Gatos morrem após comer sachês de Whiskas envenenados #boato

Boato – Quatro gatos morreram envenenados após comerem um sachê da comida Whiskas.

Que a rede social é um bom local para fazer reclamações públicas de empresas, isso é fato. Porém, têm gente que dá uma exagerada quando reclama. Aqui no Boatos.org já desvendamos a história do rato na Coca-Cola, das larvas no molho do tomate e outras. Mais uma destas histórias “incríveis” apareceram online.

Sachês de Whiskas estão envenenados e gatos morreram, diz boato
Sachês de Whiskas estão envenenados e gatos morreram, diz boato

A última delas aponta que quatro gatos morreram depois de comerem Whiskas envenenado. O depoimento foi postado no Facebook e teve mais de 45 mil compartilhamentos. Leia:

Gente, ontem minha mãe comprou esses sachês para alimentar gatos, e deu hoje de manhã a eles e saiu de casa, quando chegou os 4 gatos estavam mortos, provavelmente causado pelo alimento, uma vez que não saiam de casa e estavam bem de saúde, já entrei em contato e eles pediram para passar o lote para que tirassem os produtos de circulação. Peço a vocês que não comprei esses lotes e avisem a quem tem gatos para tomarem cuidado. Obrigado

Gatos morreram após comerem Whiskas?

A história fez tanto sucesso que chegou a ir para sites como o do Jornal Extra, O Dia e um blog dentro da Veja São Paulo. Porém, há algumas informações que deixam a história com um bom cheiro de boato online. Vamos aos fatos.

Antes de tudo, não estamos duvidando que os gatos realmente morreram. Apesar de não haver fotos dos gatos no histórico do perfil do Facebook da pessoa que postou, é difícil falar de hábitos de vida. Porém, dois elementos soam bem estranho.

1) Pesquisamos por pessoas com o mesmo sobrenome da pessoa que postou e chegamos a uma mulher. Entre os posts dela estava o seguinte: um compartilhamento da matéria da Veja SP com o título “Dono afirma que gatos morreram após comer ração de uma famosa marca”. E o que ela falava a respeito? “Eu não afirmei nada”.

2) Entramos em contato com a marca e eles deram a seguinte versão da história:

Agradecemos a sua busca por esclarecimento e entendemos que isso seja importante para você, afinal Whiskas, como uma marca da Mars, tem o compromisso de fazer do mundo um lugar melhor para os pets. Estamos investigando o caso de perto, junto ao consumidor e, independente da causa, lamentamos o que houve com os gatinhos.

Os produtos fabricados pela Mars e embalados em sachês seguem rígidos controles de qualidade. Todos são submetidos a um processo de esterilização, tratamento térmico que elimina qualquer microorganismo que represente risco à saúde dos animais. Por isso, estamos seguros em te informar que, até o momento, nosso SAC não recebeu contatos semelhantes sobre os lotes envolvidos no caso. De qualquer modo, nossa equipe está cuidando da análise de cada um deles.

3) Logo que a postagem foi publicada, uma amiga da pessoa que postou perguntou por uma necropsia. A hipótese foi descartada sobre o argumento de “minha mãe enterrou os gatos”. Um teste toxicológico seria a única forma de comprovar que houve a morte por envenenamento do sachê. Só que a tentativa de verificação foi enterrada, literalmente.

O fato de ninguém mais ter entrado em contato com a empresa reclamando do lote faz o caso caminhar para a versão de que houve alguma outra causa na morte dos animais seja algo não relacionado à ração. Até que se prove a culpa realmente da empresa, tudo não passa de um boato que circula online.

PS.: Esse artigo foi uma sugestão das leitoras Carolina Souza Ribeiro e Regina Moda. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site ou pelo Facebook.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)