Rio terá campanha de vacinação contra a poliomelite e sarampo de 6 a 31 de agosto #boato

Boato – O Rio de Janeiro está organizando uma campanha de vacinação contra a poliomelite e o sarampo entre os dias 6 e 31 de agosto de 2019. Todos os adultos devem se vacinar.

Uma das piores consequências das notícias falsas na internet está, na minha modesta opinião, relacionada com as campanhas de vacinação. Empiricamente, é possível verificar que o fluxo de “corrida” ou “rejeição” aos postos de saúde está diretamente relacionada ao que se fala na internet. A prova disso está na volta de doenças como o sarampo e o movimento antivacinas. Só que nem sempre os boatos sobre vacinas são de rejeição à imunização. É o caso de hoje.

De acordo com uma mensagem que está viralizando em redes sociais e, principalmente, no WhatsApp, o estado do Rio de Janeiro começou uma campanha de imunização contra o sarampo e a poliomelite. O período, de acordo com uma imagem que circula online, seria de 6 a 31 de agosto. Mais do que isso: de acordo com a mensagem, todos os adultos devem tomar a vacina mesmo já tendo tomado anteriormente. Leia a mensagem que circula online e o conteúdo da imagem:

Vacinação contra a POLIOMIELITE E SARAMPO. Dia D – 18 de agosto. 06 a 31 de agosto. Isso é sério! Todos os adultos com menos de 50 anos precisam tomar reforço da vacina contra sarampo: 30 a 49 anos – 1 dose Menores de 30 anos -2 doses Não é brincadeira, sarampo mata. Vamos conscientizar a população

Rio terá campanha de vacinação contra a poliomelite e sarampo de 6 a 31 de agosto?

Muita gente saiu compartilhando a informação na internet. Estaria tudo bem (afinal, sempre é bom divulgar a importância da vacinação) se não fosse um detalhe: a campanha de vacinação apresentada não existe e as orientações sobre a vacinação estão, no mínimo, imprecisas. Vamos aos fatos.

É importante, antes de tudo, citar que a mensagem que circula online tem algumas das principais características de boatos online: é vaga, alarmista, com erros de português, pedido de compartilhamento e sem citar fontes confiáveis. Só isso já seria motivo para realizarmos uma segunda busca sobre o assunto.

Ao buscar sobre a tal campanha, descobrimos que as datas de 6 a 31 de agosto são referentes à campanha de vacinação do ano passado. Neste ano, não há campanhas a nível nacional previstas para essa data. Ao verificar a situação do Rio de Janeiro, descobrimos que a informação de vacinação contra o sarampo e a poliomelite foi, inclusive, desmentida pelas autoridades locais. Leia publicação da Secretaria de Imunizações do Rio de Janeiro.

AVISO SOBRE FAKE NEWS (post): no ESTADO DO RJ não temos campanha de vacinação contra sarampo, até o momento, para população geral. A estratégia se mantém na ROTINA dos postos, com atualização do esquema vacinal para quem não é vacinado. Quem já teve sarampo ou já é vacinado com Tríplice viral, NÃO TEM DOSE ADICIONAL. Coord de Imunizações

Vale dizer que, além da informação de campanha de vacinação no Rio de Janeiro, é errado dizer que todos adultos até 50 anos devem se vacinar. Essa informação já foi esclarecida pelo Boatos.org no ano passado. Relembre o que escrevemos:

É importante que todas as pessoas de até 29 anos de idade tenham tomado duas doses da vacina contra o sarampo. Também é fato que pessoas de 30 a 49 anos tenham tomado uma dose da vacina. Agora, se a pessoa já tomou a tríplice viral SCR (que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola) na infância não precisa tomar novamente.

Fontes confiáveis da mídia também endossam a informação de que as pessoas que já tomaram a vacina não precisam se vacinar: “Caso tenha recebido a primeira dose da tríplice viral aos 12 meses e, aos 15 meses, o reforço com a vacina da tetra viral (além da proteção contra sarampo, caxumba e rubéola, varicela), não é necessária uma nova vacinação”, diz essa matéria da Gazeta do Povo.

Mas você deve estar se perguntando: tem algum problema tomar uma nova dose da vacina contra o sarampo se você já tomou na infância? A resposta é não e sim. Nesta matéria do UOL, há a informação de que a pessoa não terá nenhum problema de saúde se se imunizar novamente. “Mesmo nesses casos, não há nenhum problema em tomar a vacina. Uma dose a mais não faz mal”, diz a matéria.

Mas se não há nenhum mal para as pessoas, pode haver um mal para os serviços de saúde. Imagine só se esta informação “pega” e todas as pessoas resolvem correr aos postos de saúde para tomar uma nova dose da vacina contra o sarampo mesmo sem ela ser necessária? É possível que o estoque se esgote e que pessoas (inclusive crianças) que, de fato, estão precisando da vacina fiquem sem ela.

Resumindo: a história que aponta o Rio de Janeiro iniciará uma campanha de vacinação e que todos os adultos devem se vacinar mesmo tendo tomado a vacina é falsa. Não passa de uma informação desatualizada somada a uma informação errada.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)