Homem é enterrado vivo para aumentar número de mortes por Covid-19 #boato

Boato – Um homem foi enterrado vivo para inflar as estatísticas de mortes por Covid-19. A sorte do rapaz é que o coveiro o encontrou e o retirou do túmulo com vida.

Nos últimos tempos, temos visto um grande número de informações falsas que tentam “embasar” a tese de que as estatísticas de mortes por Covid-19 estão “infladas”. No meio disso, já desmentimos histórias que apontam desde caixões sendo enterrados vazios até que uma idosa foi levada viva para o necrotério. Hoje, vamos falar de um vídeo antigo que voltou a circular por causa da Covid-19.

De acordo com mensagens que estão circulando na internet, um homem foi enterrado vivo porque queriam inflar as estatísticas de mortes por coronavírus. A sorte do rapaz seria que o “coveiro do cemitério” o encontrou e o ajudou a sair do túmulo. Leia duas versões da história que circula online:

Confira o desmentido em vídeo

Versão 1: ENTERRADO VIVO – covid 19 Ze Maria: Nos tempos de Covid 19 a pressa é tanta em aumentar os numeros que dá nisso!!! Ze Maria: Erro médico. Enterraram o RAPAZ ainda com VIDA. Por sorte o COVEIRO no outro dia ESCUTOU um GEMIDO E UMA VOZ clamando por SOCORRO. Só sobreviveu porque ao colocarem no TÚMULO deixaram o CAIXÃO SEM AS PRESILHAS e havia um PEQUENO BURACO NA LATERAL. Que loucura!!!

Versão 2: A pressa em aumentar as estatísticas de COVID-19 e para sepultar é tanta, que dá nisso! Erro médico. Enterraram o rapaz ainda com vida. Por sorte um coveiro no outro dia escutou um gemido e voz clamando por socorro. Ele só sobreviveu porque a colocaram no túmulo, deixaram o caixão sem as presilhas e tb porque havia um pequeno buraco na lateral da sepultura

Homem é enterrado vivo para aumentar número de mortes por Covid-19?

A história circulou com muita força na internet e chamou atenção por aí. Mas será mesmo que a história que aponta que um homem foi enterrado vivo para inflar as estatísticas de mortes por Covid-19 é real? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Na realidade, não há muito o que desmentir. Precisamos apenas relembrar. Isso porque essa mesma história de “homem enterrado vivo” (com o mesmo vídeo) foi desmentida aqui no Boatos.org em janeiro de 2019. Como o que explicamos na época vale para agora, relembre o que foi dito.

Quando batemos o olho na mensagem, já imaginávamos que ela tinha grandes chances de ser falsa. O primeiro motivo está na própria mensagem: vaga, alarmista, com erros de português (destaque para o “couveiro”) e sem citar fontes confiáveis. Ao buscar sobre a tal história de “erro médico”, nada encontramos.

Alguns fatores lógicos também enfraquecem a tese. Como que o sujeito iria sair de dentro do túmulo direto para o lado de fora? Normalmente, as pessoas são enterradas em caixões. Outro ponto: como um sujeito “dado como morto” pode sair consciente do túmulo? Em meio a todas essas questões, buscamos pela origem do vídeo e chegamos à verdade. O mais incrível que é a história real faria tanto sucesso quanto a fake news.

O caso aconteceu no Acre. Um homem que, de acordo com a polícia, tem distúrbios mentais soube que o seu pai faleceu na cidade de Tarauacá e que ele havia perdido o velório. Ele, que mora na cidade de Feijó, andou (isso mesmo) quase 50 km, chegou ao cemitério, invadiu o túmulo e ficou preso. Os policiais tiveram que o retirar do local. Triste história retratada aqui, aqui e aqui.

Como é possível ver, nem o homem foi enterrado vivo tampouco o vídeo que circula na internet é recente. Trata-se de mais um boato que busca reforçar uma tese (que não faz sentido) de que estão supernotificando mortes por Covid-19 no Brasil.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2AryYtw

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet