Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > Tailândia vai parar de aplicar vacina da Pfizer após princesa Bajrakitiyabha passar mal #boato

Tailândia vai parar de aplicar vacina da Pfizer após princesa Bajrakitiyabha passar mal #boato

Tailândia vai parar de aplicar vacina da Pfizer após princesa Bajrakitiyabha passar mal, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – A Tailândia vai ser o primeiro país do mundo a cancelar a vacina contra a Covid-19 da Pfizer. Isso ocorreu porque a princesa Bajrakitiyabha passar mal por efeitos colaterais.

Por incrível que pareça, estamos percebendo um aumento no compartilhamento de informações falsas sobre as vacinas contra a Covid-19. A intenção é clara: boicotar a nova campanha de vacinação que começará em fevereiro de 2023 com o imunizante bivalente da Pfizer . Neste sentido, uma história sobre a Tailândia está circulando na internet.

De acordo com as mensagens, a Tailândia resolveu cancelar o contrato com a vacina da Pfizer contra a Covid-19. O motivo seria os efeitos colaterais sofridos pela princesa Bajrakitiyabha após se vacinar. A fonte seria um professor tailandês. Leia:

*A Tailândia se tornará o primeiro país do mundo a declarar seus contratos com a Pfizer nulos e sem efeito A Família Real na Tailândia foi diretamente afetada pelas injeções de covid da Pfizer, que supostamente prejudicaram a filha do rei, a princesa Bajrakitiyabha.*

Um porta-voz do governo tailandês disse ao professor Sucharit Bhakdi esta semana que seu país pode em breve se tornar o primeiro no mundo em acabar e anular seus contratos com a gigante farmacêutica Pfizer. Segundo Bhakdi, o porta-voz disse, em referência às “vacinas” experimentais contra a covid da empresa, que “vamos fazer com que a Tailândia seja o primeiro país do mundo a declarar nulo este contrato (com a Pfizer).*’Covid é uma arma biológica globalista’ projetada para ‘despovoar lentamente o mundo’*

Vídeo: é falso que chá de mamão cure a dengue hemorrágica

Somos informados de que a Família Real na Tailândia foi diretamente afetada pelas injeções de covid da Pfizer, que supostamente prejudicaram a filha do rei, a princesa Bajrakitiyabha. Por conta disso, as autoridades tailandesas estão trabalhando para encerrar o relacionamento do país com a Pfizer. Dra. Naomi Wolf: *’Covid é uma arma biológica globalista’ projetada para ‘despovoar lentamente o mundo’*

Tailândia vai parar de aplicar a vacina da Pfizer após princesa Bajrakitiyabha passar mal?

Não demorou para a história se espalhar na internet entre pessoas que são contrárias à vacinação contra a Covid-19. Só tem um detalhe: a história que aponta que a Tailândia cancelou o contrato com a Pfizer e que a princesa Bajrakitiyabha passou mal por conta das vacinas é falsa.

O primeiro grande gargalo da história está nas fontes da informação. No Brasil, a história viralizou em um site que sempre compartilha fake news importadas sobre a vacina contra a Covid-19. De lá, por exemplo, saíram fake news que relacionavam a vacina com a aids.

O site do Brasil (assim como no caso citado), copiou a notícia de um site estrangeiro que também sempre compartilha fake news sobre vacinas e coisas relacionadas à direita radical dos EUA. A Wikipedia classifica o site como de conspiração antivacinas e fake news.

Para piorar, o cidadão que disse que a Tailândia iria parar de vacinar as pessoas não era ninguém do governo. Tratava-se de uma pessoa também conhecida como fonte de desinformação sobre a pandemia. Ou seja: as fontes não eram nada confiáveis.

Resolvemos buscar pelo tema e descobrimos que o governo não fez qualquer declaração a respeito do cancelamento da vacinação com a Pfizer. Há, inclusive, um desmentido do site Techarp sobre o assunto.

O site também apontou que não há qualquer declaração de que algum representante do governo disse que iria cancelar os contratos com a Pfizer. Para piorar, foi apontado que os vídeos que seriam a prova (os da fonte duvidosa) foram retirados de contexto. A página apontou também que a vacina da Pfizer é uma das menos aplicada no país (está atrás da vacina da Sinovac, AstraZeneca e da Sinopharm).

Sobre a princesa Bajrakitiyabha. É fato que ela passou mal em dezembro de 2022. Porém, não é verdade que isso tenha a ver com a vacina. Para começar, não se sabe qual imunizante contra Covid-19 ela tomou (se é que tomou). Além, disso o boletim médico aponta que a causa do ataque cardíaco foi uma infecção por Mycoplasma. Essa desinformação também foi desmentida por alguns sites de checagem e da mídia.

Resumindo: é falsa a história que aponta que o governo da Tailândia resolveu cancelar a vacinação com a Pfizer no país após a princesa Bajrakitiyabha passar mal por conta dos imunizantes. Não há qualquer informação sobre isso e o motivo da doença da princesa não foi a vacina.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/40erlBS
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso