Índia processa OMS por esconder eficácia da ivermectina #boato

Boato – A Índia está processando a OMS por esconder a eficácia da ivermectina no combate à Covid-19.

Nos últimos dias, histórias tentando dar crédito à ivermectina (vermífugo que, pelo menos por enquanto, não tem eficácia comprovada contra a Covid-19) têm viralizado na web. A última história aponta que a Índia resolveu processar à Organização Mundial de Saúde (OMS) por supostamente e entidade esconder a eficácia da ivermectina.

Mensagens apontam que o país resolveu processar a OMS e sugerem que o fármaco teria eficácia contra a doença. A história se espalhou em algumas redes sociais e por meio de blogs que defendem (entre outras pautas) o chamado “tratamento precoce”. Leia a mensagem que circula online:

Versão 1: Índia processa cientista-chefe da OMS por “suprimir dados” da eficácia da Ivermectina para tratar COVID-19 Versão 2: A Índia está processando a OMS por interferência na área da saúde. A soberania de um país está acima de qualquer órgão internacional ao qual está ASSOCIADO. Versão 3: Vc vai ficar bem informado. Há procure o que o País dá Índia processando OMS

Índia processou a OMS por esconder eficácia da ivermectina?

É claro que a mensagem em questão serviu (assim como outras) para tentar reforçar teses já desmentidas aqui e em outros lugares. Não bastasse isso, não é verdade que “a Índia” (estamos falando de governo) processou a OMS por “esconder eficácia” da ivermectina.

Para começar, a história se baseia em uma tese que não é verdadeira: de que a ivermectina teria grande efeito para combater a Covid-19 na Índia (em breve, iremos falar de forma mais aprofundada sobre essa tese).

Derrubando o assunto de forma breve: 1) Ao contrário do que apontam mensagens, a ivermectina continuou sendo utilizada mesmo no pior momento da pandemia no país. 2) Não há comprovação da eficácia do remédio contra a Covid-19. 3) O próprio governo da Índia, nos últimos dias, retirou o remédio dos protocolos de tratamento contra a doença.

Ou seja: mesmo que houvesse uma acusação do governo da Índia contra a OMS, ela não seria, por assim dizer, muito promissora. Mas, para piorar, não há processo algum por parte do país contra a Organização Mundial de Saúde.

O que há é um anúncio de processo por parte de uma associação de advogados do país contra a cientista da OMS Soumya Swaminathan. Vale apontar que a mesma associação já ameaçou processar a China por “criar o coronavírus” (tivemos que desmentir também que o processo não veio do governo da Índia) e o processo (como era de se esperar) não deu em nada.  Ou seja: mais uma vez estão tratando uma ação de um grupo privado como se fosse do governo da Índia.

Resumindo: não é verdade que a Índia vai processar a OMS por causa da eficácia da ivermectina. Na realidade, o processo é de uma entidade privada do país e dada a não-eficácia comprovada (pelo menos até o momento) não deve prosperar.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3w3sv3d
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet