Índia processa China no tribunal internacional e pede US$ 20 trilhões de indenização #boato

Boato – A Índia apresentou uma denúncia contra a China no Tribunal Penal Internacional. Governo do país alega que a China construiu uma arma biológica responsável por espalhar a Covid-19 no mundo e pede US$ 20 trilhões de indenização.

Todos os dias, a gente encontra uma (ou mais fake news) relacionada à origem do novo coronavírus. Quase todas elas tentam imputar a culpa da pandemia à China. Algumas, mais exaltadas, apontam que o coronavírus é uma arma biológica criada pelo país asiático. Nesta esteira, uma informação começou a circular por aí.

De acordo com publicações que estão circulando na internet, o governo da Índia resolveu processar o governo chinês. O texto está circulando em blogs e redes sociais e surgiu de uma tradução de um site indiano. Leia uma das versões da mensagem que está circulando online:

Como lá na Índia não tem Globo lixo e nem Willian Corona Bonner para defender os chineses e criticar os brasileiros que se atrevem a acusar a poderosa China , veja o que aconteceu na Índia *ÍNDIA ARRASTA CHINA A TRIBUNAL INTERNACIONAL* e pede indenização de U$20 trilhões por danos causados pelo Covid 19 e convida americanos afetados para se tornarem parte da ação coletiva.

Ele disse, entre os argumentos plausíveis, como surgiu o vírus e que o país vizinho implantou o coronavírus em uma tentativa de controlar a economia do mundo comprando ações de países que estão à beira do colapso econômico de suas empresas. ÍNDIA ARRASTA A CHINA A TRIBUNAL INTERNACIONAL E PEDE DE INDENIZACAO U$ 20TRILHOES PELOS DANOS CAUSADOS PELO COVID 19

Índia processou a China no tribunal internacional e pediu US$ 20 trilhões de indenização?

A mensagem se espalhou com muita força aqui no Brasil e, com certeza, gerou muitos compartilhamentos. Mas será mesmo que a informação de que a Índia está processando a China e pedindo US$ 20 trilhões procede? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Quando nos deparamos com a mensagem em questão já ficamos desconfiados da veracidade dela. Isso porque ela tem algumas das principais características de boatos online como ser alarmista, com erros de português e não citar fontes confiáveis. Para além disso, boatos do tipo “foi a China que criou o coronavírus” têm sido muito comuns.

Desconfiados da veracidade da informação, resolvemos buscar por mais detalhes da denúncia. Foi aí que descobrimos que a “denúncia de que a Índia está processando a China” não passa de uma mistura de duas “notícias” somada a um “aumenta e inventa”.

Toda a base da informação surgiu quando um site conspiracionista lá da Índia anunciou que, com base em uma “denúncia do próprio site” (que chineses roubaram o coronavírus de um laboratório do Canadá), um indiano (e não o governo do país) havia entrado com um pedido no Tribunal Penal Internacional responsabilizando a China pela Covid-19.

Alguns pontos a se considerar. 1) A informação de que a China roubou o coronavírus do Canadá é falsa e já foi desmentida em sites de língua inglesa. 2) Como a denúncia está se baseando em uma informação falsa, com certeza não dará em nada. 3) O governo indiano nada tem a ver com o assunto.

Quando a notícia foi “traduzida” por um site (também conspiracionista) em português, ganhou um elemento “novo” (que não constava no site indiano): de que o governo da Índia teria pedido US$ 20 trilhões de indenização. Ou seja: a “notícia” não só foi traduzida como aumentada.

Há, de fato, um pedido de indenização de US$ 20 trilhões também sob a alegação de que o coronavírus é uma “arma química”. O pedido foi feito nos EUA por um advogado de direita e pululou por sites do gênero. Assim como no caso indiano, o pedido não deve ir para frente sem provas robustas. Só para deixar claro, o governo dos EUA também não têm nada a ver com a denúncia.

Resumindo: a história que aponta que o governo da Índia resolveu processar a China e pedir uma indenização de US$ 20 trilhões sob a alegação de que o coronavírus é uma arma biológica é falsa. O pedido de processo foi feito individualmente por um indiano e, sinceramente, não tem muitas chances de ser sequer aceito (assim como o pedido do colega americano).

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164.

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2yOF9Hf

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet