Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > Homem que aparece dando dica (errada) em vídeo não é médico do Hospital de Itaperuna

Homem que aparece dando dica (errada) em vídeo não é médico do Hospital de Itaperuna

Médico cardiologista do Hospital São José de Itaperuna dá dica da lei de um minuto para idosos, diz boato (Foto: Reprodução/X)

Boato – Médico cardiologista do Hospital São José de Itaperuna (RJ) afirmou que lei do um minuto pode salvar idosos de um AVC ou infarto

Análise

Durante toda a nossa vida, buscamos formas de viver mais e de forma saudável. Quando chegamos à terceira idade, esses cuidados são redobrados, não só para estender a vida, mas também para ter qualidade de vida. E de acordo com uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais, um médico cardiologista do Hospital São José de Itaperuna (RJ) estaria dando uma dica na internet que poderia mudar a vida dos idosos.

Segundo a publicação, o cardiologista teria afirmado que todos os idosos deveriam esperar um minuto antes de se levantarem, após passarem longos períodos deitados. Ainda segundo o homem, a lei do um minuto existe para prevenir casos de acidentes vasculares cerebrais (AVCs) e infartos. De acordo com o vídeo que acompanha a publicação, quando os idosos levantam de forma súbita, após passaram longos períodos deitados, o cérebro sofre uma descarga intensa de sangue no córtex cerebral. Segundo o cardiologista, ao despertar, os idosos devem virar para o lado esquerdo e permanecer 30 segundos nessa posição e, depois, sentarem na cama e permanecer por mais 30 segundo nessa posição. Confira:

Versão 1: “Olá, tudo bem com você? Aí, você já ouviu falar assim: puxa, não tinha nada, morreu dormindo, era saudável, era um idosos. Presta atenção! Já ouviu falar na lei do um minuto? Não? Então, como você tá dormindo, o teu cérebro tá lá, como se tivesse desmaiado, quietinho. Aí, o idoso sente vontade de fazer xixi. Aí, ele acorda, o relógio toca, ele acorda de súbito.

Vídeo: é falso que Lula parou doações em Lajeado e Encantado destruiu donativos

Ao acordar de súbito, há uma descarga de sangue absurda a nível cortical e ele pode ter um acidente vascular e, algumas vezes, até um infarto cardíaco. Então, a lei do um minuto é o seguinte: acordou com vontade de ir ao banheiro, segura um pouquinho, vira na cama, de lado pra esquerda e aguarda 30 segundos. Depois, você senta na cama, joga as pernas pra fora e, com o braço, você senta na cama e aguarda mais 30 segundos. E aí, depois, você levanta. É o tempo suficiente, do seu organismo se reorganizar e você seguir a sua trajetória. Então, respeite a lei do um minuto, pra que você não seja mais um surpreendido. Então, se isso foi interessante pra você, compartilhe essa mensagem. Valeu? Vem comigo. Até os próximos vídeos! Tchau”.

Versão 2: “Médico cardiologista – Chefe do setor de cardiologia do hospital São José em Itaperuna”. Versão 3: “Médico cardiologista – Chefe do setor de cardiologia do hospital São José em Itaperuna. Compartilhe!!!”.

A história foi amplamente compartilhada em diversas redes sociais, como no YouTube, Kwai e no X (antigo Twitter). Apesar disso, a mensagem apresenta algumas características de fake news na internet, como o caráter vago, alarmista e a ausência de notícias sobre o assunto em veículos de comunicação confiáveis. Também não encontramos artigos científicos que recomendassem esse tipo de ação.

A partir daí, resolvemos investigar um pouco mais essa história e agora vamos te contar, em três etapas, todos os motivos para não acreditar nela: 1) A pessoa no vídeo é um médico cardiologista chefe do Hospital São José de Itaperuna? 2) O que o Hospital São José de Itaperuna falou sobre o assunto? 3) A dica da “lei do um minuto” para idosos é real?

Checagem

A pessoa no vídeo é um médico cardiologista chefe do Hospital São José de Itaperuna?

Não. Procuramos em muitas publicações sobre o assunto e, inclusive, fora das redes sociais, mas não conseguimos encontrar nenhum dado do homem que aparece no vídeo. Além disso, após o vídeo viralizar, o próprio Hospital São José de Itaperuna desmentiu a informação.

O que o Hospital São José de Itaperuna falou sobre o assunto?

Assim que a história começou a ganhar enormes proporções nas redes sociais, o Hospital São José do Avaí, de Itaperuna (RJ) desmentiu toda a informação. De acordo com o HSJA, o homem que aparece no vídeo não tem nenhuma relação com o Hospital.

Está circulando nos grupos de WhatsApp a informação equivocada de que este homem é o Chefe do Setor de Cardiologia do HSJA e que a suposta ‘lei de um minuto e meio’ é verídica. Ambas as afirmações são #FAKENEWS. Solicitamos a todos que receberam essa mensagem que não a encaminhem e, por favor, esclareçam que se trata de informações falsas.

A dica da “lei do um minuto” para idosos é real?

Não é. O próprio Hospital São José do Avaí, de Itaperuna (RJ), desmentiu isso. Em uma nota, a instituição afirmou que a lei do um minuto ou um minuto e meio é fake news e se trata de uma informação falsa. Se isso não bastasse, aqui no Boatos.org também já desmentimos essa história. Em maio de 2023, uma história apontava que a lei do um minuto e meio poderia salvar as pessoas de um AVC.

Assim como explicamos na oportunidade, não existem evidências científicas de que esperar um minuto ou um minuto e meio antes de levantar possa ajudar em algo. Muito menos que levantar subitamente cause AVCs ou infartos. Na realidade, profissionais explicam que quando você passa muito tempo deitado e levanta rápido, pode sentir tonturas ou a sensação de que vai desmaiar. Segundo os profissionais, isso ocorre por conta de uma regulação anormal da pressão arterial.

Conclusão

Fake news ❌

O homem que aparece no vídeo falando sobre a lei do um minuto para idosos não é cardiologista e muito menos tem relação com o Hospital São José de Itaperuna (RJ). Não encontramos dados sobre o homem, mas o próprio Hospital desmentiu a história. De acordo com o HSJA, o homem que aparece no vídeo não é funcionário do Hospital.

Além disso, essa história da lei do um minuto ou um minuto e meio já é bastante antiga e, inclusive, já foi desmentida aqui no Boatos.org. Como explicamos na época, não existe nenhum embasamento científico sobre isso e levantar rapidamente (depois de muito tempo deitado) não causa AVCs ou infartos.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).