprovou que a vacina Coronavac não gera imunidade é falsa! O relato pode ser real, mas a interpretação é completamente equivocada. De acordo com órgãos da saúde, esse tipo de teste não é indicado para a comprovação de eficácia de vacinas. Esses testes não conseguem dimensionar por completo a ação imunológica desencadeada pelas vacinas.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3aIzl5T
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3w3sv3d
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3wa3LY1