Idosos morrem em Canela (RS) por causa da vacina chinesa contra Covid-19 #boato

Boato – Cinco idosos morreram na cidade de Canela (RS) porque tomaram a vacina Coronavac (chinesa) contra a Covid-19. A mídia ficou caladinha.

Infelizmente, pessoas ligadas ao movimento antivacinas não se cansam. Mesmo sabendo que estão perdendo o jogo (felizmente, a população “fora da bolha” dos lunáticos não têm mais caído no jogo deles), ainda insistem em distorcer informações para tentar justificar a tese falsa de que “não é uma boa se vacinar”.

A última das histórias veio do Rio Grande do Sul. De acordo com mensagens que circulam em redes sociais, cinco idosos morreram na cidade de Canela (região serrana do estado) por terem tomado a “vacina chinesa” contra a Covid-19 (a Coronavac, da Sinovac com o Instituto Butantan). O texto ainda aponta que “autoridades e mídia” ficaram caladinha. Leia algumas das versões da mensagem que circula online:

Versão 1: Autoridades de saúde e mídia silenciam sobre morte de cinco idosos que tomaram vacina chinesa em Canela. Versão 2: Idosos recebem picadinha do COVID-666 e MORREM de COVID-666. Mas dizem que a culpa não é da vacina. Entenderam, amiguinhos? Versão 3: Em Canela/RS 4 idosos morreram após a aplicação da vacina. Fora outros que ainda não sabemos.

Versão 4: QUATRO idosos da cidade de Canela, NÃO VIRARAM JACARÉ… Se mudaram para a Terra dos Desencarnados, horas após serem vacinadas com a VACINA DO BUTANTAN: Terra-Dura-Dura…! Como a cabeça de muita gente séria. Alguém postou: “Não creio pelo fato de terem tomada a vacina da China!

Idosos morrem em Canela (RS) por causa da vacina chinesa contra Covid-19?

Na realidade, a história segue o mesmo roteiro de outras fake news que já desmentimos aqui. Trata-se de uma distorção de uma notícia real para colocar a “culpa” de mortes nas vacinas e em figuras como a China, João Doria etc.

Esse tipo de boato não é novo. Já desmentimos recentemente histórias falsas que falavam sobre idosa que perdeu os dedos por causa da vacina, sobre um indígena que morreu por causa da vacina, sobre um israelense que morreu por conta dos imunizantes e outras. Os danos eram reais em todos os casos, mas não foram causados por vacinas.

Dado o histórico, resolvemos buscar por detalhes da história. É fato que, no dia 20 de janeiro de 2020, residentes e funcionários do lar de idosos Oásis Santa Ângela (localizado na cidade) foram vacinados contra a Covid-19. Também foi confirmado, pela própria Prefeitura de Canela, em 9 de fevereiro que houve um surto de Covid-19 no local.

Em nota, foi dito que três idosos morreram em decorrência da doença e havia, ainda, uma morte suspeita. E aí está: na mesma nota, o Centro de Operações de Emergência (COE) de Canela confirmou que a morte se deu por conta da doença e não por complicações da vacina.

Antes que você venha me perguntar, saiba que os idosos tinham tomado apenas a primeira dose da vacina. Ou seja: como a vacina requer duas doses e um tempo para “criação” de anticorpos, os residentes do asilo em questão não estavam protegidos contra a doença.

Resumindo: a história que aponta que idosos morreram em Canela (RS) por causa da vacina chinesa contra a Covid-19 é falsa. A própria prefeitura da cidade confirmou que a morte se deu por causa do coronavírus e não por causa de imunizantes.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2m2887O
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet