Máscaras chinesas revelam vermes quando colocadas no vapor, mostra vídeo #boato

Boato – Vídeo mostra supostas máscaras da China cheia de vermes que são ativados pelo vapor da água e pelo calor.

Ao longo da pandemia, o uso da máscara se tornou um hábito de proteção e segurança contra a Covid-19. O equipamento de proteção tem auxiliado no controle da doença, evitando que muitas pessoas entrem em contato com o vírus e acabem doentes.

Entretanto, ao mesmo tempo que muita gente adotou o hábito e só sai de casa após colocar o item no rosto, infelizmente muitas pessoas seguem resistindo ao uso do equipamento e colocando a vida de outras pessoas em risco.

Se isso não bastasse, de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, máscaras vindas da China teriam vermes. Segundo o vídeo que acompanha a publicação, os vermes seriam ativados pelo vapor. “Vejam os vermes saindo da máscara chinesa… vc respira e eles entram nos seus pulmões e vão para o cérebro…”, diz a mensagem. Confira:

“Quando você vai usar uma máscara, por exemplo, e você faz um simples teste com vapor, ou seja, ó, as máscaras que vêm do Xing Ling, tá? Máscara lacrada, dentro do saquinho, acabou de tirar, coloca no vapor da água. Só o calor. Aí, você observa o que vai acontecer com o que está dentro da máscara. Você não vai acreditar no que tem dentro da máscara. Adivinha. Adivinha o que tá dentro dessa máscara, pessoal. Só o calor tá entrando em contato aí, o vapor, tá? Ó, pega uma vasilha, enche de água quente que sai vapor e veja o que vai acontecer com essa máscara que veio do Xing Ling. A máscara já tem coisas dentro. O que será que tem dentro, no meio dessa máscara? Ah, talvez, agora, você vai começar a ver alguns pontinhos pretos se mexerem aí. Alguns filamentozinhos se mexerem. É, preste atenção nesse vídeo. Olha ali, olha ali se mexendo. O mesmo filamento que está nas pontas dos cotonetes. E nas máscaras têm bastante. Então, você coloca uma máscara dessa no rosto, essas máscaras Xing Ling, e, conforme você vai falando, a sua máscara vai esquentando por causa do calor do seu gás carbônico liberado pelo pulmão. Então, esse bichinho vai começar a entrar em você pela boca, pelo nariz. Você vai engoli-lo, vai entrar no seu pulmão e vai pro seu cérebro, vai pra sua corrente sanguínea e vai fazer o que quiser com você. Sabe-se lá o que que vai fazer. Olha isso, pessoal. Não é brincadeira, isso não é brincadeira. Olha lá”.

Máscaras chinesas revelam vermes quando colocadas no vapor, mostra vídeo?

A informação caiu como uma bomba nas redes sociais, em especial, no Facebook e alimentou, ainda mais, o discurso negacionista. Apesar disso, a história não passa de balela e a explicação está na origem dos supostos “vermes”.

Logo de cara, achamos a história bastante estranha. A publicação apresenta as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, extremamente alarmista e a falta de fontes confiáveis. Além disso, histórias falsas sobre o uso da máscara não são novidade na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas aqui.

Se isso não bastasse, a história de hoje é a continuação de uma fake news já desmentida por aqui. Não faz muito tempo, a equipe do Boatos.org desmentiu a informação de que máscaras e cotonetes vindos da China estariam contaminados com vermes e parasitas do tipo “morgellons”.

Assim como na outra oportunidade, a história de hoje não passa de balela. A explicação está na origem dos supostos “vermes”. Na realidade, os filamentos que estão se mexendo na máscara são apenas fibras têxteis. Como explicamos no outro desmentido, de acordo com especialistas, fibras têxteis podem se mover por meio de eletricidade estática, correntes de ar ou vapor.

Por fim, não é necessário se preocupar com essas fibras, uma vez que inalamos diariamente outros fragmentos de tecido, mofo, pólen etc. Caso inaladas, quando chegam às vias respiratórias, nosso tecido epitelial (responsável, principalmente, por revestir as cavidades do corpo, impedindo que organismos estranhos entrem no nosso corpo, e secretar muco) entra em ação. Com isso, as fibras ficam presas e são eliminadas.

Em resumo: a história que diz que máscaras vindas da China estariam contaminadas com vermes que seriam ativados pelo calor é falsa! Já desmentimos uma fake news bastante parecida por aqui e a história de hoje segue a mesma lógica. Na realidade, os supostos vermes nada mais são do que fibras têxteis próprias dos tecidos têxteis. Essas fibras podem se mover por meio de eletricidade estática, correntes de ar ou vapor. Ou seja, tudo está dentro da normalidade e a informação que circula online é falsa.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3w3sv3d
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso