Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > Japão declara que a ivermectina é mais eficiente do que as vacinas #boato

Japão declara que a ivermectina é mais eficiente do que as vacinas #boato

Japão declara ao mundo que ivermectina é mais eficaz que a vacina, diz boato

Boato – Em declaração surpreendente, o Japão revelou que a ivermectina é muito mais eficaz do que as vacinas no combate à Covid-19.

Prestes a entrar em mais uma fase da campanha de vacinação contra a Covid-19 (sim, ainda estamos em uma pandemia), estamos presenciando a volta das fake news contra vacinas. Na história de hoje, um velho discurso negacionista está sendo batido.

De acordo com o texto e um vídeo que circula online, o Japão teria reconhecido que a ivermectina é mais eficaz do que as vacinas no combate à Covid-19. O texto ainda faz alguns desafios apontando que “Bolsonaro sempre teve razão”. Leia o texto que está rodando pelas redes sociais:

Versão 1: JAPÃO DECLARA QUE IVERMECTINA É MUITO MAIS EFICIENTE QUE AS VACINAS…. e agora? Quantas mortes? Genocida quem? Versão 2: *JAPÃO DECLARA AO MUNDO QUE A IVERMECTINA É MAIS EFICAZ QUE A VACINA* E agora? Quem estava certo? Quem vai pedir desculpa a Bolsonaro? Quem vai ter humildade de pedir desculpa às famílias que perderam seus entes queridos? Quem vai acionar o YouTube por ter calado os médicos que defendiam esse medicamento? Por ter calado a Dra. Lucy Kerr? Dra Nise Yamaguchi? Calado o jornalista Fernando Beteti e tantos outros cientistas e profissionais da saúde???? Os governadores e prefeitos canalhas? Os togados safados do STF? Os políticos com o circo da CPI??? Todos são assassinos, poderiam ter salvo milhares de vidas se ouvissem e deixassem o Bolsonaro governar.

Japão declara que a ivermectina é mais eficiente do que as vacinas?

Vídeo: é falso que imagens mostram Lulinha agredindo a esposa

Infelizmente, ainda tem gente que compartilha (em muitos casos com más intenções) conteúdos como este e, infelizmente, também tem gente que acredita nisto. Por isso, estamos aqui para apontar que a história não só é falsa como também já foi desmentida por aqui em 2022. Relembre o que escrevemos:

A mensagem não só tem características de fake news (como o caráter alarmista, os erros de português e a falta de citação de fontes confiáveis) como também seguem duas linhas de fake news recorrentes. 1) A de que a ivermectina é a cura da Covid-19. 2) As sobre acontecimentos relacionados à pandemia em outros países.

Para explicar a história de hoje, precisamos recuperar algumas checagens já feitas aqui no Boatos.org. A primeira que vamos recuperar é a que fala que o Japão deixou de usar as vacinas contra a Covid-19 e passou a adotar a ivermectina para o tratamento da doença.

No texto, escrito em dezembro, explicamos que o Japão nunca havia abandonado as vacinas contra Covid-19 e nunca havia adotado oficialmente a ivermectina como tratamento. De um mês para cá, a situação não mudou muito.

A prova disso é que, hoje, o Japão tem nada menos do que 80% da população completamente vacinada contra a Covid-19. O país é o sétimo do mundo com maior percentual de população totalmente vacinada. Se isso é “abandonar vacinas”, não sei o que não é.

A segunda é a que aponta que a ivermectina causou (no Japão ou em outros países) a queda de mortes por Covid-19. No ano passado, fizemos um A Semana em Fakes explicando toda a saga do vermífugo.

No texto falamos, que a ivermectina se mostrou eficaz em testes in vitro contra o Sars-CoV-2. Porém, a hipótese de que o remédio seria a cura foi descartada após os primeiros testes. Autoridades em saúde como a OMS, FDA e Conitec (do Ministério da Saúde) não recomendam o uso do remédio. E, como falamos antes, não há um uso massivo do fármaco para combate à Covid-19 no Japão.

Além do que já falamos, há outro detalhe: a tese de que “o Japão havia declarado que a ivermectina é melhor do que a vacina” (que seria uma declaração falsa) nunca existiu. Essa informação (ou, melhor, desinformação) foi checada por sites em inglês e foi refutada. Nunca uma autoridade de saúde do Japão disse essa bobagem.

Há, ainda, outras informações e teses falsas intrínsecas no vídeo. Vamos citar rapidamente: 1) A pessoa erra ao dizer que medicamentos substituem vacinas. Na realidade, são tratamentos diferentes e complementares. 2) A mensagem ignora diversos fatores ao apontar para picos da doença no Japão (que, por questões culturais, é mais simples de se manter distanciamento social) e “esquece” de comparar a situação com outros países, como o Brasil. 3) A mensagem também ignora que as mortes e casos no Japão caíram junto com o aumento da campanha de vacinação e que, um pico inicial se deu por afrouxamento de medidas de restrição e percentual baixo de vacinados.

Resumindo: se alguém em 2023 vier com este papo fraco de que ivermectina é mais importante do que vacinas, não acredite. A história que circula online e fala sobre “decisão do Japão” é uma fake news e já foi desmentida no passado.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/40erlBS
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso