Idosa tem dedos amputados em reação à vacina contra Covid-19 #boato

Boato – Após tomar a vacina contra a Covid-19, idosa na Itália desenvolve reação grave, apresenta necrose nas mãos e precisa amputar três dedos.

O ano de 2021 mal começou e já está voando. Nessa semana, o tão famoso carnaval brasileiro não vai acontecer devido à pandemia da Covid-19 e já deixou muita gente triste. Mas se existe algo que está motivando o brasileiro a seguir firme e sonhar com a próxima folia, essa é a vacinação contra a Covid-19. Até o momento, o Brasil já vacinou mais de 5 milhões de pessoas e já está sofrendo com o desabastecimento dos imunizantes. Mas a realidade é que nada tira a esperança do brasileiro.

Entretanto, ao mesmo tempo que muitas pessoas andam animadas com a vacinação, outras estão desconfiadas. E isso tem uma explicação simples: as fake news. De acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, uma idosa teria se vacinado contra a Covid-19 e, após tomar o imunizante, desenvolveu uma reação à vacina. Ainda segundo a história, a idosa teve necrose e precisou amputar três dedos. Confira:

Versão 1: “Chinavirus: Idosa toma vacina e sofre amputação de três dedos devido ao efeito colateral grave”. Versão 2: “IDOSA TEM TRÊS DEDOS AMPUTADOS APÓS REAÇÃO RARA À COVID-19. Você acredita nessa vacina?”.

Idosa tem dedos amputados em reação à vacina contra Covid-19?

A informação causou grande burburinho nas redes sociais, como Instagram, Twitter e Facebook. Apesar disso, a história não passa de uma enorme distorção de uma notícia real.

Alguns indícios já nos deixam desconfiados. Basta olhar para as publicações para perceber que elas apresentam as principais características de fake news na internet, como o caráter vago e extremamente alarmista. Além disso, nesses últimos meses, informações reais sobre vacinas que foram distorcidas por histórias na internet se tornaram uma constante. A equipe do Boatos.org já desmentiu diversas delas, como a que dizia que um indígena teria morrido após tomar a vacina Coronavac. Também a que indicava que milhares de israelenses teriam lotado hospitais após apresentarem reações à vacina contra a Covid-19 e, por fim, a que apontava que o pastor Wenceslau teria morrido após se vacinar contra a Covid-19.

Resolvemos, então, procurar por mais informações sobre o assunto e descobrimos que há uma informação verdadeira que foi distorcida. O caso ocorreu em abril de 2020, na Itália. Na época, em março de 2020, uma idosa foi diagnosticada com síndrome coronariana aguda (quando o fluxo sanguíneo para o coração é reduzido e coágulos impedem a passagem normal do sangue para as extremidades do corpo).

Entretanto, o caso se tornou mundialmente conhecido em janeiro de 2021, após os médicos que acompanharam a situação publicarem um estudo sobre o caso na revista “European Journal of Vascular and Endovascular Surgery”.

De acordo com o artigo, a idosa foi submetida ao teste com swab para identificar uma possível infecção por Covid-19. O resultado foi positivo. Ainda segundo os médicos, a mulher não apresentava nenhum dos sintomas clássicos da doença. Após mais exames, os médicos identificaram que os dedos da idosa possuíam baixa pressão nas artérias digitais. Além disso, eles também conseguiram identificar uma trombose intravascular. Por conta disso, a idosa precisou amputar três dedos.

Segundo os médicos, o caso tem relação com a Covid-19. De acordo com eles, a situação ocorre por causa da “tempestade de citocina”, quando tecidos saudáveis podem ser danificados. Dessa forma, se os vasos sanguíneos sofrem algum tipo de dano, a pressão arterial pode cair e levar a um aumento da formação de coágulos. Ainda segundo eles, outros pacientes ao redor do mundo passaram pelo mesmo problema. Em nenhum momento foi dito que se tratou de uma reação à vacina (até porque em abril de 2020 ainda não havia vacinas contra o novo coronavírus disponíveis).

Em resumo: a história que diz que uma idosa teve que amputar três dedos após se vacinar contra a Covid-19 é falsa! A amputação, de fato, ocorreu. Entretanto, não possui nenhuma relação com a vacina. Na realidade, a mulher precisou amputar os dedos por causa de um sintoma grave da Covid-19. Em nenhum momento, pesquisadores (ao contrário de mensagens que circulam online) falaram em reação à vacina. Ou seja, a história não passa de balela! Até a próxima.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2m2887O
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy